Acidente de viatura faz parte da vida do policial

Quem trabalha em radiopatrulhamento e em grupamento ou equipe tática sempre vai conviver em sua rotina com o risco iminente de um acidente. Não apenas por imprudência como gostam de julgar a imprensa e quem não conhece a rotina policial. Mas porque conduzir veículos acima da velocidade da via, com veículos com uma manutenção muito longe da ideal traz riscos.

GTOP 25

Para os mais simplórios a resposta para a redução do numero de acidentes é simples: conduza a viatura na velocidade da via. Parece lógico e racional, mas não é. Nosso serviço está anos luz de ser lógico e racional. Para nosso publico alguns segundos podem fazer a diferença. Diferença entre a vida e a morte, entre ser ou não estuprada, entre ser ou não espancada, entre ter seu filho recém-nascido morto ou salvo devido à massagem prestada por um policial militar como vimos em um vídeo aqui no DF.

Temos sim que ter cuidado na condução de nossas viaturas, principalmente em épocas de chuva como agora, mas é o máximo que pode ser alcançado pelo motorista, já que os outros fatores independem do motorista como manutenção adequada e comportamento dos motoristas brasileiros no transito. Viaturas tem que fazer verdadeiros “rallys” já que nossos cidadãos condutores se acham donos das faixas da esquerda, (que somente seriam utilizadas para ultrapassagens), não abrem caminho para viaturas com rotolight ligados e sirenes abertas.

VIATURA ROTAM

E mesmo se todos estes pontos elencados acima fossem otimizados ainda sim os riscos de acidentes sempre vão existir, são da natureza do serviço de radiopatrulhamento. Quem nunca vibrou, quem nunca trabalhou nas ruas não pode e não deve julgar os colegas que se envolvem em acidentes. Não sem antes ter trabalhado nas ruas. Nossa profissão não é exata, não é isenta de riscos, não é para qualquer um. Não julgue o policial militar que se envolve em um acidente de viatura, ele corre riscos porque coloca a vida de terceiros acima da sua, não é por molecagem ou para aparecer, ele corre riscos porque sua profissão exige. Quem não esta preparado para correr risco não está preparado para ser policial, está preparado para ser um servidor público, e marginais não são capturados por servidores públicos.

Os policiais militares envolvidos nos acidentes acima (GTOP 25 e ROTAM), dia 23 de janeiro estão bem apesar do susto e escoriações.

mundopolicialmilitar@yahoo.com.br

Fonte: https://mundopolicialmilitar.wordpress.com/2015/01/24/acidente-de-viatura-faz-parte-da-vida-do-policial/

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Ocorrências, Religião

Uma resposta para “Acidente de viatura faz parte da vida do policial

  1. Que Deus nos livre de todo mal,melhoras pros companheiros envolvidos no acidente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s