Arquivo do mês: dezembro 2008

Feliz 2009!

No post anterior fiz um comentário que me chamou a atenção e optei em dar continuidade em outro tópico…

Comentei que muitos colegas tiraram a própria vida…

Ao estudarmos a Valorização profissional e a Saúde dos profissionais de Segurança Pública com a professora Analia nos deparamos com uma triste realidade: o alto índice de suicídios nas corporações policiais…

Já cheguei a pensar que era um problema exclusivo da PMDF, mas ao ver que no mesmo dia em que um colega tirou a própria vida e um policial rodoviário também fiquei surpreso. Ao estudar o tema fiquei mais ainda…

Dívidas, separações, problemas com o alcoolismo e drogas ilícitas são as grandes causas aparentes… Mas como resolver esse problema?

Já cheguei a imaginar que o indivíduo suícida é um fraco, até passar essa idéia por minha cabeça…

Descobri que o homem possui três vazios:  vazio de pai, vazio de mãe e vazio de Deus…

A partir daí compreendi o porque de existirem CAPELANIAS nas corporações militares… E passei a dar importância a esses homens que trabalham lá… A PMDF é um exemplo nesse sentido. Pois atende tanto aos católicos, quanto aos evangélicos.

100_2433

No momento em que mais precisei fui acolhido por eles e hoje me sinto bem novamente… Passei dois meses sem forças para escrever nesse blog, com certeza sentiram minha ausência, pelo menos espero que tenham sentido… Mas hoje me sinto renovado para voltar…

Não poderia passar o ano sem fazer essa homenagem a esses homens… Policiais militares, civis, federais, bombeiros que dão suas vidas e seu tempo para salvar outras vidas que necessitam de ajuda, como eu precisei…

culto-no-cbmdf-0231

Aqueles que se interessarem podem procurar a CAPELANIA DA PMDF ou do CORPO DE BOMBEIROS para tirarem dúvidas ou procurar aconselhamento…

dsc_00371OS ENCONTROS OCORREM AS SEGUNDAS, TERÇAS E QUINTAS NA PMDF E NO CORPO DE BOMBEIROS…

Homens empenhados em fazer a diferença nas corporações…

Obrigado!!

SEGUNDA-FEIRA: 12:30 ÀS 13:30h – REGIMENTO DE POLÍCIA MONTADA – RPMon – Ao lado do Riacho Fundo – Sub-tenente HERMES.

TERÇA-FEIRA: 12:30 ÀS 13:30h – TEMPLO EVANGÉLICO DA POLÍCIA MILITAR – Ao lado do 1º BPM – Capelania PMDF – SGT Marcos Garcia.

QUINTA-FEIRA: 12:30 ÀS 13:30h – CAPELA PMDF – Em frente a CABE – Capelania – Padre Capelão Vanderlei.

QUINTA-FEIRA: 12:00 ÀS 13:00H – TEMPLO EVANGÉLICO DO CORPO DE BOMBEIROS – Abaixo da Academia do BM – Capelania do BM.

Participem!! Eu recomendo!!

Feliz 2009!!

3 Comentários

Arquivado em Aderivaldo

Retrospectiva 2008!!

Durante esse ANO aprendi muito sobre a vida. Aprendi que nela teremos tempos bons e tempos ruins, coisas amargas e coisas doces, tempo de plantar e tempo de colher. Sempre ouvi na PMDF que depois de um ELOGIO vem sempre uma PUNIÇÃO…Nunca havia parado pra observar que a vida também é assim.

Esse ano foi um ano diferente para mim e para a Segurança Pública. Foi um ano de alegria e de sofrimento. Passei a ver a segurança de nosso país de forma diferente. Passei a acreditar que podemos fazer a diferença, tanto praças quanto oficiais.

