Em 2015 Crimes Violentos Letais Intencionais aumentaram em áreas nobres do DF

Enquanto estive como assessor de gabinete  do ex-secretário de segurança pública do DF, prof. Arthur Trindade aprendi muito sobre valores, princípios e principalmente sobre a importância da transparência dos dados para se ganhar a credibilidade da população e dos meios de comunicação, sendo assim, tento fazer minha parte. O ano de 2015 foi marcado pela transparência dos dados e pela redução, de fato, da criminalidade no DF. Os homicídios tiveram a maior redução dos últimos vinte anos. O foco da redução da criminalidade durante aquele ano foi a “redução dos homicídios” e dos outros crimes violentos letais intencionais (lesão corporal, tentativa de homicídios, latrocínio)

download

Para isso, Brasília foi dividida em quatro Regiões Integradas de Segurança (RISPs) – Metropolitana, Oeste, Sul e Leste – para estabelecer a responsabilidade das ações de combate à criminalidade no Pacto pela Vida. Cada RISP é composta por, pelo menos, seis regiões administrativas. A Região Metropolitana é formada por: Plano Piloto, Cruzeiro, Octogonal, Sudoeste, Guará, Sia, Scia, Estrutural, Lago Sul; Região Oeste é formada por: Taguatinga, Brazlândia, Ceilândia, Samambaia, Águas Claras, Vicente Pires Região Sul é formada por: Riacho Fundo, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Park Way, Santa Maria, jardim Botânico; Região Leste é formada por: Planaltina, Lago Norte, Varjão, Paranoá, Itapoã, São Sebastião, Jardim Botânico, Sobradinho, Fercal.Criminalidade III
A redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI´s) ocorreu em três regiões, mas aumentou na região metropolitana, ou seja, no Plano Piloto, Cruzeiro, Octogonal, Sudoeste, Guará, Sia, Scia, Estrutural, Lago Sul. Estes locais, em sua maioria, são áreas nobres, que tem influência na política e na mídia local, o que faz com que a “sensação de insegurança” se propague para todas a cidades. Não podemos nos esquecer que esta parcela da população é formadora de opinião e que tem muita voz, diferente de outras localidades. As vezes, temos a impressão que uma vida no Plano Piloto, Lago Norte, Lago Sul e Sudoeste, dentre várias outras áreas nobres, vale mais que uma vida em outras comunidades mais humildes. Quando normalizar a situação na área metropolitana e o crime migrar para as outras regiões, que a mídia possa dar o mesmo peso e o mesmo valor aqueles que não possuem voz.
criminalidade IV
Fonte: Site da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. (Gráficos e números)

Deixe um comentário

Arquivado em Ocorrências

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s