Diretor da Polícia Civil afirma que reivindicação da PMDF pode atrapalhar reajuste da PCDF

Na coluna da Jornalista de Política, Ana Maria Campos, do CB PODER – Correio Braziliense, nos deparamos com uma entrevista muito interessante do Diretor da Polícia Civil, Delegado Eric Sebba.

Tive a oportunidade de conviver politicamente com ele durante minha estadia na Secretaria de Segurança Pública, é uma das autoridades do atual Governo que continua gozando do meu respeito e admiração. Foi um potencial nome para a substituição do ex-secretário Arthur Trindade e continua sendo em substituições futuras.

Nesta entrevista ele fala sobre a complicada situação de estar no cargo de diretor, ao lado do governo, neste momento de negociação salarial. Discorre sobre como o ex-governador Roriz trouxe uma época “próspera” para a polícia civil e sobre as “promessas de campanha” do governador Rollemberg, neste ponto ele deixa claro que o apoio dos policiais civis foi em virtude de tais promessas.

Um ponto que interessa aos policiais militares é o fato do incômodo da polícia civil com a atuação da PMDF em alguns casos, que para ele é de competência da Polícia Civil, ele exemplifica falando da tentativa da PM investigar casos de arrombamentos em caixas eletrônico, onde segundo ele, a polícia militar quase atrapalhou as investigações.

O auge da entrevista é quando ele fala sobre benefícios que a PMDF tem que a Polícia Civil não tem, em partes, porque eles recebem “subsídios”. Na fala do diretor ele deixa claro: “Nós não temos plano de saúde, não temos licença prêmio para converter em pecúnia. Não temos auxílio para uniforme. Isso incomoda.”

Ao final ele deixa claro que a paridade salarial da Polícia Civil com a Polícia Federal é histórica e que policiais militares reivindicarem o mesmo percentual, “com base neste argumento”, pode até inviabilizar o reajuste dos policiais civis. Termina afirmando que “os parâmetros” para as “forças paramilitares” são os das “forças armadas”. Vale a pena ler a entrevista completa. Nela fica claro que é praticamente impossível se falar em manifestação salarial conjunta entre policiais civis e policiais militares.

img_96561

2 Comentários

Arquivado em segurança pública

2 Respostas para “Diretor da Polícia Civil afirma que reivindicação da PMDF pode atrapalhar reajuste da PCDF

  1. PONDERAO

    Vi a reportagem do Diretor da PCDF. Lembrou que nosso parâmetro em relação a remuneração são as Forças Armadas (?). Ainda bem que é apenas uma opinião dele. Vi também o vídeo do SINPOL DF sobre a questão salarial. Gaúcho tem muito o que estudar sobre nossa legislação. Agora de muito mal gosto nos envolver nessa demanda deles com a Federal. Que resolvam seus problemas pra lá sem nos expor à sociedade. Agora dizer que o crime organizado não se instalou no DF por causa deles é brincar com nossa cara. O efetivo deles mal dá conta de solucionarem seus míseros processos, quiçá impedir crime organizado. Será que ele acha que só tem PCDF em Brasília?

    Em tempo: Está sendo vinculado na imprensa que até o dia 22 o governo federal enviará projeto de reajuste dos Policiais Federais ao Congresso. Os percentuais variarão de 10,7% em Janeiro de 2017, 5,3% em Janeiro de 2018 e 4,5% em Janeiro de 2019, mais um abono de 3000 mil para Delegados e 1800 para agentes que será incorporado ao salário. Um aumento substancial.

    Sempre que encontro um colega da civil meu questionamento a ele é sempre o mesmo:  “Quer ter os ditos FALSOS DIREITOS QUE O PM/BM TEM? … É simples, troque de matrícula comigo… SIMPLES ASSIM!!”

    QUALQUER UM EM PLENA CONSCIÊNCIA E QUE SAIBA O MÍNIMO DE MATEMÁTICA CHEGARÁ A ESTA CONCLUSÃO:

    Inicial hoje dos agentes da PC: R$  8.698,78
    Final hoje dos agentes da PC:   R$ 13.751,51

    Inicial hoje dos delegados da PC: R$ 16.830,85
    Final hoje dos delegados da PC:  R$ 22.805,00

    AGORA VAMOS AOS CÁLCULOS?

    Vamos pensar num número redondo de 20%, ou seja, 5%a.a. até 2019, certo? Pois bem…

    Inicial do agente da PC em 2019:  R$ 10.438,54
    Final do agente da PC em 2019:   R$ 16.501,81

    Inicial do delegado da PC em 2019: R$ 20.197,02
    Final do delegado da PC em 2019:   R$ 27.366,00

    Aí brinco com os colegas da Civil: Ainda querem ser PMs ou BMs? Ninguém quer!!!!! rsrsrss

    Pois esta é a diferença de quem ganha subsídio e de quem não ganha. O Reajuste e em cima do bruto! E daneeeee-se os 27,5% do IR, pois se for pra ter o desconto, que seja em cima do valor maior e não como hoje é.

    Agora um parêntese: Alguém tem dúvidas de que a Polícia Civil vai encontrar vestígios de corrupção e propinas no governo RR,? Evidente que não irá divulgar, mas “misteriosamente” vão receber aumento cabuloso, ao estilo o que acontecia no governo Roriz?

    É esperar pra ver…mas temos que ficar de olho!!!

    Em tempo, todos nós sabemos ainda que na Civil o mundo pode acabar. .. mais ele completando seus 13 anos de atividade profissional será promovido a “especial”. Agora na pm com 13 anos se for “cabo” e lucro. Ou seja, quem realmente esta bem? Repetimos… quer realmente os falsos direitos que temos? Se sim, aceitamos permuta na hora!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s