Escolha de Administradores causa indignação nas cidades

Toda mudança de governo é a mesma coisa. Candidatos ao governo “juram de pé juntos” que a população irá participar do processo de seleção e escolha dos administradores regionais, alguns sugerem até lista tríplice, mas no final, a escolha é feita exclusivamente por parlamentares e partidos. As listas servem apenas para “movimentar” as pessoas nas cidades. Este ano a escolha demorou e gerou grandes insatisfações.

As surpresas foram escolhas semelhantes a do governo anterior e com várias cidades sendo entregues a pessoas que fizeram campanha para o adversário no segundo turno. A máxima: “quem ajuda a eleger, ajuda a governar” não valeu. Causou indignação na maioria das cidades que realizaram o processo  de consulta para a formação de lista tríplices as quais foram completamente ignoradas e enterradas pelo atual governo. As cidades que demonstraram maiores insatisfações foram Riacho Fundo, Núcleo Bandeirante, Samambaia e Ceilândia. Muitas delas já organizam protestos!

images

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou nesta terça-feira (20) os nomes dos responsáveis pelas administrações regionais do Distrito Federal pelos próximos quatro anos. O Distrito Federal possui, atualmente, 31 regiões administrativas e o novo governo escolheu 23 administradores para gerenciar as cidades, oito a menos do que a gestão anterior, segundo o governador uma forma de economizar.

Confira a lista:

Estrutural – Evanildo da Silva Macedo Santos

Vicente Pires – Maria Celeste Rego Liporoni

Planaltina – Dinalva Cantallopes Sastre Ferreira

Riacho Fundo I – Irany Domingos Gomes

Recanto das Emas – Fábio Viana Ávila

Lago Norte e Varjão – Marcos Woortman

Gama – Maria Antônia

Santa Maria – Neri do Brasil

São Sebastião – Jean Duarte de Carvalho

Brazlândia – André Luis Queiroz Rosa

Samambaia – Claudeci Xavier de Miranda

Taguatinga – Ricardo Lustosa Jacobina

Sobradinho I – Divino de Oliveira Sales

Sobradinho II  e Fercal – Estevão Souza dos Reis

Riacho Fundo II – Francisco Vicemar Medeiros

Candangolândia, Park Way e Núcleo Bandeirante – Roosvelt Vilela Pires

Águas Clara – Patrícia Veiga Fleury de Matos

Guará e SIA – Edberto Silva

Paranoá e Itapoã – Eduardo Rodrigues

Brasília – Igor Tokarski

Sudoeste, Octogonal e Cruzeiro – Paulo Feitosa

Lago Sul e Jardim Botânico – Aldemir Chaves Paraguassu

Ceilândia – Renato Santana

Ceilândia Norte: Vilson de Oliveira

Por: Aderivaldo Cardoso

Deixe um comentário

Arquivado em polícia militar, Política

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s