Arquivo do mês: dezembro 2009

É tão estranho…

Esse texto é mais um daqueles que nem merecem ser lidos. É somente um desabafo desse blogueiro. Um daqueles textos reflexivos de alguém que parece viver uma crise existencial…rsrs…afinal, nos dias de hoje quem para para refletir sobre a vida?
Resolvi falar sobre como é estranho viver em um mundo estranho. Algum leitor já parou para pensar sobre como nossa vida é estranha?
Nascer, crescer, reproduzir e morrer. É só isso? Já tive um filho, plantei uma árvore e escrevi um livro. E agora?
É estranho ver que as pessoas não se preocupam mais com o SER, pois o TER é mais importante!
É estranho perceber que o tempo para nós é regressivo e nós teimamos em contá-lo progressivamente!
É estranho chegar a uma certa fase de nossas vidas e percebermos que as pessoas que mais amamos partiram!
É estranho chegar a conclusão de que todos que disseram “EU TE AMO” um dia, foram embora no momento que você mais precisava delas!
É estranho parar é perceber que você não respeitou quem merecia respeito e não amou quem deveria amar!
É estranho cometer tantos erros ao longo da vida e pagar tão caro por eles!
É estranho fazer a coisa certa e ninguém perceber!
É estranho amar alguém mais do que a si mesmo!
É estranho perceber que somos solitários, mesmo em meio a multidão!
É estranho perceber que a vida foge de nós a cada segundo!
É estranho parar no último dia do ano e ver como passou rápido de janeiro até dezembro!
É estranho ceder, querer, voltar, desistir!
É estranho querer estar perto de alguém que nem se lembra de você!
É estranho querer ligar para alguém que nem quer falar contigo!
É estranho estudar anos e anos e descobrir que você não sabe nada!
É estranho ser adulto, quando você ainda se sente uma criança indefesa!
É estranho o quanto dói pensar, refletir sobre nossa existência!
É estranho perdoar quem nos faz sofrer!
É estranho ver o tempo passar e não poder controlá-lo!
É estranho falar com um “Deus invisível” e depois se sentir fortalecido!
É estranho amar, viver, sofrer, querer, orar, trabalhar…
Eita vida estranha!
É estranho chorar por coisas bobas, pessoas ausentes, lembranças que não voltam mais…
É estranho ter saudade e ainda sentir dor, depois de tanto tempo!!
É estranho alguém perder tempo escrevendo sobre isso!
A sua também é assim ou somente a minha?
Viva a simplicidade da vida!
Viva o próximo ano!
Viva o amor, a paz, a alegria!
Simplesmente VIVA!!

Esclarecimento:

estranho adj.adj.
1. Estrangeiro.
2. Desconhecido.
3. Alheio.
4. Singular.
5. Extraordinário.
6. Esquisito.
7. Anormal, desusado.
8. Excessivo.
9. Repreensível.
10. Esquivo.
11. Não afeito, não habituado.
s. m.12. Pessoa estranha.

estranhar – Conjugar

v. tr.1. Achar estranho; achar extraordinário.
2. Não conhecer, não estar familiarizado com.
3. Não reconhecer.
4. Admirar (por causa de variação havida).
5. Achar censurável; censurar.
6. Fugir de; esquivar-se a.
v. pron.7. Não se reconhecer.
8. Fugir da convivência; esquivar-se.

1 comentário

Arquivado em Aderivaldo

Feliz Ano Novo!

Mais um ano se encerrou e outro se inicia. Ganhos, perdas, alegrias, tristezas, amadurecimento, fim de ciclo, início de outro…
Pessoalmente foi um ano difícil. Esse blogueiro sofreu (muitas perdas), mas cresceu. Institucionalmente evoluimos muito. Plano de carreira, liberação do concurso para soldado, Nível Superior para ingresso, promoções, dentre vários outros problemas e soluções…
No Distrito Federal surpresas e mais surpresas. Distribuição de “pacotes de dinheiro” e panetones, dinheiro nas meias, corrupção…
No Governo Federal perspectivas de melhorias na área de segurança pública (Unificação, Polícia Cidadã…) em decorrência da Conferência Nacional de Segurança Pública e outras ações…
Evoluimos em 5 anos o que não havíamos evoluído em 195!
Obrigado aos leitores, obrigado aos amigos que me incentivaram e deram força durante esse ano!
Espero ter força e tempo para continuar escrevendo no próximo ano!
Saúde, Paz e muita Alegria no próximo Ano!

