Chama a polícia: Quarto posto policial incendiado no mês de dezembro!

Um Posto Comunitário da Polícia Militar foi incendiado na madrugada desta segunda-feira (22), em São Sebastião. A estrutura ficou completamente destruída. Esse foi o 4º ataque a Posto Policial só no mês de dezembro, sendo um, também, em São Sebastião, em Samambaia e no Guará II. A Delegacia de Polícia da região investiga o ataque.

Quatro só nesse mês

Na noite do último domingo (14), um Posto Comunitário da PM, localizado na QE 40 do Guará II, foi incendiado. De acordo com testemunhas, o proprietário de uma lanchonete que fica em frente ao posto tentou, sem sucesso, conter as chamas com um extintor de incêndio. Logo depois, o Corpo de Bombeiros chegou ao local e conseguiu apagar o fogo. No entanto, a estrutura do posto ficou completamente destruída.

Um dia depois, na segunda-feira (15), a Polícia Civil prendeu o rapaz, de 18 anos, acusado de ser o mandante de provocar o incêndio.

O segundo caso foi uma tentativa de incêndio frutrada a um Posto Comunitário, localizado em São Sebastião. Segundo a PM, o fogo logo foi apagado e ninguém ficou ferido. O caso foi encaminhado para a 30ª Delegacia de Polícia, onde estão investigando os envolvidos no crime.

Menos de um dia após a tentativa de incêndio ao Posto Comunitário da Polícia Militar, em São Sebastião, meliantes voltaram a agir. Na madrugada da última sexta-feira (19), quatro suspeitos tentaram incendiar um posto, localizado na QR 831, em Samambaia. No entanto, logo as chamas foram controladas. De acordo com a Polícia Militar, o maior prejuízo foram algumas janelas quebradas.

Segundo testemunhas, que não quiseram se identificar, o crime teria sido praticado em represália a prisão de um traficante. A delegacia da região investiga o crime.

Mais de um posto por mês

De acordo com a Polícia Militar, esse foi o 14º Posto Comunitário incendiado desde fevereiro deste ano. O primeiro foi em Planaltina, em fevereiro. Logo depois, em março, os postos das cidades de Itapoã, Paranoá e Santa Maria foram atacados. Seguidos por Guará e Sobradinho, em Abril e Estrutural, em maio. Em outubro três casos foram registrados: dois no Gama e dois em São Sebastião e o último em Samambaia.

Tentativa de incêndio em posto, em São Sebastião

Posto completamente destruído após incêncio no Guará II

Fonte: Da redação do Jornal de Brasília
Ponto de vista:
 
Aqui no blog já fizemos várias postagens sobre o tema. Em meu livro: Policiamento Inteligente – Uma análise dos Postos Comunitários de Segurança (2009/2011), pág. 82, resultado da pesquisa realizada em 2008 para o curso de pós-graduação do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília, relatamos a preocupação com tais ataques.
“Neste estudo, percebe-se uma preocupação excessiva dos policiais com sua própria segurança, nota-se a existência de ameaças que reforçam essa preocupação. Esse fato dificulta a saída do policial para atendimento de ocorrências. Os obstáculos e problemas encontrados na estrutura dos postos são:
1) Falta de viaturas disponíveis para os postos;
2) Falta de rádios ou mau funcionamento;
3) Falta de telefone;
4) Falta de pontos de acesso a internet;
5) Falta de computadores;
6) Falta de água para consumo dos policiais;
7) Falta de material de limpeza;
8) Falta de segurança nos postos – eles são frágeis, inflamáveis e não oferecem segurança ao policial – alguns já foram alvos de disparo.”
Na pág. 71 existe outro alerta que não foi levado em consideração pela corporação: “Os atuais postos são feitos de material plástico, que pode ser realocado facilmente, caso necessário, também é frágil para levar tiros e facilmente inflamável, prova disso foi o incêndio ocorrido na cidade o Guará. Essa fragilidade faz com que os policiais sintam desprotegidos, além disso, outro receio é o medo constante de pichações e punições disciplinares em decorrência disso.
IMG-20140101-WA0016

Deixe um comentário

Arquivado em polícia militar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s