Conheci pessoas maravilhosas que me encorajam a cada dia. Surgiu esse blog como um sonho. Uma conversa entre amigos que gostavam de discutir segurança pública no orkut!! Hoje quase vinte duas mil visitas…não imagina mil…

Esse ano tivemos companheiros cometendo atos de heroismo e de covardia. Homens dando a vida pela sociedade e homens tirando a vida de cidadãos…

Paranoá, galinho, jogo do São Paulo, policial roubando…tantos fatos…

Vi uma polícia bem preparada usando seu Sniper…Uma polícia com homens que entram no fogo pra salvar vidas…Vi amigos morrendo em acidentes, uns levados por doenças, uns por MARGINAIS e outros QUE TIRARAM SUAS PRÓPRIAS VIDAS…

Quanta coisa em um ano!

Mas o mais importante foi ver uma NOVA MENTALIDADE nascendo na polícia militar… UM VERDADEIRO POLICIAL DO FUTURO. Homens que haviam desistido de aprender, mas que agora sentem prazer em dizer: ” eu estou na faculdade”… Homens que só falavam em mulher e cachaça, falando sobre filosofia, sociologia, política, sobre mudanças na SEGURANÇA PÚBLICA  e vários outros temas… HOJE VEJO NA POLÍCIA UMA REVOLUÇÃO SILENCIOSA…

QUE 2009 SEJA O ANO DO EXTRAORDINÁRIO EM NOSSAS VIDAS… Que possamos falar mais sobre NORMAS DE ABORDAGEM, CÓDIGOS DE DEONTOLOGIA, CÓDIGOS DE ÉTICA, TREINAMENTO CONSTANTE, UNIFICAÇÃO, DESMILITARIZAÇÃO, POLICIAMENTO COMUNITÁRIO, VIOLÊNCIA POLICIAL, POLICIAMENTO INTELIGENTE E MUITO MAIS…

Obrigado aos companheiros de farda que sempre estão prestigiando o blog e que sempre comentam o que eu escrevo…

Obrigado aos futuros CADETES e futuros PRAÇAS que entram no blog e já sentem as mudanças que sonhamos…

Obrigado aos blogueiros veteranos que sempre deram apoio a esse calouro… Em especial ao Cathalá, companheiro de 3º BPM e autor do Blog da Segurança Pública, Danilo Ferreira e todos os futuros oficiais do blog Abordagem Policial… Ao Stive e ao Pracinha e todos que fazem a diferença pelo Brasil…

Obrigado aos cidadãos que demonstraram sua indignação por meio desse espaço, inclusive aos que me chamaram de corporativista por não entenderem a dificuldade em ser imparcial quando se conhece a realidade de nossa profissão…

Obrigado a Deus por ter iluminado minha mente no dia em que eu conversava com o Fireman e decidi criar esse espaço….

Deixe um comentário

Arquivado em Aderivaldo

Feliz Natal!!

O Natal está chegando e com ele o fim do ano. Nessa época abrimos nosso coração e agradecemos a Deus por tudo que passamos até aqui.

Esse ano foi muito difícil para mim, assim como para muitos colegas que estiveram envolvidos em ocorrências desastrosas em todo país. Peço a Deus que ilumine os nossos caminhos e que nos ajude a superar todos esses problemas.

Agradeço aos leitores do blog pelo apoio e aos colegas e irmãos da CAPELANIA DA PMDF que sempre deram conselhos e apoio espiritual.

Deixo de presente um vídeo com uma música que toca ao meu coração. Espero que fale aos seus corações. Precisamos de DEus em nossa casa e ao nosso lado todos os dias para que possamos superar os desafios e obstáculos do dia a dia!

Feliz Natal!!

Deixe um comentário

Arquivado em Aderivaldo

Cuidado com os disparos em via pública!

O último fato ocorrido no DF gerou uma reação por parte de nossas autoridades.

É de suma importância estarmos atentos as mudanças normativas da instituição. Normalmente devemos dar uma resposta aos anseios da sociedade e para o público interno. Entre o público interno e a sociedade prevalece a sociedade em geral.

A todos os companheiros do DF: VAMOS PROCURAR NOS ATENTAR AOS DISPAROS EM VIA PÚBLICA, ESTEJA EM SERVIÇO OU NÃO!

Reproduzirei na íntegra a mensagem circular número 31 / spj, expedida pelo comando geral da PMDF, datada de 11 de dezembro de 2008.