1 comentário

Arquivado em Aderivaldo

Atenção!!

3ª CHAMADA
CURSO TECNOLOGIA EM SEGURANÇA E ORDEM PÚBLICA
Os Policiais Militares do DF interessados em participar, como bolsistas, do curso de
Tecnologia em Segurança e Ordem Pública deverão se inscrever via internet
(www.catolicavirtual.br), no 2º Vestibular.
Ao preencher a ficha, deverão incluir no campo “RG” o número da matrícula da PM e, no
órgão emissor, “PM/DF”.
Ao final da ficha de inscrição, será emitido um Boleto. No entanto, não é necessário o
pagamento do mesmo.
Período de Inscrição
Até 27 de janeiro de 2010.
Liberação do Cartão de Inscrição
A partir das 18h* do dia 29 de janeiro de 2010.
Correção do Cartão de Inscrição
29 de janeiro a 01 de fevereiro de 2010.
Prova do Vestibular
07 de fevereiro de 2010.
Resultado
A partir das 18h* do dia 11 de fevereiro de 2010.
Preenchimento de Dados Cadastrais
11 a 18 de fevereiro de 2010.
1º Encontro Presencial
06 e 07 de março de 2010.

Deixe um comentário

Arquivado em Concurso, policiamento inteligente

Antecipação salarial! Será?

No último dia 14 recebi a ligação de um amigo repórter da Rede Record me dizendo que havia saido de uma coletiva do Governador e que nós servidores teríamos uma antecipação de nossos salários esse mês.
Fiquei feliz como a maioria, apesar do ceticismo, em decorrência das informações que eu tinha sobre o andamento dos trabalhos na Folha de Pagamento da PMDF…
No dia seguinte, li em vários jornais que nosso “Risco de Vida”, ATRASADO, seria pago integralmente, como se fosse um favor!!
Para aqueles que ACREDITARAM em nosso Governador tenho uma triste notícia…
NOSSO PAGAMENTO DE DEZEMBRO VIRÁ SOMENTE EM JANEIRO E NOSSO RISCO DE VIDA AINDA PRECISA SER IMPLEMENTADO NA FOLHA E PELO QUE SEI ESTÃO TENDO PROBLEMAS PARA FAZÊ-LO!!

Não gastem por conta!!!
Mais uma mentira…
14/12/09 – 18h39 – Atualizado em 14/12/09 – 19h18

Na 1ª reunião pós-crise, Arruda mantém antecipação salarial de servidores
Governador também define pagamento de gratificação a PMs e bombeiros.
Duas semanas após escândalo no DF, Arruda retoma agenda de governo.

Diego Abreu
Do G1, em Brasília

Em sua primeira reunião com o secretariado após o início das denúncias sobre um suposto esquema de corrupção em seu governo, o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), anunciou a antecipação do pagamento do salário de dezembro aos servidores e o pagamento em parcela única da gratificação por “risco de vida” aos policiais militares e bombeiros.

A antecipação salarial dos funcionários do Distrito Federal, entretanto, não é novidade. Nos anos anteriores, o governo já tinha adotado o pagamento antecipado. Com isso, os salários de cerca de 45 mil funcionários deve ser depositado nesta sexta-feira (18). O objetivo é injetar na economia local R$ 193 milhões para as compras de Natal.

Em nota divulgada após o fim da reunião, o governo destaca, porém, que os servidores da Saúde, Educação e Segurança vão receber seus salários somente em 5 de janeiro, uma vez que grande parte dos recursos para essas áreas vêm da União.
Já o pagamento da gratificação a PMs e bombeiros já estava acertado desde que o novo plano de cargos e salários da categoria foi sancionado, no mês passado. Segundo o governo, 27 mil militares serão beneficiados, com um total de R$ 55 milhões a serem distribuídos entre eles.

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1414882-5601,00-NA+REUNIAO+POSCRISE+ARRUDA+MANTEM+ANTECIPACAO+SALARIAL+DE+SERVIDORES.html

9 Comentários

Arquivado em Política

O Analfabeto Político

O Analfabeto Político

Berthold Brecht

O pior analfabeto
É o analfabeto político,
Ele não ouve, não fala,
nem participa dos acontecimentos políticos.

Ele não sabe que o custo de vida,
o preço do feijão, do peixe, da farinha,
do aluguel, do sapato e do remédio
dependem das decisões políticas.

