A autofagia na PM – Perseguições e abuso de autoridade

A partir de hoje voltarei a utilizar o blog como meu “querido diário”. Irei esclarecer alguns pontos, principalmente o por que da perseguição desde o início do governo Agnelo e de está indo para um conselho de disciplina por causa do nosso programa semanal, intitulado “Entre Blogs”. O vídeo que nos levou ao conselho de disciplina foi aquele gravado em frente ao outdoor censurado pelo atual governo em samambaia.

1184829_589114831176868_1608390561_n

Durante a campanha para o governo dei ao atual governador 10 (dez)livros intitulados: Policiamento Inteligente: Uma análise dos postos comunitários no DF, na igreja Ministério da Fé em Taguatinga. Ele gostou do nome e se apropriou dele, pois fez sua campanha toda em cima do “policiamento inteligente”.

capa do livro

Após a vitória um “interlocutor” da secretaria de segurança pública me ligou pedindo tudo que eu tinhevesse sobre o assunto. Informei que tudo estava no blog e no livro e que poderiam ler os mais de mil artigos, escritos por mim, que saberiam o que é. Acharam apenas um “link” fora do que eu escrevo que fala da divisão de áreas, semelhante ao que ocorre em Pernambuco, no governo Eduardo Campos, e resolveram criar o “Ação pela Vida”, imitação do “Governo em Ação” do governo Garotinho no Rio de Janeiro que também trabalhava com as áreas integradas. Foi a primeira vez que desagradei alguns.

aisp

Após isso fui convidado para trabalhar na CLDF, meu ofício foi enviado em fevereiro de 2011, mas foi “engavetado” na Secretaria Geral, onde tentei vários contatos, após furar o bloqueio do Secretário Geral à época tive que passar pelo então chefe do DPM, aonde cheguei até fazer requerimento onde citei o  que estava acontecendo e publiquei no blog. Depois de muita luta e perseguições internas consegui a liberação somente no dia 27 de novembro de 2011. Nessa época eu atuava como Instrutor de Chefia e liderança no CNP.

Foto0021Passei um período na coordenação de polícia legislativa, até começar aproximar as definições e os prazos de filiações aos partidos. Onde começaram as perseguições e pressões para eu me filiar ao PV – Partido Verde e para apoiar o governador do PT, queriam uma definição logo, pois eu já vinha fazendo postagens criticando alguns pontos do atual governo. Cheguei a fazer um texto falando sobre a necessidade de mudanças na cúpula da segurança pública e recebi uma ligação do próprio comandante geral à época pedindo esclarecimentos. Ele queria saber se eu estava querendo a saída dele. Para mostrar que o comandante não era nosso problema fiz o texto: “Nosso problema não é o comando, nosso problema é outro.” Até ai tudo bem…

escravo 1

As perseguições aumentaram quando fiz alguns textos sobre compras na PM, dentre eles sobre patinetes, sobre capas de chuva, sobre óculos com câmeras, dentre outros, para piorar  a situação escrevi sobre o “verdadeiro RPMon”, esse texto deixou vários oficiais indignados comigo,  e depois que postei um vídeo que satirizava algumas coisas do governo, a sátira era um vídeo do Hitler, cujo título foi: “o desabafo de um cabo”. Amigos me mandaram e pediram para eu postar, atendi ao pedido. Nesse mesmo dia, dez minutos após postar o vídeo, recebi uma ligação do próprio Chefe da  Casa Militar mandando eu pedir exoneração e dizendo para eu  “não esticar a corda” que seria pior para mim. Até estranhei a ligação, mas informei que o cargo era de livre exoneração e livre nomeação e que só existia critérios legais para minha liberação da PM, e que não voltaria, mas que mesmo assim ele poderia fazer um documento me pedindo de volta, o que fora feito e prova o que estou falando. Retornei para a PM.