“Determino que seja informado de “imediato” a Corregedoria toda ocorrência com disparo de arma de fogo em via pública, com uso de arma da CORPORAÇÃO ou PARTICULAR, que envolver policial militar na constância do serviço, para que sejam tomadas as providências atinentes ao fato.

Outrossim, esclareço que em estando de FOLGA, o militar deve ser apresentado inicialmente a Delegacia de Polícia Civil de responsabilidade da área e, posteriormente, o ocorrido deverá ser informado a CPM (corregedoria), para conhecimento e procedimentos cabíveis ao ocorrido”.

Levando-se em consideração essa mensagem VAMOS FICAR ATENTOS para não RESPONDERMOS DESNECESSARIAMENTE!

9 Comentários

Arquivado em polícia militar

Processos administrativos disciplinares militares!

Aquele que detém conhecimento também detém poder! Gosto muito dessa frase, pois ela nos leva a refletir sobre a necessidade de aprimoramento constante.

Não poderia deixar de citar o livro abaixo, apesar de ainda não ter lido, pois ele foi recomendado por um amigo que sempre venho citando aqui, o Geraldo, para mim,  e Dr. Eustáquio para a PF. Esse delegado que também já foi soldado e oficial da PM de Minas Gerais tem muita experiência e crédito comigo para recomendar tal leitura.

O assunto é de suma importância para nós policiais militares e merece destaque aqui no Blog Policiamento Inteligente.  Por falta de tempo retirei o texto na íntegra de outro site, que também o recomendo para nosso aperfeiçoamento enquanto policiais.

Sugestão de leitura Delegado federal conclui livro sobre Direito Militar Enviado por Iara Vidal em 09/12/2008 11:22:46<!– ( leituras internas)–>


Foto: Reprodução

Obra é assinada pelo delegado federal Algacir Mikalovski e pelo Capitão da PM do Paraná Robson Alves e está sendo impressa

 

O livro “Manual de Processos Administrativos Disciplinares Militares” (Editora Juruá) é fruto de árduo e prolongado trabalho de estudo, pesquisa e discussões de dois amigos de longa data: o delegado de polícia federal Algacir Mikalovski e o Capitão da Polícia Militar do Paraná Robson Alves.

A obra é voltada a militares, advogados, magistrados, promotores, estudantes e demais operadores do Direito Militar. O objetivo é servir de referência e instrumento ágil para a facilitar trabalhos relacionados aos temas propostos.

“Para abrilhantar ainda mais nosso projeto, os nobres e renomados Professores Romeu Felipe Bacellar Filho e René Ariel Dotti lavraram, respectivamente, a apresentação e o Prefácio”, sinaliza o delegado.

O projeto

Trata-se da terceira obra de autoria de Mikalovski, antecedida pelos títulos “Prática em Processos e Procedimentos Administrativos Vol. 1” e “Prática e Processos e Procedimentos Administrativos Vol. 2”, ambas lançadas em todo o país pela Editora Juruá. O projeto do Manual surgiu a partir dos diversos pedidos de leitores. “Respeitando a vontade dos leitores nasceu o plano de, mais do que atualizar as obras anteriores, integrá-las em um projeto completo e único”, descreve o autor.

Embora os dois primeiros trabalhos tenham sido um sucesso, a experiência mostrou que era necessário diversificar e aprofundar os temas, além de enfrentar alguns problemas que não raramente são deixados ao largo pelos operadores do Direito Militar. Sob este prisma, os autores destacam o tema referente à interceptação telefônica e telemática e da possibilidade de servir de prova emprestada para a instrução do processo administrativo disciplinar.

Com o aprofundamento do estudo, também foi possível abordar de forma completa o Conselho de Disciplina, o Conselho de Justificação, a Sindicância e o Processo de Apuração de Transgressão Disciplinar (PATD) no intuito de se abarcar todos os processos administrativos disciplinares usualmente adotados pelas instituições militares estaduais para subsidiar as decisões das autoridades competentes.

