Arquivo do mês: dezembro 2011

A saudade torna-se uma companheira com o tempo!

Hoje, oito dias depois que meu filho partiu torno-me intimo da saudade. Nunca tive medo dela, até mesmo porque já nos conhecíamos. A partir desse acontecimento ela torna-se uma companheira inseparável. Sei que sempre tomaremos café da manhã juntos e as vezes almoçaremos e jantaremos para dialogar sobre meu filho. Amigos não machucam, simplesmente nos ajudam a aliviar o nosso fardo. Seja bem vinda minha amiga SAUDADE, que nossa amizade seja eterna enquanto dure!

Agradeço cada mensagem desejando força, demonstrando carinho e respeito a minha família. Que Deus possa retribuir tudo aquilo que fizeram e desejaram para mim nesse momento. Deus é fiel sempre. É nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

Deixo uma passagem bíblica que muito tem me ajudado nesse momento:

Viu, porém, Davi que seus servos cochichavam uns com os outros, e entendeu que a criança era morta, pelo que disse aos seus servos: É morta a criança? Eles responderam: Morreu. Então Davi se levantou da terra; lavou-se, ungiu-se, mudou de vestes, entrou na casa do Senhor, e adorou; depois veio para sua casa, e pediu pão; puseram-no diante dele, e ele comeu. Disseram-lhe seus servos: Que é isto qu…e fizeste? Pela criança viva jejuaste e choraste; porém depois que ela morreu, te levantaste e comeste pão. Respondeu ele: Vivendo ainda a criança, jejuei e chorei, porque dizia: Quem sabe se o Senhor se compadecerá de mim, e continuará viva a criança? Porém, agora que é morta, por que jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu posso ir até ela, porém ela não voltará a mim. (2 Samuel – 12:19-23)

 

10 Comentários

Arquivado em Reflexão

Render-se nunca, retroceder jamais – Morte, dor e saudade: não tenho medo de ti!

Chega um momento em nossas vidas em que somos provados ao extremo. De todas as perdas em minha vida esta com certeza foi a maior. Jesus Cristo, Jacó e o Rei Davi sempre foram minhas inspirações.

Creio que a penultima noite tenha sido meu “Vau do Jaboque”. Ao ultrapassá-lo cheguei em “Peniel”, pois tenho visto Deus face a face! Creio que eu também tenha saido “ferido” na coxa.

Nesse momento a morte olha para mim e tenta sorri. Olho fixamente em seus olhos e lhe digo: MORTE, NÃO TENHO MEDO DE TI! A saudade ao seu lado olha zombando de mim, olhando profundamente em seus olhos eu te digo: SAUDADE NÃO TENHO MEDO DE TI! A dor enorme, tentando se vangloriar, aproxima-se de mim, mas, outra vez, olhando firme em seus olhos também te digo: DOR ENORME, AFASTA-TE DE MIM, POIS TAMBÉM NÃO TENHO MEDO DE TI!

Nesse momento de cabeça erguida digo a ambas, olhando nos olhos da dor: NESSE MUNDO SÓ ME CURVO DIANTE DO CRIADOR!

O segredo é: Paciência e Fé! Não ouso amaldiçoar meu Deus! Sei que meu filho amado está bem, tranquilo e em Paz. Questionar esse fato é duvidar da minha FÉ, é duvidar do meu Criador. Te amo eternamente Gabriel Brilhante, meu filho querido. Me orgulhei de você até o último momento!

2 Comentários

Arquivado em Reflexão

A ficha vai caindo e a saudade aumentando…

Pensei em não escrever mais nada nesse blog, mas preciso fazer minha catarse. Os dois últimos dias não estão sendo fáceis. Tenho vivido momentos de oscilação entre a realidade e o irreal. As vezes momentos de distanciamentos, outros de choro. Ontem foi um dia muito difícil, ficará marcado em minha vida. A dor de ver um caixão descendo e a certeza de que não terá a companhia de seu filho é enorme. Somente a concentração e a oração em espírito ajudou-me a não perder a calma. Os vários tombos da vida me fizeram receber a pancada e continuar em pé. O que me conforta é a certeza de que ele está bem, tranquilo e em paz.

