Reginaldo Veras defende retificação no edital do concurso da PMDF

Reginaldo Veras e Representantes da Comissão

O deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT) utilizou a tribuna nesta terça-feira (5) para defender a retificação do edital do último concurso para provimentos de vagas na Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), aumentando assim o número de redações a serem corrigidas.

“Recentemente foi feito o concurso da PMDF. É inegável e inquestionável a carência de policiais militares, fruto do grande número de aposentadorias que vêm ocorrendo. O certame previa duas mil vagas, o que é insuficiente”, disse. “Acertadamente, o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) fez uma retificação do edital permitindo que o governo amplie em mais cinquenta por cento o número de vagas. Assim chegaríamos a três mil vagas. Muito bom, entretanto há uma incoerência, o próprio edital diz que só serão corrigidas três mil redações. Então, não adianta ampliar o número de vagas se não ampliar o número de redações previstas para correção no edital”, afirmou.

Veras ressaltou que, passado o processo de redação, o TAF – Teste de Aptidão Física e os exames médicos e psicotécnicos reprovam cerca de quarenta por cento daqueles que obtiveram sucesso na prova. Segundo ele, com isso “teríamos, então, três mil vagas no concurso e, no entanto, chegaríamos a um número de apenas 1.800 aprovados”.

O parlamentar disse entender que, no momento de crise em que nós estamos e baseado no princípio da economicidade seria prudente, econômico, justo e correto que fosse feita também uma retificação do edital aumentando o número de redações a serem corrigidas.

“Fica bom para o governo, fica bom para os concursandos e, acima de tudo, fica bom para a sociedade do Distrito Federal, que terá a garantia de que novos policiais ao longo dos dois próximos anos serão contratados, melhorando a segurança e a sensação de segurança da população do Distrito Federal”, defendeu.

Veras informou ter feito um estudo, que foi encaminhado ao Governo do Distrito Federal, ao Comandante Nunes, Comandante-Geral da Polícia Militar do Distrito Federal, que, segundo ele é solícito e simpatizante dessa medida.

“Há alguns imbróglios para se revolverem com a banca que foi contratada para realizar o certame, mas tenho certeza de que, com boa vontade política e boa vontade técnica, nós resolveremos isso o quanto antes, o que será bom para todo mundo”, disse. “Então, peço ao nosso Secretário José Flávio, ao Líder de Governo e a todos os Deputados que abracem esta causa, não pelo bem dos concursandos simplesmente, mas pelo bem da sociedade brasiliense, que terá mais policiais nas ruas”, concluiu.

 Foto: Ísis Dantas

Ainda ontem (06) o Deputado Reginaldo Veras esteve no TCDF em reunião com o Conselheiro Renato Rainha, buscando conselhos para solucionar o problema. Uma das soluções encontradas foi protocolar um embargos de declaração para que o Tribunal esclareça a decisão proferida, nos autos do processo que trata do certame, em que autoriza a PMDF a aumentar em 50% a quantidade de candidatos convocados para ingresso no curso.

Aderivaldo Cardoso, Renato Rainha e Reginaldo Veras

Texto de Ìsis Dantas com adaptações/ Site do Professor Reginaldo Veras

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Política

Uma resposta para “Reginaldo Veras defende retificação no edital do concurso da PMDF

  1. Alan Dias

    Olá Sargento, o Q o Senhor acha desse pedido de suspensão do concurso. Feito por está comissão?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s