O analfabeto político
é tão burro que se orgulha
e estufa o peito dizendo
que odeia a política.

Não sabe o imbecil que,
da sua ignorância política
nasce a prostituta, o menor abandonado,
e o pior de todos os bandidos,
que é o político vigarista,
pilantra, corrupto e o lacaio
das empresas nacionais e multinacionais.

(Berthold Brecht)

Deixe um comentário

Arquivado em Política

1964? O ano que não acabou…

Há tempos não via cenas como as de hoje. Lembrei-me dos anos de chumbo, do “badernaço” e da época em que fazia movimento estudantil…
Prontidão, polícia na rua, militância, democracia, reação violenta…Tivemos de tudo! Bope alinhado, Choque montado à galope, linha, pau e bomba!
Como disse um coronel em entrevista, não temos partido, nosso partido é a PMDF. Se for um governo de esquerda o serviremos, se for de direita também! Honesto ou corrupto. Servir ao governo, digo, ao povo é nosso lema!
Viva o governo! Viva a elite! Viva o povo! Viva a democracia! Viva a PMDF…
Olhando por esse ângulo, não temos quem estava certo ou quem estava errado nesse confronto, infelizmente, cada um cumpria seu papel…Dos males o menor!
É importante compreendermos isso. Não existiam inimigos. Não eram “vagabundos”. Eram pessoas que acreditam em algo, que querem um futuro melhor. Erámos trabalhadores, cumprindo nosso papel, subordinados ao governador.
O monopólio do uso da força pertence ao Estado, cabe a nós sabermos quando utilizá-la…Nós somos o Estado? Às vezes, quem sabe?

Foto: Correio Braziliense

Três presos e ao menos oito feridos em manifestação contra Arruda
Publicação: 09/12/2009 17:05 Atualização: 09/12/2009 17:20

>>Luiz Calcagno

>>Luísa Medeiros

>>Renato Alves

Bombas de efeito moral, cavalos, cachorros, cassetetes. A tropa de choque da Polícia Militar usou quase todo o seu arsenal para impedir os manifestantes contrários ao governador José Roberto Arruda (DEM) de chegarem à Rodoviária do Plano Piloto, na tarde desta quarta-feira (9/11). Quem ficou na frente da cavalaria apanhou muito. Os animais chegaram a pisar em estudantes deitados no asfalto.
Três manifestantes estão presos na 5ª Delegacia de Polícia (área central), sob acusação de desacato. A equipe do Correio Braziliense encontrou ao menos oito pessoas feridas, com hematomas pelo corpo. Um teve o pé quebrado após ser atingido pela pata de um cavalo. Mas, até o momento, os hospitais públicos não registraram atendimento em função do confronto entre PMs, estudantes e sindicalistas.

Um dos detidos é um estudante. Cinegrafistas, fotógrafos e repórteres presenciaram ele sendo agredido pelo coronel Silva Filho, comandante da operação. O militar o agarrou pelo pescoço e o imobilizou com uma “gravata”. Manifestantes tentaram resgatá-lo, mas logo acabaram cercados pela cavalaria. Segundo familiares do rapaz, que estão na 5ª DP, ele passou três horas “incomunicável”.

Apesar das agressões, o manifestante acabou preso por desacatar os militares, segundo os mesmos. Os parentes do garoto decidiram registrar uma ocorrência contra o coronel Silva Filho e o cabo Cássio. Em meio à confusão, o coronel disparou palavrões contra os jornalistas que o questionaram sobre as agressões. “Eu não tenho partido, lado. Meu partido aqui é a Polícia Militar”, alegou, aos berros.

Pista interditada

A pancadaria na área central de Brasília durou cerca de três horas. Começou às 11h30, quando um grupo entre os 2,5 mil pessoas — segundo estimativa da PM — decidiu interditar o Eixo Monumental no sentido Rodoferroviária. A partir daí, a Praça do Buriti e o canteiro central da via viraram praça de guerra. Quando a cavalaria partia para cima dos manifestantes, eles corriam para o outro lado.

A tropa de choque não economizou em bombas de efeito moral e golpes de cassetete. Principalmente quando outro grupo de manifestantes começou a marchar em direção à Rodoviária do Plano Piloto. Acuados, a maioria de estudantes, eles decidiram retornar à Praça do Buriti e fechar a avenida em frente ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Esse foi o momento mais violento.

