As ações policiais precisam ser mais efetivas, eficazes e eficientes

Ao olhar os dados da Secretaria de Segurança Pública apresentados no último mês, em especial a produtividade da PMDF é perceptível que os policiais militares trabalham muito. O Foco da Corporação é a “operacionalidade” e a “reatividade”, mas a população está satisfeita com tal resultado? O cliente não tem sempre razão? E a “prevenção”?

image2

Durante o ano de 2015 o discurso da “teoria” versus a “prática” ganhou força ao ser nomeado um sociólogo para a secretaria de segurança pública do DF. A pergunta que faço é: está correta tal dicotomia? O correto não seria discutir “gestão” versus “operacionalidade”? Ou até mesmo “reatividade” versus “prevenção”? Minha dúvida surgiu após várias conversas com o ex-secretário Arthur Trindade, enquanto fui seu assessor especial de gabinete.

Não faltam recursos, a prova disso são os recursos empregados no último mês:

  • 2.190 policiais militares por dia foram empregados no atendimento emergencial do 190. (Fato que fortalece o modelo reativo e enfraquece o modelo “preventivo”);

  • 706 policiais militares por dia foram empregados em “diversas” atividades e operações; (Qual o foco?)

  • 897 viaturas foram empregadas por dia nos turnos de serviço. (Quais os resultados geraram? Quais os gastos?)

O emprego dos recursos demonstra um foco da corporação no “modelo reativo” e pouco foco no “modelo preventivo”, possivelmente por isso ações de policiamento comunitário são rejeitadas pela Corporação. O que é péssimo para a população e para o governo.

7abr2015---no-ato-organizado-por-cut-central-unica-dos-trabalhadores-une-uniao-nacional-dos-estudantes-e-mst-movimento-dos-trabalhadores-rurais-sem-terra-nesta-terca-feira-7-em-varias-capitais-1428432878938_956x500

O fato de termos “diversas” operações e “atividades” demonstram a necessidade de um foco e os desvios de emprego do efetivo durante a atividade diária demonstram que o papel da polícia ainda precisa melhor definido. Afinal, segurança pública se faz com a redução de espaços onde atua o criminoso. A dúvida é: tais espaços precisam ser reduzidos antes ou após o cometimento do crime?

Durante uma pesquisa realizada por mim sobre policiamento comunitário perguntei aos entrevistados o que vinha a mente deles quando lembravam de uma “viatura policial” as respostas se repetiram no sentido de que “lembravam-se de um “carro” com dois ou três “indivíduos” com o “braço para fora” “sumindo ao longe”, o que demonstra o distanciamento que a viatura traz. Falar em viaturas e aproximação entre a polícia e a comunidade e antagônico, quando se foca apenas nisso.  Quando se tem 897 viaturas espalhadas sem foco, rodando feito “baratas tontas” reativamente, após o crime já ter ocorrido, a única certeza que temos é do aumento do consumo de gasolina e de gastos com as viaturas.

PM VIATURA PAJERO

Quando analisamos os procedimentos adotados pela Corporação, outro diagnóstico pode ser feito. É possível claramente definir qual é a prioridade dos policiais, inclusive saber se estão focando em drogas, patrimônio ou na proteção da vida. Fica fácil definirmos que polícia nós temos, para quem sabe começarmos a pensar sobre que polícia nós queremos! As ações policiais precisam ser mais efetivas, eficazes e eficientes.  A aproximação entre a polícia e as comunidades é uma necessidade.

2 Comentários

Arquivado em policiamento inteligente, reestruturação das polícias

2 Respostas para “As ações policiais precisam ser mais efetivas, eficazes e eficientes

  1. Pingback: POLÍCIA VIVE O MELHOR MOMENTO , PRÉM HÁ QUESTIONAMENTOS… | Jabásta

  2. Pingback: Pensamento de “gestão” versus o pensamento “operacional” | Aderivaldo Cardoso

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s