Mesmo sabendo que se trata de um procedimento preparatório, os autores decidiram tratar da sindicância neste trabalho para não perder a oportunidade de colocar a disposição do leitor um manual completo e um instrumento ágil e que possa auxiliá-lo nas decisões que envolvam o Direito Administrativo Disciplinar.

Página na internet

Para facilitar o acesso a informações sobre o livro e a aquisição de exemplares, além de tratar dos assuntos abordados na obra os interessados podem acessar o site www.processosmilitares.com

2 Comentários

Arquivado em polícia militar

O que um médico tem haver com um policial?

Alguns podem ter achado estranho a analogia feita no artigo anterior entre o policial e o médico, mas gostaria de falar um pouco mais sobre isso!

As polícias no país são independentes entre si, ou seja, não possuem um banco de dados único. O interessante é que os hospitais também são “independentes” entre si, mas conseguiram criar um negócio chamado SUS (SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE), algo  que fez uma grande diferença nos últimos tempos. Não resolveu o problema, reconheço, mas amenizou! Mudou tanto que as estatísticas mais completas no país estão no banco de dados do Ministério da Saúde, o que não possuímos nas polícias!

Mas voltando aos médicos eles possuem uma grande peculiaridade, pois lidam com VIDAS!

ASSIM COMO OS MÉDICOS,  NÓS POLICIAIS, TAMBÉM LIDAMOS COM VIDAS!

Além de lidar com vidas, salvando-as, outra peculiaridade é que quando eles erram a vida pode ser ceifada!

ASSIM COMO OS MÉDICOS, NÓS POLICIAIS, TAMBÉM PODEMOS CEIFAR VIDAS QUANDO ERRAMOS!!

Quem julga o erro de um médico para que ele perca seu registro e seja afastado de sua sua profissão durante sua atuação é um conselho formado por médicos!

DIFERENTEMENTE DOS MÉDICOS QUEM NOS JULGA É A MÍDIA E UMA SOCIEDADE QUE DESCONHECE NOSSA REALIDADE!

Um médico durante sua carreira faz várias especializações PAGAS PELO ESTADO…e é reconhecido pela sociedade!

DIFERENTEMENTE DOS MÉDICOS O POLICIAL QUANDO QUER SE ESPECIALIZAR (NA PARTE OPERACIONAL) DEVE PAGAR DO PRÓPRIO BOLSO (tenho que reconhecer uma melhoria nesse ponto, graças aos cursos teóricos proporcionados pelo SENASP/MJ).

Pra terminar, imagine um médico que fez um curso de cirurgião  há 10 (dez) anos e não fez mais nenhuma especialização. Um belo dia o médico precisa utilizar seus conhecimentos teóricos e práticos em um atendimento de emergência, DURANTE A CIRURGIA NÃO EXISTEM EQUIPAMENTOS ESSENCIAIS DISPONÍVEIS…O QUE VOCÊ ACHA QUE IRÁ ACONTECER? VOCÊ GOSTARIA DE SER PACIENTE DESSE MÉDICO?

IMAGINE AGORA UM POLICIAL QUE FEZ UM CURSO HÁ 10 (DEZ) ANOS E NUNCA MAIS FEZ UM CURSO DE MANUSEIO DE ARMAS, ELE NÃO TEM NENHUMA NORMA DE ABORDAGEM QUE O AMPARE OU QUE DIRECIONE. Além disso, não existem equipamentos necessários e adequados para a realização do trabalho. O QUE VOCÊ ACHA QUE IRÁ ACONTECER? ESQUECI DE DIZER QUE O POLICIAL E O CIDADÃO SE VÊEM COMO INIMIGOS…VOCÊ SE SENTIRIA EM SEGURANÇA NESSA SITUAÇÃO?

EU NÃO….

3 Comentários

Arquivado em Aderivaldo

Justiça seja feita!

Hoje gostaria de retomar a um assunto onde um garoto morreu durante uma abordagem policial. Cometei o fato aqui no Blog Policiamento Inteligente e vi vários comentários nos demais blogs especializados.

Naquele momento vi um pai (cidadão) desabafando sobre o despreparo da polícia. Percebi ali uma grande possibilidade de uma revolução na segurança pública desse país.