Ação truculenta

Mais uma vez, a cavalaria da PM entrou em ação e partiu para cima. Mesmo deitados, manifestantes passaram a ser golpeados por cassetetes. Um estudante foi pisoteado por cavalos. Outro rapaz, levado para o gramado, sofreu várias agressões. Os policiais usaram gás de pimenta para afastar os jornalistas que filmavam a ação. Motoristas que estavam parado no semáforo se desesperaram.

Entre os agredidos estava uma menina de 12 anos, moradora de Valparaíso (GO). Ela acompanhava a irmã no protesto e estava na calçada, em frente ao TJDFT quando acabou atingida nas pernas por cassetete. O clima continuou tenso por meia hora, enquanto manifestantes permaneciam no canteiro central do Eixo Monumental e a cavalaria fazia uma barreira para não fechararem novamente a pista.

Bope de prontidão

Segundo informações da PM, 400 policiais participam da ação. Parte do efetivo fez um cordão de isolamento em volta do Palácio do Buriti (sede oficial do governo). Soldados do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também estavam posicionados no gramado central do Eixo Monumental, perto do Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Por volta das 13h30, os manifestantes decidiram se retirar da Praça do Buriti. Segundo a deputada distrital Érika Kokay (PT), que chegou ao local para intermediar as negociações entre o movimento e a polícia, três ônibus levariam os estudantes e militantes até a Rodoviária do Plano Piloto, onde fariam uma manifestação pacífica de distribuição de panfletos.

Palavra da PM

Para o chefe do Comando de Policiamento da PM, coronel Luiz Henrique Fonseca, não houve excesso de violência. “Os manifestantes quebraram o acordo e invadiram a pista, por isso houve o confronto”, justifica. Segundo ele, foram usadas apenas armas não letais para controle da massa, já que era preciso desobstruir o trânsito.

Segundo o Corpo de Bombeiros, nenhum manifestante foi atendido com ferimentos. Os hospitais também não registraram nenhum atendimento de manifestantes ou policiais feridos. Até as 14h, duas faixas da via continuavam interditadas e o trânsito lento. O congestionamento, que começava no semáforo em frente ao Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), ultrapassava o Memorial JK.

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2009/12/09/cidades,i=159970/TRES+PRESOS+E+AO+MENOS+OITO+FERIDOS+EM+MANIFESTACAO+CONTRA+ARRUDA.shtml

16 Comentários

Arquivado em Política

Criação de Companhia Independente no DF!

O governo do DF passa por uma crise jamais vista, mas a administração não pode parar…
Hoje foi criada uma nova Companhia Independente na estrutura da PMDF, ligada diretamente ao Comandante do CP. Agora temos um Batalhão de Operações Especiais e uma Companhia de Rondas Ostensivas Tática Motorizadas…
A Polícia Militar caracteriza-se pelo uso da farda e sua “ostensividade” na manutenção da “ordem”…
Em minha opinião, o BOPE passa a ser mais especial e a ROTAM ainda mais responsável pelo policiamento motorizado. Pelo jeito teremos muito PO (Policiamento Ostensivo), muito PCS (Posto Comunitário de Segurança) e muita ROTAM (Rondas Ostensivas Tática Motorizada)…
Tudo que vier para melhorar a segurança em nossa cidade é bem vindo…
Espero que essas mudanças não fiquem somente no papel ….muita coisa está mudando em nossa estrutura para nos adequarmos as novas vagas criadas pelo PCS (Plano de Cargos e Salários). As principais mudanças ocorrem na BASE e no TOPO da EX-PIRÂMIDE…Deixamos de ser uma estrutura pirâmidal e passamos a ser algo ainda “não definido”…
A polícia deixa de ter em seus quadros de praças, uma maioria de SOLDADOS e passa a ter SARGENTOS como maioria, quase que esmagadora, nos próximos anos. Juntando-se os CABOS, os graduados tornam-se a “BASE” da PMDF. Soma-se a tudo isso um curso de Tecnólogo em Segurança com alta dosagem sociológica, o que não poderia ser diferente, pois o projeto adequa-se a visão do Governo Federal, que é progressista (Marxista em sua maioria) e futuros soldados altamente organizados e politizados, basta ver a luta deles e o site criado para debater suas idéias (aprovadospmdf.com.br). Nesse espaço, apesar de comentários, muitas vezes fora da realidade, muitos demonstram boa base política e ideológica…
Em outra oportunidade falarei sobre essa mudança e que reflexos poderemos ter no futuro, já que os sargentos possuem maior autonomia dentro da instituição (pelo menos mais autonomia que os soldados – essencialmente elementos de execução), creio que é um passo importante para uma possível DESCENTRALIZAÇÃO DE PODER dentro da instituição…
A criação de novas unidades, comandadas por coronéis também será de fundamental importância nesse processo, além, é claro, do fim das promoções por merecimento, o que só ocorrerá no último posto, dando maior autonomia aqueles que estão em posição intermediária, ou que não almejam a submissão política…
Vejo profundas mudanças em nossa instituição com a aprovação de nossa lei de cargos e salários e nossa reestruturação interna para nos adequarmos a nova lei…
Creio que a mudança cultural pregada há mais de um ano nesse blog está mais próxima do que sonhei um dia….