Outro conforto é o que recebo de meus amigos. Nesse momento estou na casa de um amigo. Ele me emprestou não somente sua companhia, mas também sua família e seus cuidados. Há três dias não me largou um minuto. Agradeço a cada minuto por cada amigo que tenho. Ontem o Bope e o GOA deram um grande presente ao meu garoto. Ele era apaixonado pelos homens de preto e por aeronaves. Não tenho palavras para expressar minha gratidão a todos os presentes.

Nesse instante em lágrimas escrevo essas linhas. Não sei se estão conexas, mas posso afirmar que são do fundo do coração. Amanhã será mais difícil do que hoje. Como já disse  em vários momentos toda terça e quinta íamos ao MC Donald´s tomar nosso café da manhã. Terça feira dia 06/12 (seu sepultamento) o café foi solitário na Cabe. Amanhã haverá café da manhã somente com a Giuliana, minha outra filha. Haverá um vazio naquele lugar e nossos corações. A cada dia o vazio aumenta e a saudade invade o coração. É a noite que toda emoção vem a tona. Na solidão do quarto vem toda a  emoção…

Por mais forte que eu seja não tem como não chorar a partida de um filho tão querido, o que me consola é saber que até Jesus chorou ao ver um amigo querido morto, mesmo sabendo que poderia ressussitá-lo…

A saudade somente aumenta, mas não tenho o que fazer para amenizá-la a não ser canalizá-la para minha filha querida e para os amigos. Hoje um anjinho de dois anos chamado Dudu alegrou meu dia. Me levou para colher manga, ver o pé de jabuticaba e amora, correr atrás das galinhas, me deu beijos e abraços, me ajudou como ninguém pode fazê-lo até agora. Um grande presente nesse dia…

Obrigado senhor pelo dia de ontem e pelo dia de hoje, conceda-me a dádiva do dia de amanhã…

10 Comentários

Arquivado em Reflexão

Descanse em paz meu filho querido – Eu te libero para a eternidade!

Obrigado a todos pelo carinho!

Saudades filho…

Te libero para a eternidade!

12 Comentários

Arquivado em polícia militar

Perdi meu filho, mas o céu ganhou uma estrela brilhante!

Hoje com certeza é o texto mais difícil da minha vida. Talvez o último desse ano. Nesse momento chego em casa com a certeza de que perdi meu filho querido para um jogo que ninguém gostaria de jogar.

O dia de hoje foi o dia mais difícil de minha vida. Passei a noite acordado ouvindo meu filho me chamando. Orei a noite toda. Pedindo a ele que ficasse. Por volta de quatro horas levantei, tomei um banho e entrei em processo de oração. Sentia meu filho me chamando. Fui até ele. No momento que saia, sem saber o que estava acontecendo escrevi um texto em meu facebook:

Não preguei o olho tem dois dias, conectado mentalmente com meu filho. Obrigado a todos pelas manifestações de carinho. Que Deus os abençoe e os guarde todos os dias dando força e sabedoria para conduzirmos nossas vidas.

Logo depois postei outro:

Meu filho, Gabriel Brilhante, esta partida é a mais importante de sua vida. Escute da voz do Grande Técnico e siga as instruções. Comemore cada ponto como se fosse o título do campeonato. Não pare de vibrar filho. A torcida está de olho em você, gritando seu nome. Estou ao lado do campo como sempre estive vendo seu desempenho vibrando junto. Nesse jogo você é a maior estrela. O grande troféu é sua vida. Te amo muito. Trocaria de lugar contigo nesse momento, mas não fui inscrito nesse jogo. As regras não pertimitiram. Força, paciência e fé meu querido. Não se preocupe esse momento é aquele em que o técnico te coloca no banco para avaliar a tática do outro time. Observe o jogo do adversário, mas não pare de vibrar, pois é isso que contagia todo time. Lembre-se de tudo que aprendeu nesse momento e foque onde quer chegar. Veja-se na seleção brasileitra de volei em breve. Assim Deus o fará. Realizará o desejo ardente em seu coração. Contamos com sua garra de um grande líbero que é…

Nesse momento meu filho lutava contra a morte no jogo pela vida e eu não sabia. Somente sentia. Peguei o carro e fui até ele guiado por sua voz. Próximo das sete da manhã entrei na UTI de repente e lá estava meu filho sofrendo uma parada cardiorespiratória e uma equipe médica tentando salvá-la. Uma cena terrível para um pai.