Sou legalista, pois acredito na lei e na justiça. A justiça é cega e deve ser feita. Justiça num conceito simples é dar a cada um aquilo que ele merece. Hoje vi a justiça ser feita em nosso país ao ler os noticiários.

DEVEMOS COMBATER A VIOLÊNCIA POLICIAL EM NOSSO PAÍS, mas devemos perceber que todos nós estamos passíveis de cometermos erros em nossa profissão. São vários os exemplos de como alguns segundos podem fazer a diferença em nossas vidas. São inúmeras as vezes em que um erro de um profissional, seja ele médico ou policial, mudou o destino de pessoas, acabando com a vida ou matando sonhos.

Tanto o médico como o policial salvam vidas diariamente, mas quando ERRAM podem levá-las para sempre. E NÓS SERES HUMANOS NÃO SOMOS PERFEITOS, SOMOS PASSÍVEIS DE ERROS A QUALQUER MOMENTO.

Quando disse que vi fazer justiça em nosso país, é porque o POLICIAL QUE ERROU foi ABSOLVIDO, porque ninguém mata uma criança ou um ser humano porque quer, quando se está trabalhando, cumprindo um DEVER LEGAL, mas não somente por isso, pois vi uma família sendo INDENIZADA POR UM ERRO DO ESTADO. Sei que uma indenização não trará a criança de volta, nem a prisão dos policiais, mas com certeza ela foi merecida pra essa família.

Os policiais foram julgados e condenados antecipadamente pela mídia de nosso país e do mundo, inclusive por nós policiais, mas graças a Deus a justiça é imparcial (pelo menos foi dessa vez) e absolveu aquele que CUMPRIA SEU DEVER. 

Deixo para nossa reflexão o comentário retirado de um site sobre o depoimento do policial durante a audiência:  “O policial, que está há 11 anos na corporação, contou que não passa por curso de reciclagem há três anos. Ele também nunca cursou técnicas de abordagem”.

Volto a cobrar as NORMAS DE ABORDAGEM, CÓDIGOS DE DEONTOLOGIA E CÓDIGOS DE CONDUTA POLICIAL para diminuirmos esse tipo de erro, mas é lógico que os CÓDIGOS SEM TREINAMENTO NÃO VALEM DE NADA!!

Aproveitando esse fato, espero que em Brasília a justiça também possa ser feita no caso do Sgt que baleou o jovem TORCEDOR que acabou de falecer!

Agencia Estado – 11/12/2008 9:41

PM é absolvido da acusação de matar João Roberto

O policial militar William de Paula foi absolvido na noite de ontem da acusação pela morte do menino João Roberto Amorim Soares, de 3 anos, em julho deste ano, durante uma perseguição a um veículo suspeito. Ele foi condenado a 7 meses de prestação de serviços comunitários pelo crime de lesão corporal leve à mãe do garoto, Alessandra, e ao irmão de João Roberto, Vinicius. Da acusação de homicídio doloso, ele foi absolvido. A família do garoto protestou na saída do julgamento e afirmou que vai recorrer. Alessandra Soares disse que estava “chocada” com a absolvição. O outro policial envolvido no caso, Elias Gonçalves, está preso, mas entrou com recurso e seu julgamento ainda não foi marcado.

Apesar de reconhecer ter confundido os veículos, o PM disse acreditar que o tiro que matou João Roberto tenha partido dos criminosos. Ele contou que na noite em que abordou o carro de Alessandra na Tijuca, zona norte da cidade, havia pouca iluminação. Ao se aproximar do veículo, fez três disparos – um de um de advertência, outro que atingiu um carro parado na rua, e um terceiro, que furou o pneu do carro da vítima. “Infelizmente, eu passei a acreditar que era o carro dos meliantes”, disse ao juiz. De Paula disse que não percebeu que a bolsa que Alessandra havia jogado para fora do carro, a fim de alertar os policiais de que havia crianças no veículo, era uma sacola de bebê. Ele lamentou o ocorrido e disse que ficou traumatizado. Ao juiz, disse que a cena foi tão chocante que não teve condições de retirar João Roberto do carro. O policial, que está há 11 anos na corporação, contou que não passa por curso de reciclagem há três anos. Ele também nunca cursou técnicas de abordagem. Disse apenas que recebeu instruções sobre como abordar carro e perseguir automóvel em fuga. “Infelizmente, naquele momento ali era o meio que eu pude usar”, comentou.