Diário Oficial do Distrito Federal

Nº 236, terça-feira, 8 de dezembro de 2009
DECRETO Nº 31.130, DE 07 DE DEZEMBRO DE 2009.
Cria na estrutura organizacional da Polícia Militar do Distrito Federal, a Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTAM.

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 100, inciso VII, da Lei Orgânica do Distrito Federal, combinado com o disposto no artigo 48, da Lei nº 6.450, de 14 de outubro de 1977, DECRETA:

Art. 1º. Fica criada, na estrutura organizacional da Polícia Militar do Distrito Federal, a Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTAM, subordinado diretamente ao Comandante do Comando de Policiamento – (CP) da PMDF, com estrutura de Companhia Independente da Polícia Militar do Distrito Federal.

Art. 2º. A Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas motorizadas – ROTAM, terá sua sede em Brasília, em local a ser designado pelo Comandante do Comando de Policiamento – (CP).

Art. 3º. Todos os componentes da atividade fim da Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTA, deverão ser habilitados para realizarem atividades de Rondas Ostensivas Táticas.

Art. 4º. A Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTAM terá com exclusividade as seguintes atribuições:

I – Patrulhamento Ostensivo Tático;

II- Aplicar as alternativas táticas da doutrina de Gerenciamento de Crises;

III- Apoiar os diversos órgãos da Secretária de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal;

IV- Apoiar a Defesa Civil, nos casos de calamidade pública;

V- Ocupação de pontos sensíveis;

VI- Atuar em todo Território Nacional mediante convênio;
VII- Executar outras missões determinadas pelo Comandante Geral da PMDF.

Art. 5º. A Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTAM, adotará a seguinte estrutura organizacional:

I- Comando;

II- Subcomando;

III- 1ª, 2ª, 3ª, 4ª e 5ª Seções (Estado Maior);

IV- Equipes de ROTAM
Art. 6º. Os Órgãos internos da Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas -ROTAM, terão suas competências definidas em regimento interno.

Art. 7º. Fica o Comandante Geral da PMDF autorizado a aprovar no prazo de 90 (noventa) dias, a contar da data de vigência desse Decreto, o Regimento Interno da Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTAM.

Art. 8º. O Quadro de Organização e Distribuição do Efetivo da Companhia Independente de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas – ROTAM, respeitados os quantitativos constantes da Lei de Fixação de Efetivo, será aprovado pelo Comandante Geral e Publicado em Boletim Reservado da Corporação.

Art. 9º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 10. Revoam-se as disposições em contrário.

Brasília, 07 de dezembro de 2009.

122º da República e 50º de Brasília

JOSÉ ROBERTO ARRUDA

8 Comentários

Arquivado em polícia militar

Análise da semana!

Na última semana escrevi dois posts que anteciparam em pequenas linhas como terminaria a semana. No post sobre a Situação política e Jogo político no DF dei algumas dicas do que ocorreria, creio que minhas fontes estavam certas…
Ao falar da G6, esqueci a Cinco Estrelas, empresas do Dep. Leonardo Prudente, ainda bem que o Correio não esqueceu (rsrs). E falando nesse jornal, percebo que ele vem cumprindo muito bem seu papel no “jogo”. Primeiro falou das empresas do presidente afastado da Câmara, começou a falar da deputada responsável pela área social e chegou a introduzir no debate o nome do atual presidente. O jornal de hoje fala do projeto do deputado do PT que beneficiou a empresa do filho do presidente da CLDF…
Mais vídeos foram “liberados”, uns focando a “amizade” do atual governador com o antigo, vídeos mostrando a “ganância” do presidente da Câmara, mas muita coisa ainda surgirá…
Quem será o Corregedor? Existe alguém com “idoneidade moral” para assumir o cargo?
E o DEM? Terá “coragem” de expulsar nosso governador?
Teremos que aguardar as cenas dos próximos capítulos…
Pra falar a verdade o que me preocupa é a desocupação da Câmara Legislativa pela Polícia Militar…
Como disse o policial no Filme Tropa de Elite: “Chefe vai dar merd…”
A “galera” tá pronta pra resistir e tá louca pela “repercursão” que uma pancadaria com “polícia do governador” pode dar…MUITA CAUTELA NESSA HORA!!