1898035_10152006129408634_1232165952_n

No mesmo dia que estava a caminho da Casa Militar para me apresentar de volta a PM, recebi uma ligação de um capitão informando que uma sindicância que já havia sido encerrada, onde fiz um comentário no facebook e uso o termo “coroné”, uma referência regionalista, parte de um poema que havia escrito anos antes chamado “o escravo e o coroné”, foi reaberta. Nesse mesmo dia fiz um texto chamado “o caminho da corrupção no DF”. Texto que desagradou um deputado, um secretário e vários do grupo dele.

image

A ira de alguns aumentou quando escrevi sobre o aluguel de jatinho e um Hangar para atender o governo e também sempre que postava sobre a “operação tartaruga”. Não faço parte de associações na PM, nem subi em trio elétrico, mas nossas opiniões tornaram-se incômodas para o Governo.  Sempre falei aquilo que acho coerente, aquilo que acredito. Até o dia que abriram uma sindicância e um IPM, onde ficou claro que o blog e o facebook estava sendo monitorado. E que mesmo assim não estavam achando elementos para me “pegar”. O ponto que achei estranho no IPM é que haviam mais declarações retiradas do Blog do Jabá e creditadas a mim do que do próprio blog policiamento inteligente e do meu facebook.

image

Nesse período comecei a receber recados para ficar calado e que tudo daria certo no Conselho, mas sempre mantive minhas postagens, mesmo com receio de represálias, afinal conselho de disciplina e “roleta russa”, além disso, te deixa desarmado e já recebi ameaças no passado. Após isso, houve uma aproximação de partidos da base do Governo tentando me convencer a sair candidato e apoiar o atual governo. Como alguns companheiros farão. Não disse a eles nem que sim e nem que não. No IPM tive até ajuda de dois advogados de um partido, a quem muito agradeço.

10168487_639074312826341_426236567_n

Após minhas últimas postagens onde tenho colocado informações sobre candidatos que hoje podem ameaçar o atual governo voltei a sofrer pressões.  Como minha vida sempre foi um “blog aberto” estou compartilhando com os amigos no meu querido diário! Em breve darei maiores esclarecimentos! Orem por mim!

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Reflexão

4 Respostas para “A autofagia na PM – Perseguições e abuso de autoridade

  1. Sgt Tainha

    Guerreiro, não sou ingênuo a ponto de achar que tem politico brasileiro honesto e bem intencionado. Mas, independente disso, temos que tirar os PeTralhas do poder. Além de serem mais corruptos que os outros, eles sao incompetentes e autoritários. Estamos caminhando num ritmo acelerado rumo a venezuelizaçao !

    Curtir

  2. Lincoln Luis dos Santos

    entendo perfeitamente o que é persequição… fui punido certa vez por mascar chicletes, outra vez por faltar em um jogo de futebol (que o oficial chamava de educação fisica) sem ter a menor idéia de que este jogo aconteceria, não sabia o horário nem o local… não sabia nada, não fui avisado e ainda fui punido. fui punido ainda por ameaça velada (nem sei como se ameaça alguem veladamente… enfim, fui punido de muitas formas… e todas elas me levaram para o comportamento mau. Depois só bastou “mulekes” me acusarem de uma coisa que eu não fiz e fui para o conselho de disciplina. Fui inocentado pela acusação, mas expulso por estar no comportameno mau… por causa de todas aquelas punições ilegais.
    ainda hoje sou perseguido…com multas de transito, abordagens brutas e mau-educadas… olha aderivaldo, continue seu trabalho irmão, não desista por causa de homens que se acham fortes e corajosos por causa de seu cargos, mas na verdade são fracos e covardes como pessoas… te deixo uma frase que tenho carregado comigo: “Mil cairão ao seu lado e dez mil a sua direita mas tú não será atingido” … abraço.

    Curtir

  3. Pingback: Tenho estado ausente da luta diária, mas é por uma boa causa | Aderivaldo Cardoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s