Um cidade limpa é um cidade que suja pouco

Ceilândia é uma das cidades mais perigosas e violentas do DF, não é atoa que também é uma das mais sujas. É comum encontrar lixões nos becos e campos de futebol espalhados pela cidade. Carroceiros e velhos caminhões contribuem com a “movimentação do lixo”. É comum retirarem o lixo de uma quadra e jogarem em outra. Em um beco da QNN 27 em seis meses o lixo foi retirado mais de oito vezes pela administração, mas a própria população e carroceiros teimam em sujar a cidade!

10923578_934661049877239_9215023489604398959_n

Na última semana o governo iniciou uma operação de limpeza na cidade. Algo salutar para resolver vários problemas, desde saúde, limpeza urbana e até de segurança. A teoria das janelas quebradas nos ensina que a sensação de abandono tende a aumentar o abandono. Percebe-se que na cidade de Ceilândia é algo cultural. Os moradores acham normal queimar o lixo em algumas áreas. Nós precisamos mudar a cultura de que a coisa pública não pertence a ninguém. A coisa pública pertence a todos. E por isso precisa ser cuidada por todos. Vejamos o mesmo local após a operação:

10919040_934661073210570_8855777055710154348_n

Um cidade limpa é um cidade que suja pouco. Se o governo está fazendo sua parte e a população não respeita é hora de fiscalização, conscientização e multa. O Estado precisa restabelecer a ordem na cidade. Queremos morar em uma cidade limpa e segura. Ceilândia carece de atenção. E nós também!

Por: Aderivaldo Cardoso

Deixe um comentário

Arquivado em polícia militar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s