14 Comentários

Arquivado em Política

Ser policial é mais que empunhar uma arma…

Ser policial é mais que empunhar uma arma ou andar em alta velocidade, com o braço para fora, em uma viatura…
Ser policial é mediar conflitos, salvar vidas!!
Recentemente dois fatos me chamaram a atenção aqui no DF. Um ocorrido no dia 01/12/2009 e o outro ocorrido ontem.
No primeiro fato vi um policial mediando conflito com um suicida e salvando-o, um verdadeiro herói (ver vídeo). No segundo vi a polícia militar mediando conflito com manifestantes.
Pena não ter a cena. Apesar da tropa estar desalinhada, meio que desorientada, via-se uma tentativa de mediação. No meio da “bagunça” alguns empurrões. Safanões de um lado e de outro. Capitão caindo, levantando, caindo de novo…tropa pronta para o confronto…Poderia divagar sobre vários pontos, mas vou me ater ao que mais me chamou a atenção. Gostaria de lembrar o nome do coronel que estava no comando, lembro-me apenas de sua fisionomia, é uma pena. Poucas vezes ví a habilidade que ele teve em frente a tropa, para proteger cidadãos. Enquanto todos olhavam os “safanões”, eu observava o comando da operação. Imagine policiais “revoltados” com tapas e chutes… Poderia haver uma tragédia. Homens armados, investidos do Estado e cheios de ódio, a receita perfeita para um massacre. A importância do comando foi percebida nessa hora. Alguns segundos de imagem na televisão, mas percebi sabedoria naquele homem. Ele entra entre os manifestantes e a tropa e manda o capitão, que havia caído, e o restante da tropa parar sua “ação”. Um absurdo para alguns, muita sabedoria de um comandante para mim. Ser policial é mediar conflito!
Às vezes é melhor sairmos da forma que saímos, do que usarmos de força (às vezes armas letais) contra uma população que não sabe mais como protestar contra um governo cheio de problemas…

Foto: Alan Marques/Folha Imagem

4 Comentários

Arquivado em polícia comunitária, Política

Jogo político no DF!

Apesar de não ser um bom jogador, adoro xadrez. Administração, política e xadrez para mim estão sempre juntos. Não sei muito sobre nenhum deles, mas sou um observador apaixonado…
O Distrito Federal é o tabuleiro, os políticos representam as peças principais (nobreza) e os peões representam o povo.
O povo é o primeiro a ser sacrificado, o rei protegido a todo custo!
Recentemente algumas peças nobres foram “comidas” nesse jogo: Bispos, Torres e Cavalos…
É interessante observar uma CPI que investiga somente o governo. Cadê o PT do passado? Onde está nossa oposição? Todos estão calados…Por quê?
Às vezes, queria não ter acesso aos bastidores da política. É horrível entender de xadrez. Ver o avançar das peças na imprensa. Ter que ficar calado, quando gostaria de gritar…
Quem teve acesso ao processo que relata todo esquema se assustou…algum político se salvará?
Por que será que o ex-presidente do PT DF afirma que o sucessor natural em caso de cassação, que é do PT não pode assumir? Quem leu o processo diz saber a resposta…
É estranho ver uma Câmara refém de um governo que era refém de um Secretário, que era refém de um grupo político do passado…
É triste saber que em fevereiro outras peças estarão ameaçadas e em março outras…cartas marcadas? Jogo de dominó, onde se derruba o primeiro e todos vão caindo? Quem sabe?
As peças que representam a nobreza cairão uma a uma e o povo será sacrificado somente nas eleições…UMA INVERSÃO NO XADREZ…só nesse caso o povo é o último a ser sacrificado…agora é hora da elite!!
Serão muitas as novidades nos próximos meses, esse jogo é o jogo da paciência, as informações devem surgir a conta gotas…até as eleições…
Estratégias do jogo…

10 Comentários

Arquivado em Política