Elevei meus pensamentos ao Criador e senti quando meu filho partiu. Sem ninguém me falar perguntei a um enfermeiro se havia acontecido o terrível fato.

Avisei familiares e amigos. Descobri que tenho mais amigos do que imaginei. Pessoas fantásticas. Que me seguraram em todos os momentos. Sem eles não suportaria reconhecer meu filho no necrotério, nem tampouco escolher seu caixão e textos para as flores.

O dia mais difícil de minha vida. Eu perdi um filho. O grande amor da minha vida. Meu campeão. Meu maior tesouro. O Céu ganhou um anjo chamado Gabriel e uma estrela verdadeiramente brilhante. O melhor filho do UNIVERSO!

Deus me deu mais força do que eu imaginei quando pedi a Ele um dia! Obrigado pelas orações. Continuo precisando…

O velório ocorrerá amanhã dia 06/12 (dia do seu aniversário – faria 15 anos) na capela nº 01 do Campo da Esperança de Brasília.

243 Comentários

Arquivado em Reflexão

Força filho! Te amo – Deus está no controle!

A vida nos ensina em todos os momentos. Sempre pedi a Deus Força, Sabedoria e Excelência em tudo que eu fizer. Em um momento de felicidade e conquista pessoal veio um baque nesse momento. Meu filho internado na UTI com uma infecção grave. Preciso de força como nunca precisei.

Já passei por várias situações onde minha vida esteve em risco, mas nenhuma delas se compara com o risco de um filho querido. Meus filhos são meus grandes tesouros. Minha vida. Chegar em um quarto e ver o quarto vazio e receber a notícia de que o filho está em uma UTI e que o caso é grave é uma das piores sensações desse mundo.

Ao meu filho Gabriel Brilhante, que nasceu para brilhar, desejo toda minha energia positiva. Você nasceu para o sucesso. Você é meu CAMPEÃO! Ainda o verei na seleção brasileira sendo eleito o melhor líbero do Brasil. Te amo filho e estou sentindo a sua dor. A pior dor que já senti em minha vida.

Creio em um Deus que dá e que tira, que cura e que liberta. Em breve estaremos juntos tomando nosso café como fazemos todas as terças e quintas.

Você é meu tesouro. Troco tudo por sua vida. Te amo filho!

34 Comentários

Arquivado em Reflexão

Curso de Operações Especiais – PMDF/2011

Para quem já estudou um pouco sobre ritos de passagem,  o vídeo abaixo é riquíssimo. Já era fã dos “caveiras”, mas após compreender sua lógica e conquistar vários amigos que fazem parte deste grupo seleto, tornei-me o fã número um.

É fantástico ver a superação dos medos internos e as “os passeios” que são propost0s durante o curso, passando pela terra (montanha), água (lago Paranoá), fogo (Bombas) e ar (Paraquedismo), sem não esquecer da busca interna pela qual o “aluno” deve passar e superar seus maiores medos. Creio que você vence a morte e a torna sua aliada. Tive a oportunidade de perceber a forte religiosidade entre os caveiras e a maneira como eles superam o “medo” da morte.  Deus é o seu grande refúgio e proteção.

Parabéns a todos, em especial ao querido amigo Major Fábio Pereira Margarido. Um profissional que abriu mão de questões pessoais, como a Pós-Graduação em que estávamos cursando, por uma “causa”, ou seja, por um Curso de Operações Especiais! Obrigado por abrir as portas daquela casa para mim.

Sucesso na caminhada de superação. São verdadeiros heróis da vida real.

3 Comentários

Arquivado em polícia militar, Religião