A saúde pública no DF está na UTI, respirando por aparelhos!

Todos nós imaginamos o caos que está a saúde no DF, mas o que passa por nossa cabeça ainda é pouco. Perdi um filho em uma UTI, sei como é a dor de perder um ente querido por problemas de saúde.  Todos os dias tenho amigos e parentes  sendo humilhados no serviço público de saúde do Distrito Federal. A dor da perda é grande. A saúde do DF está na UTI, respirando por aparelhos e por mais que os governantes falem em melhorias elas não são visíveis para a população, não passam de peça de marketing.

SAÚDE-NA-UTI

Neste momento chega ao Blog reclamações de duas pessoas próximas, familiares, uma com câncer precisa de tratamento, mas o serviço está caótico. Outro, primo, na UTI do HRAN precisando ser transferido para o HOSPITAL DE BASE para fazer uma TOMOGRAFIA, mas não tem ambulância para fazer o transporte. Ao corrermos atrás para fazer a transferência descobrimos que o problema é maior do que se imagina. Só vemos o problema quando está perto o bastante. Ano passado um amigo querido, policial da ROTAM, me ligou desesperado com a mãe precisando ser atendida em um hospital público, fiz vários contatos, a mãe dele faleceu por falta de atendimento, e eu me senti um inútil. Até hoje não sei o que dizer a ele…

Recentemente precisamos transferir uma pessoa, que pra mim é como uma mãe, para também fazer uma tomografia, conseguimos a ambulância, mas não tinha médico, quando conseguimos o médico não tinha a ambulância, quando conseguimos os dois, não tinha a tomografia, nem a ressonância. Procuramos de todas as formas. Depois de conseguirmos, após muito batalhar, agora falta um médico oncologista para analisar os exames.  Até ao vice-governador recorrermos, na verdade a outras autoridades também, mas o vice-governador Renato Santana foi o único que se mostrou sensibilizado. E aqueles que nem contatos tem? Mesmo tendo contatos muitos problemas não foram resolvidos simplesmente por que o caos é maior do que imaginamos.

sade-na-uti

Agora, temos um primo na UTI do HRAN em estado grave precisando de uma tomografia, que só pode ser feita no Hospital de Base, por isso necessita de remoção por meio de ambulância. O pedido foi feito ao SAMU no dia 01/06/2016, mas existe uma fila de 12 pessoas em estado grave aguardando. Sabe qual é o problema? Segundo informações colhidas pelo Blog NÃO EXISTEM MÉDICOS para fazer o acompanhamento. EXISTE SOMENTE 01 (UM) no SAMU NEONATAL. Doze pessoas poderiam ser transportadas em um ou dois dias PARA DESAFOGAR A LISTA e quiça salvar estas vidas, caso houvesse vontade para tal. Um médico poderia ficar exclusivamente para este tipo de serviço, uma questão de gestão de recursos humanos, não de dinheiro. Uma questão de prioridade, pois nestes casos minutos podem fazer diferença. 

A família tentou pagar uma UTI particular, mas segundo informações dos acompanhantes, o hospital só aceita que o paciente saia com médicos da rede de saúde. O que coloca a vida do paciente em risco. Quem será o responsável em caso de morte?

Hoje lendo uma coluna dos amigos do Bombeiro, no facebook, em especial do amigo subtenente H. Batista verifiquei que o caso é gravíssimo da saúde, o que me faz apoiar intensamente a CPI DA SAÚDE que está na Câmara Legislativa do DF:

Paciente com queixa de dor torácica, falta de ar, após peregrinar por 02 hospitais e não conseguir atendimento, enquanto ia em direção ao 3º Hospital sofre parada cardíaca na EQNL 05/07, chegamos ao local populares haviam iniciado as manobras de reanimação, assumimos e colocamos o desfibrilador que indicou choque, viatura do SAMU chegou em apoio, iniciado o protocolo avançado de vida e as compressões com o auto-pulse, em seguida chegou o helicóptero do CBMDF com o médico, Via aérea definitiva, outras drogas, mas depois de 1h de reanimação foi declarado o óbito no local.

Mais uma que vai pra conta do Caos na Saúde Pública, mas de quem é a culpa mesmo?????

Segue ‪#‎vidadebombeiro‬

saude-na-uti

Não podemos nos calar. A saúde do DF pede socorro. Está na UTI, respirando por aparelhos. Quem poderá socorrê-la? Cadê o senhor governador do DF? Saúde é prioridade! Gastam milhões com shows, olimpíadas, copa do mundo, mas quanto estão gastando de fato com a saúde da populacão? Saúde não tem preço…

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Saúde pública

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s