Arquivo do mês: abril 2012

Soldados – “Somos soldados pedindo esmola – A gente não queria lutar…”

Soldados

Legião Urbana

Nossas meninas estão longe daqui

Não temos com quem chorar e nem pra onde ir

Se lembra quando era só brincadeira?  

Fingir ser soldado a tarde inteira?

Mas agora a coragem que temos no coração

Parece medo da morte mas não era então

Tenho medo de lhe dizer o que eu quero tanto

Tenho medo e eu sei porquê:

Estamos esperando.

Quem é o inimigo?  

Quem é você?  

Nos defendemos tanto tanto sem saber

Por que lutar.

Nossas meninas estão longe daqui

E de repente eu vi você cair

Não sei armar o que eu senti

Não sei dizer que vi você ali.

Quem vai saber o que você sentiu?

Quem vai saber o que você pensou?

Quem vai dizer agora o que eu não fiz?

Como explicar pra você o que eu quis.

Somos soldados   Pedindo esmola!  E a gente não queria lutar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Reflexão

MJ recomenda o fim das prisões disciplinares nas PM´s

Ministério da Justiça recomenda o fim das prisões disciplinares nas PM’s A Plenária do Conselho Nacional de Segurança Pública – CONASP/MJ, em sua décima sexta reunião Ordinária, realizada nos dias 19 e 20 de abril de 2012, no uso de suas competências regimentais e atribuições instituídas, e Considerando que a Disciplina e Hierarquia são os pilares basilares das instituições militares estaduais, e que estas serão mantidas e preservadas; Considerando a necessidade de adequação dos regulamentos disciplinares das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares Estaduais aos preceitos da Constituição Cidadã de 1988, bem como em suas emendas constitucionais; Considerando o resultado dos princípios, mais notadamente os 3 e 10, e nas diretrizes 21, da 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, que identificam a necessidade de adequação Constitucional dos regulamentos disciplinares das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares dos Estados; Considerando o Art. 1º da Portaria Interministerial nº 2, de 15 de dezembro de 2010, que estabeleceram as Diretrizes Nacionais de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos dos Profissionais de Segurança Pública, Considerando o Art. 2º da Portaria Interministerial nº 2, de 15 dezembro de 1010, estabelece que a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o Ministério da Justiça deverão estabelecer mecanismo para estimular e monitorar iniciativas que visem à implementação de das diretrizes da PI nº 2 de 15 de dezembro de 2010; Considerando a Diretriz nº 1, da Portaria Interministerial nº 2, assim assevera in verbis: Adequar às leis e regulamentos disciplinares que versam sobre direitos e deveres dos profissionais de segurança pública à Constituição Federal de 1988; Considerando o parecer elaborado pela Câmara Técnica, “Instituições Policiais” do CONASP, recomenda o fim das penas privativas e restritivas de liberdade para punições de faltas disciplinares, RESOLVE: 1 – O Pleno do CONASP recomenda: 1.1 – ao Ministério da Justiça que adote junto à Presidência da República e Congresso Nacional, as providências necessárias à revisão do Decreto-Lei 667/69, a fim de vedar a pena restritiva e privativa de liberdade para punições de faltas disciplinares no âmbito das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares, alterando o seu artigo 18. 1.2 – Aos Governadores dos Estados e do Distrito Federal que adotem em seus respectivos entes federados, enviando às Assembléias Legislativas/Câmara Distrital, projetos de Lei alterando os regulamentos disciplinares, extinguindo a pena restritiva de liberdade em conformidade com o sugerido para a alteração do Art. 18 do Decreto Lei nº 667/69. 2 – Sugerir que o artigo 18 do Decreto-Lei 667/69 passe a vigorar com a seguinte redação: “Art.18 – As polícias e Corpos de Bombeiros Militares serão regidos por Regulamento Disciplinar estabelecidos em Lei Estadual específica, respeitadas as condições especiais de cada corporação, sendo vedada pena restritiva de liberdade para as punições disciplinares, e assegurada o exercício da ampla defesa e o direito ao uso do contraditório. PLENO DO CONSELHO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA .

Para saber mais:

Fonte: http://www.policiapelaordem.com.br/2012/04/ministerio-da-justica-recomenda-o-fim.html

6 Comentários

Arquivado em Diversa

Quando tudo diz que não…

Em momentos de crise não podemos nos esquecer que existe um Criador, que nunca se esquece de nós!

Em breve estarei de volta! É hora de me silenciar…

Não tenho medo do tronco. Fui forjado no caldeirão. O couro é duro de tantas chibatadas, mais uma não fará vermelhidão! Sou negro companheiro, acostumado com a solidão, no tronco eu fui forjado, com o sofrimento dos meus irmãos! Ser polícia está no meu sangue e também no meu coração. Ser militar é outra história e não merece minha atenção! Sou homem livre e de bons costumes e disso não abro mão!

2 Comentários

Arquivado em polícia militar

Respondendo aos questionamentos sobre o movimento unificado da PMDF – Por Ronner Gama

Existe momento de silenciar. A construção é silenciosa. Hoje está fazendo 10 dias do acordo. Faltam dez dias para o fim da “trégua”, caso não a negociação não avance. Mobilização é tudo.