 

O promotor de Justiça era Paulo Rangel e os advogados Nilo Batista e João Tancredo foram assistentes de acusação. A defesa do réu foi feita pelo advogado José Maurício Neville. Alessandra e os filhos, João Roberto e Vinicius (na época com 9 meses) estavam em um Fiat Pálio prata e os homens que estavam sendo perseguidos, em um Fiat Stilo preto. João Roberto foi atingido por um tiro na cabeça e morreu. O cabo foi julgado no 2.º Tribunal do Júri da Capital, presidido pelo juiz Paulo Baldez.

 

Indenização

 

Em setembro, a família do menino ganhou na Justiça o direito de receber indenização para tratamento médico, bem como pensão por seis meses do Estado. Paulo Roberto Soares, pai de João Roberto, deve receber R$ 4.150 por mês e familiares receberão R$ 1.245. Após a decisão, o Estado do Rio chegou a recorrer, mas o governador Sérgio Cabral determinou que os procuradores não apresentassem mais nenhum recurso.

Notícia retirada do site: http://noticias.br.msn.com/artigo.aspx?cp-documentid=15843274

4 Comentários

Arquivado em polícia militar

Onde está o erro?

O jogo entre São Paulo e Goiás foi marcado por um grave INCIDENTE. O policial militar esta na linha de frente e tem que ter a consciência de que seus atos repercutem em toda a sociedade. Estamos literalmente na linha tênue da lei.Em fração de segundos podemos passar de HERÓIS a BANDIDOS!

Um policial com mais de 20 (vinte) de serviço não deve ser tratado como bandido, NÃO DEVE SER AVALIADO, SIMPLESMENTE,  POR UMA DECISÃO TOMADA EM ALGUNS SEGUNDOS. Devemos sim, interpretar e entender o que pode estar por trás de um erro tão comum em nossas polícias. Ele será julgado e condenado por seu erro, mas que esse erro sirva de exemplo para nós que estamos nas ruas diariamente!! Devemos nos indagar sempre:

O que leva um policial a correr atrás de um torcedor (cidadão)  e posteriormente acerta-lo com a coronha de sua arma?

O policial tinha a consciência do risco de ocorrer um disparo ao dar a coronhada?

Qual a real SEGURANÇA das PISTOLAS QUE UTILIZAMOS?

Não defendo a violência, mas hoje levanto certos questionamentos nesse blog.

Defendo há algum tempo NORMAS DE ABORDAGEM e RESPONSABILIZAÇÃO das autoridades responsáveis pela polícia. Não sabemos lidar com grandes aglomerações (temos vários exemplos – o caso galinho é um deles). Se não sabemos tem algo errado em nossa formação e em nosso “treinamento contínuo”…

Ao analisar as imagens não vi nenhum policial com TONFA!!

Não vi uma ARMA NÃO LETAL!!

PRECISAMOS REVER NOSSOS CONCEITOS E NOSSO TREINAMENTO!!

 A Seguir colocarei algumas frases interessantes que vi nos noticiários para nossa reflexão!!

Vocês poderão julgar o que é certo e o que é errado!

Esses comentários foram extraídos do Jornal Correio Braziliense do dia 08/12/08.

 Os policiais militares são orientados a sacar a arma somente em caso de extrema necessidade. São situações em que precisam se defender ou correm risco de morte.

 No caso do sargento José Luiz Carvalho Barreto, o torcedor Nilton César de Jesus não oferecia risco. Estava de costas e rendido.

 Mesmo assim, o policial correu atrás dele com a arma em punho. Ao alcançá-lo, optou por uma coronhada.

 A agressão, no entanto, expôs mais possíveis erros do PM. A pancada na altura da nuca da vítima revelou que a pistola Taurus calibre 40mm estava municiada e destravada. E o policial, com o dedo no gatilho.

