Últimos dias para opinar sobre o modelo de eleição para administradores regionais!

Os números revelam que 85% da população que acessou o sistema de consulta pública virtual são favoráveis à proposta de projeto de lei elaborada pelo governo de Brasília sobre o modelo de escolha dos administradores regionais do Distrito Federal. A ferramenta visa tornar o processo democrático e ouvir as sugestões da população para que o texto final saia do Executivo com a cara de Brasília. Quem quiser contribuir na sua elaboração tem até esta terça-feira (14/06) para participar. O canal aberto para participação popular, desde 16 de maio, pode ser acessado tanto eletronicamente quanto presencialmente.

Dados coletados na última quinta-feira (9) apontam que 85% das pessoas que opinaram sobre o texto são favoráveis à proposta, sendo que 50% são fortemente favoráveis. Até o momento, 855 pessoas se cadastraram no sistema e 302 apresentaram sugestões, críticas e elogios. “Esse é um anseio de toda a população que deseja ter o poder de eleger quem vai gerir sua cidade. Temos certeza de que o cidadão tem sugestões valiosas para enriquecer o texto. Por isso, fazemos questão da participação de todos e estamos abertos para aprimorar o texto que desenvolvemos no governo”, afirma o secretário da Casa Civil, Relações Institucionais e Sociais, Sérgio Sampaio.

Os moradores de Plano Piloto (86), Ceilândia (64), Taguatinga (60), Águas Claras (59) e Guará (50) são os que mais contribuíram. A maioria é formada por servidores públicos (102) e integrantes de movimentos ligados à comunidade (88). O artigo 10, sobre os requisitos para concorrer aos cargos de administrador e conselheiro comunitário, foi o que recebeu mais sugestões, 100 até agora. Em seguida, vem o artigo 2º, que cita voto facultativo, eleição junto com a do governador, critério de desempate, definição de suplentes, prazo para posse e data para exercício, com 44 contribuições. Em terceiro lugar, aparece o artigo 3º, que trata da possibilidade de perda do cargo, com 42 opiniões.

Para participar é simples, basta acessar www.brasilia.df.gov.br/consultapublicavirtual, se cadastrar no sistema e navegar pelo portal. O texto elaborado pelo Executivo, na íntegra, está disponível no site. Depois de conhecer melhor a ideia do governo, o cidadão preenche os campos de identificação e, em seguida, pode contribuir quantas vezes quiser e, inclusive, com novos artigos. Quem preferir pode apresentar as sugestões presencialmente no Anexo do Buriti, 4º andar, sala 413, na Subsecretaria de Movimentos Sociais e Participação Popular.

Uma comissão analisará todas as sugestões. A previsão é encaminhar o projeto de lei à Câmara Legislativa do Distrito Federal no começo do próximo semestre. Se aprovado, a partir de 2018, os administradores serão escolhidos pela comunidade e não mais indicados pelo chefe do executivo. “Não é apenas uma promessa de campanha.  Ao incluir a eleição direta como uma das prioridades, o governador Rodrigo Rollemberg quer atender à antiga reivindicação da comunidade. Entende-se que a administração pública se faz com a participação de todos”, conclui Sampaio.

download

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s