-CARO AMIGO RONER, DEPOIS QUE O NOVO CMT TEVE A REUNIÃO COM VCS DA REDE DEMOCRÁTICA, VCS PARECEM QUE ESTÃO COM MEDO DE NOS DAR NOTICIAS, E OS COMPANHEIROS FICAM ANSIOSOS PARA TER NOTICIAS SOBRE PROMOÇÕES E DA RESTRUTURAÇÃO, SEM NOTICIAS OS COMPANHEIROS PMS E BMS FICAM DESCRENTES. QUE DEUS CONTINUI NOS AJUDANDO.

Resposta: Em relação às promoções não podemos fazer nada, porque é um ato exclusivo do CMT.GERAL. O comando possui inclusive uma assessoria técnica que o orienta em relação às essa questões. O foco da Rede Democrática e movimento unificado é : REESTRUTURAÇÃO DA LEI 12086 E RECOMPOSIÇÃO SALARIAL. Não temos nada a ver com promoções.  Mais uma vez os grupos políticos internos estão querendo nos imputar uma responsabilidade que não nos cabe.
2-Conchavos, maquinações e teorias conspiratórias.
R- Se alguém está achando que estamos nos envolvendo em conchavos escusos com o GDF , maquinaçoes diabólicas e coisas do gênero que apresente as provas, que apresente as justificativas, plausíveis, ou então entre no processo e acompanhe. Não temos nada, não ganhamos nada. Diferente de quem está lá dentro da câmara (deputados e seus assessores) ganhando gordas gratificações e até hoje só plantam mentiras e discórdia no seio da tropa. Canalhas, 2014 virá e vocês não prevalecerão.
3– E quanto a mudança do horário de expediente e escalas na corporação?
R- Isso é ato administrativo do CMT GERAL, como já disse cabe a ele resolver essa situação, procurem ele.
4- TROCA DE COMANDO, BRIGAS POLÍTICAS e INTERSTÍCIO, o que vocês do movimento unificado tem a ver com isso? O antigo comando foi quem emplacou uma reduçao de intersticio e depois a revogou, não se sabe o motivo. Cabe salientar que era indicação do presidente da Câmara Legislativa do DF. Então senhores procurem ele e peçam as justificativas, não vamos entrar em briga de foices. Não vamos nos envolver em brigas políticas, o presidente da câmara tem um mandato e a estrutura governamental a seu favor. Nós do movimento unificado temos apenas a boa vontade de trabalhar. Perguntem a ele o por quê  que SEU COMANDANTE REVOGOU A PORTARIA DE REDUÇÃO DE INTERSTÍCIO. 5- PROPOSTAS Já recebemos várias sugestões para inclusão na proposta piloto que vamos trabalhar nas negociações. Estamos compilando tudo, trabalhando tabelas e indíces para apresentar aos colegas.
ESTAMOS RECEBENDO SUGESTÕES PARA AS PROPOSTAS
enviem para rededemocraticapmdf@gmail.com, ou procurem as associações e pessoas físicas que participam do movimento unificado.

Deixe um comentário

Arquivado em polícia militar

Edital – Eleições da AMME

Nomeação da Comissão Eleitoral A AMME – Militares de Cristo – por meio da Diretoria Executiva, designa, para compor a Comissão Eleitoral que coordenará a Eleição da Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal para o próximo mandato (junho de 2012 a junho de 2014), o Cap. QOPMC. Gisleno Gomes de Faria Alves – Presidente da Comissão; Ten. QOPMC. Valdemar Alcindo Arend – Vice-Presidente; e o Sd. QPPMC Rubem Aleixo Costa – Secretário. Edital de Convocação para Processo Eleitoral A AMME – Militares de Cristo – por meio da Comissão Eleitoral designada, nos termos do Estatuto, pela Diretoria Executiva, convoca os filiados em pleno gozo de seus direitos associativos a participarem do processo eleitoral para preenchimento dos cargos da Diretoria Executiva, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal na Assembléia Geral Ordinária para as eleições dos respectivos cargos do próximo mandato (junho de 2012 a junho de 2014). O pedido de inscrição das chapas será recebido no dia 08/05/2012 das 10h às 17h, no Templo Militar Evangélico. O pedido de inscrição da chapa deverá conter o nome da chapa, o nome completo (com destaque no Nome de Guerra), o posto/graduação e a assinatura dos candidatos a Presidente, Vice-Presidente, Primeiro Secretário, Segundo Secretário, Primeiro Tesoureiro, Segundo Tesoureiro; dos três candidatos ao Conselho Fiscal; dos dois candidatos a Suplente do Conselho Fiscal; dos cinco candidatos ao Conselho Deliberativo; e dos dois candidatos a Suplente do Conselho Deliberativo. A Comissão eleitoral terá um prazo de vinte e quatro horas para homologar a candidatura ou solicitar a correção de possíveis erros. Em caso de erros na chapa, os candidatos terão o prazo até o dia 14 de maio para impetrar recurso ou fazer as possíveis correções apontadas pela Comissão Eleitoral. A eleição ocorrerá no dia 08/06/2012, das 09 às 11 horas, no Templo Militar Evangélico. Fica convocada a Assembléia Geral Ordinária para participar da Votação, acompanhar a Apuração (a partir das 11 horas, no local e data supracitados) e a Proclamação do Resultado bem como para dar posse aos novos Diretores e Conselheiros. A Comissão coloca-se à disposição para esclarecer quaisquer dúvidas pelo e-mail tropadeeleitos@gmail.com ou nas dependências do Templo Militar Evangélico.

Deixe um comentário

Arquivado em polícia militar