 Esses comentários foram extraídos do noticiário da Rede Globo -DFTV do dia 08/12/2008.

 O comandante-geral em exercício da PM, José Carlos Pina Figueiredo, afirmou que não houve orientação para o sargento José Carvalho Barreto usar a arma e que a ação dele foi um ato isolado.

“A Polícia Militar está preparada pra qualquer tipo de evento. Sejam torcedores, sejam manifestantes, qualquer tipo. O erro, se ocorreu, foi pela pessoa, pelo sargento, individualmente, e não coletivo.

Um policial militar que não quis se identificar contesta. Ele conta que no curso de treinamento não se ensina como abordar pessoas e lidar com multidões

. Com quase 20 anos de corporação, ele afirmou que a Polícia Militar dá um único treinamento e sem apoio psicológico.
“O policial militar não tem curso periódico para fazer a reciclagem. Eu fiz mais três cursos pago pelo próprio bolso

. No curso de formação, a gente não tem acompanhamento psicológico. O único centro de atendimento psicológico da PM quase foi fechado há dois meses e está funcionando de forma precária”, denuncia o rapaz.
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai acompanhar o trabalho de investigação. Para o vice-presidente da OAB/DF, Ibanês Rocha Barros Júnior, a ação do policial poderá ser caracterizada como tentativa de homicídio

.
“Dar coronhadas realmente não é uma maneira de se conter qualquer pessoa que está exaltada

. Se estava naquele momento, a polícia tem técnica de contenção que não foram utilizadas. Utilizou-se o meio mais grotesco e violento que se poderia imaginar”, opina Barros.
 
 

O secretário de Segurança Pública, Valmir Lemos, afirmou que a atitude dos policiais foi ‘totalmente incompreensível’. “Infelizmente, aconteceu esse fato e nós vamos tentar identificar a pessoa, o motivo que a levou a agir dessa maneira”.
Valmir Lemos também admitiu que a situação surpreendeu a polícia, ou seja, o uso de armamento letal na contenção dos torcedores. E ainda afirmou que a policia do Distrito Federal está preparada para este tipo de situação.
Com esse fato temos duas famílias sofrendo: A DO JOVEM BALEADO E A DO SARGENTO QUE BALEOU, sendo assim é importante pensarmos bem antes de agirmos! Que Deus abençoe a família de ambos!!

Policiais sem cacetete enfrentam os torcedores com arma em punho. Um homem foi cercado pela polícia, preso e, mesmo imobilizado, foi agredido com um tapa no rosto.

6 Comentários

Arquivado em polícia militar

Plano de carreira!!

Há algum tempo temos ouvido falar sobre a criação de um plano de carreira para os integrantes da polícia militar do DF, o que já passou da hora, mas nós reles mortais não temos tido acesso a como anda tal debate.

Recentemente distribuiram cartazes oficiais da corporação abordando os aspectos principais relacionados ao tema. Como muitos colegas não viram esses cartazes e alguns tem me perguntado sobre o tema resolvi abordá-lo no blog.

Aqui não vou dizer se sou contra ou a favor, vou simplesmente reproduzir para os companheiros o que vi no cartaz.

 – Promoção imediata com a publicação da Nova Lei, assim definida: Em 2009 serão 9.500 promoções para praças e 500 para oficiais; Em 2010 serão 2.800 promoções para praças e 80 para oficiais; Em 2011 serão 3.850 promoções para praças e 65 para oficiais.

-Aumento do número de vagas nos postos e graduações

Praças

ST: de 133 para 533; 1º Sgt de 227 para 2.064; 2º Sgt de 699 para 2.064; 3º Sgt de 1.903 para 2.617 – sendo criadas 4.316 vagas.

Oficiais

Cel: de 13 para 37 (hoje temos 25); TC de 38 para 74; Maj de 104 para 189; Cap. de 221 para 248 – sendo criadas 172 vagas.

– Será criado o CURSO DE ALTOS ESTUDOS para praças (sargentos), significado um aumento nos vencimentos.

