Protesto inteligente é na urna

E o pessoal volta feliz para suas casas, esquecido dos problemas, da falta de leitos nos hospitais (e de médicos), das vias esburacadas, das escolas sem carteiras decentes e alimentação deficiente, dos ônibus lotados, do preço da gasolina, dos desvios de verbas, dos políticos corruptos. Aliás, que políticos? Quais os nomes deles mesmo?

1512403_816431805034596_5519346164736191407_n

Bom, a copa foi feita pra isso. Logo logo tem o big brother, depois o Brasileirão e por aí vai. Viva o país do futebol. Enquanto isso em Ceilândia, manifestantes (segundo informações passadas pelos zaps zaps) incendeiam veículos de quem não tem nada a ver com nada. Poderia ser o meu carro, ou o seu. Vai entender.

10296960_810196148993440_5943818650900770536_n

Protesto em Taguatinga causou tumulto no trânsito e detenções de manifestantes

Passeata tenta impedir o trânsito em Taguatinga (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Passeata tenta impedir o trânsito em Taguatinga

Manifestantes causaram tumultos nesta quinta-feira (12) em Brasília. No início da tarde, um grupo se reuniu em frente à Praça do Relógio, com faixas e cartazes que pediam um investimento maior do dinheiro público em áreas como saúde, educação e segurança. O protesto gerou confusão ao furar um bloqueio da Polícia Militar e complicou o trânsito no Pistão Norte.

O manifesto, que foi organizado por integrantes do Comitê Popular da Copa, seguiu em direção ao Fan Fest. A PM informou que os participantes não poderiam passar da quadra C1 (a 300 metros da Praça do Relógio), onde uma tropa de choque e a cavalaria foram posicionadas para evitar a passagem dos manifestantes ao Taguaparque. O trânsito ficou totalmente congestionado no Pistão Norte e alguns motoristas subiram nos canteiros.

Homem é detido pela polícia durante protesto  (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Homem é detido pela polícia durante protesto

Quando tentaram furar o bloqueio, a um quilômetro do FanFest, os manifestantes foram impedidos pela polícia. Um deles foi preso por desacato após agredir um policial. A PM utilizou spray de pimenta para conter os participantes, que acabaram caindo durante o tumulto. O grupo retornou à Praça do Relógio e tentou pular as catracas do metrô, mas a PM agiu rápido e evitou a ação. Após um momento de confusão, os manifestantes compraram os bilhetes e seguiram. De acordo com a PM, 90 pessoas participam do protesto, mas os organizadores estimam 200 participantes. Até o fim do conflito, duas pessoas foram presas em Taguatinga.

Algumas pessoas pulam as catracas de acesso ao Metrô (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Algumas pessoas pulam as catracas de acesso ao Metrô

Outro protesto na Rodoviária do Plano Piloto, no centro da capital, envolveu um grupo de sindicalistas ligados à Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativo em Instituição de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra). Os manifestantes fizeram um ato por melhoria na educação. O grupo se reuniu no fim do expediente dos orgãos públicos, que funcionaram até 12h, para que os funcionários pudessem assitir ao jogo de abertura entre Brasil e Croácia. A manifestação foi pacífica, sem conflitos com policiais.

Com informações de Saulo Araújo e Fabiano Souza de Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Reflexão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s