Arquivo do dia: maio 1, 2016

Da animosidade entre Celina Leão e Rodrigo Rollemberg. Sobrou para Amorim do Detran

Nessa próxima semana, devem aparecer no Diário Oficial do DF, as primeiras baixas do governo, em razão da declarada animosidade entre a Presidente da CLDF, Deputada Celina Leão e o Governador Rodrigo Rollemberg.

A presidente da Câmara, Celina Leão, segundo informações de pessoas próximas a ela, já mandou que seus indicados entreguem imediatamente os cargos. O primeiro a sair, será Jayme Amorim, Diretor Geral do DETRAN-DF.

Amorim, inclusive, vem lutando por sua permanência no cargo desde o dia que assumiu. Pelo jeito, dessa vez não escapa.

406a3313f6873e4276ca25e5ad209b3f

Fonte: Blog do Sombra

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Reunião da associação brasiliense dos blogueiros de política – ABBP.

Hoje ocorreu um reunião da associação brasiliense dos blogueiros de política – ABBP. Foi uma assembléia para discutir a política no Distrito Federal e os rumos de nossa associação. Estiveram presentes os principais blogueiros que discutem a política no DF e entorno. Logo após a reunião ocorreu uma grande feijoada que contou com a presença do Deputado Distrital Rodrigo Delmasso e do Conselheiro do Tribunal de Contas, Manoelzinho. Com certeza os Blogueiros de política no DF terão papel fundamental nas próximas eleições.

13096298_1211966225480052_570108478003754766_n

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Pajeros da Polícia Militar viram alvo de investigação no Tribunal de Contas do DF

Os 378 carros Mitsubishi Pajero Dakar da Polícia Militar serão alvo de investigação do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). A Corte vai inspecionar o modelo esportivo usado pela corporação para verificar se os veículos são mais propícios de se envolverem em acidentes, como o caso de grande comoção na PM envolvendo o cabo Renato Fernandes Silva- o militar morreu depois de uma perseguição que terminou em capotagem na BR 070 no dia 5 de fevereiro deste ano.

Os auditores também vão analisar se os valores e os benefícios são vantajosos para a administração pública. O Ministério Público de Contas provocou o TCDF sobre a necessidade de verificar a a legalidade, legitimidade e economicidade da compra dos veículos. A denúncia também solicitava a análise dos gastos relacionados à manutenção no período da garantia. De acordo com a Corte, a despesa ficou em R$ 2.377,54 por veículo.

Segundo o Tribunal de Contas do DF, a Corte pediu esclarecimentos à corporação que respondeu não ter “nenhum precedente de estudo de veículo apropriado à atividade policial militar, vez que nenhum fabricante de veículos o faz de forma específica para uso policial”. Para o TCDF a corporação informou, ainda, que probabilidade de acidentes acontecem com carros que realizam policiamento ostensivo motorizado é maior se comparado a outros tipos de uso e alegaram que a situação não é exclusiva da Polícia Militar do DF.

De acordo com a Corte, a corporação afirmou, também, que considera satisfatório o gasto com manutenção. Eles justificaram os custos com base nas informações consultadas na página eletrônica da Mitsubishi que estima valores de R$ 4.229 com as cinco primeiras revisões programadas (de 10 mil a 50 mil km).

O tribunal esclareceu que as informações prestadas sobre a aquisição das Pajeros são insatisfatórias. “A corporação não apresentou o quantitativo de viaturas modelo Pajero Dakar envolvidas em acidentes, nem um comparativo entre os acidentes com esse modelo e com os demais tipos de carros utilizados pela polícia militar ou por outras forças de segurança”, informou. “Essas informações poderiam afastar a denúncia de que os carros são inadequados para a atividade policial”, acrescentou.

Em relação ao gasto com manutenção, o TCDF considerou que são necessários mais esclarecimentos. No entendimento do corpo técnico, a simples comparação entre o custo médio desembolsado pela PMDF no período da garantia e o valor informado no site da fabricante do veículo para revisões de 10 mil a 50 mil km é insuficiente para determinar se o custo-benefício desses gastos é, de fato, vantajoso para a Administração Pública.

Relembre o caso

A Polícia Militar comprou os veículos em 2012 por meio de adesão a Ata de Registro de Preços da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. Inicialmente seriam adquiridas 303 unidades no valor de R$ 35,2 milhões. Em dezembro do mesmo ano, o contrato de compra teve um aditivo de 24,7% para aquisição de mais 75 veículos, sob o argumento da realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Com isso, o valor total chegou a R$ 43,9 milhões.

Ao longo deste ano e em 2016 houve registros de acidentes envolvendo os carros. Em uma das ocasiões o comando restringiu a velocidade de 60 km/h até a conclusão de estudo interno da PMDF sobre sua utilização.

PM VIATURA PAJERO

Por Isa Stacciarini: Com informações do Tribunal de Contas do DF

Deixe um comentário

Arquivado em polícia militar

Ex-Roriz, Paulo Fona vira consultor de Rollemberg

O ex-porta voz de Joaquim Roriz tornou-se um dos principais conselheiros do governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Há dois meses, Paulo Fona despacha diretamente com a comunicação do GDF e fala com o socialista todos os dias de manhã, via WhatsApp. Fona participa do governo indiretamente desde a campanha, mas ganhou papel forte no Executivo com a missão de aumentar a publicidade e o contato do governador com as ruas.

Fona é funcionário da Propeg Comunicação, umas das três empresas que mantêm contratos de publicidade com o GDF. Trabalhou com o ex-governador Joaquim Roriz, com a deputada distrital Jaqueline Roriz (PTB) e a ex-governadora do Rio Grande do Sul Yeda Crusius (PSDB), entre outros políticos.

Outro aliado de Roriz também exerce papel importante no GDF. José Flávio de Oliveira, que foi assessor parlamentar do ex-governador, é o articulador do governo na Câmara Legislativa. Ele assumiu no lugar de Igor Tokarski, que continua como secretário adjunto de Relações Institucionais e Sociais, mas com o trabalho mais voltado para a interação com as administrações regionais.

Os reflexos da influência de dois experientes personagens dos bastidores da gestão rorizista começa a ter efeitos no trato de Rollemberg com a população. O governador agora joga capoeira, bebe cerveja no Sol Nascente e inaugura pistas prontas desde o fim de 2015.

Porto Alegre – RS 11/04/2007 O secretário de Comunicação Social, Paulo Fona concede entrevista coletiva à imprensa sobre a saída do secretário de Segurança, Enio Bacci. Foto: Mauro Mattos / Palácio Piratini.

Enio Bacci. Foto: Mauro Mattos / Palácio Piratini.

Fonte: http://www.metropoles.com/distrito-federal/ex-roriz-paulo-fona-vira-consultor-de-rollemberg

Deixe um comentário

Arquivado em Política