– As promoções dos oficiais até o posto de Tenente-coronel serão somente por antiguidade, bem como todas as de praças (todos os militares serão beneficiados, tendo como prioridade os mais antigos).

– Confirmação no Posto ou Graduação superior, quando da passagem pra reserva (promoção no posto acima).

– Possibilidade do 3º Sgt com curso de aperfeiçoamento de praças e, preenchido os requisitos, realizar o curso de habilitação de oficiais administrativo (CHOAEM).

– Redução automática do interstício sempre que houver vagas não preenchidas.

– Possibilidade do militar atingir a última graduação em seu quadro durante a carreira.

– Pagamento integral dos proventos do último grau hierárquico do seu quadro, para o militar incapacitado.

– Confirmação do pagamento da ajuda de custo, quando da transferência para inatividade.

SEGUNDO O CARTAZ, o plano de carreira encontra-se em análise final no âmbito do Governo do Distrito Federal, objetivando sanar qualquer vício que possa inviabilizar sua aprovação por parte do Governo Federal.

Diz ainda que: “O Governo do Distrito Federal tem envidado esforços no sentido de proporcionar condições dignas de trabalho e ascendência profissional ao Policial Militar, conforme meta do governo almejada”.

É IMPORTANTE FICARMOS ATENTOS A ESSE PROJETO, POIS NOSSO FUTURO DEPENDE DELE!!

O DEBATE É IMPORTANTÍSSIMO, POIS SERÁ POR MEIO DELE QUE DIREMOS O QUE QUEREMOS E O QUE NÃO QUEREMOS DELE!!

HOJE FALTA AO ANTIGO A PROMOÇÃO E AO NOVINHO COMO EU A PERSPECTIVA DE PROMOÇÃO….NO MEU CASO AINDA FALTAM PRATICAMENTE MAIS DE DEZ ANOS PARA EU SAIR CABO DA MANEIRA QUE ESTÁ!!

QUE VENHAM AS MUDANÇAS!!

9 Comentários

Arquivado em polícia militar

Solidariedade!!

Deixando meu egoísmo de lado, pois estou preocupado apenas com meus problemas pessoais atualmente, e atendendo ao pedido do meu amigo CATHALÁ do Blog da Segurança Pública, famoso em todo o Brasil, me solidarizo a população de Santa Catarina e conclamo todos os amigos da família policial militar e dos amigos em geral para entrar nessa campanha!

Eu com certeza entrarei, assim que sair o pagamento (rsrs)!!

COMO AJUDAR:

Eu aqui, falando demais, não descrevi ainda como cada um de nós pode ajudar os amigos de Santa Catarina.

Pois bem, para doações em dinheiro, as contas bancárias são:

  • Banco/SICOOB SC – 756 – Agência 1005, Conta Corrente 2008-7;
  • Caixa Econômica Federal – Agência 1877, operação 006, conta 80.000-8;
  • Banco do Brasil – Agência 3582-3, Conta Corrente 80.000-7;
  • BESC – Agência 068-0, Conta Corrente 80.000-0;
  • Bradesco S/A – 237 Agência 0348-4, Conta Corrente 160.000-1;
  • Itaú S/A – 341, Agência 0289, Conta Corrência 69971-2;
  • SICREDI – 748, Agência 2603, Conta Corrente 3500-9;
  • SANTANDER – 033, Agência 1227, Conta Corrente 430000052;

Nome: Fundo Estadual de Defesa Civil, CNPJ – 04.426.883/0001-57. 

Já sei, já sei. Policial ganha mal e não tem como doar dinheiro. 

Não tem problema. Quaisquer objetos podem ser doados, uma vez que muitas pessoas perderam tudo o que tinham. Roupas, alimentos não perecíveis, colchões, sapatos, roupas de cama, utensílios domésticos e até água potável podem ser doados.

EM BRASÍLIA:

Em Brasília, os pontos de arrecadação de doações são:

  • Quartéis da PM;
  • Quartéis do Corpo de Bombeiros;
  • Delegacias;
  • Estações do Metrô;
  • Administrações Regionais;
  • Postos do Na Hora.


1 comentário

Arquivado em Diversa