Greve de policiais em Alagoas – eles tinham foco: equiparação com a polícia civil

 Após mais de quatro horas reunidos em assembleia, os militares decidiram, por unanimidade, encerrar a Operação Padrão, desencadeada no dia 17 de dezembro. Bombeiros e policiais se reuniram para analisar a proposta de reajuste oferecida ontem pelo Governo do Estado, após longa negociação.
Segundo representantes dos militares, a tropa aceitou o realinhamento de todas as faixas salariais, exceto os soldados, que terão apenas uma faixa, com a garantia do repasse para os salários de R$ 2,8 milhões. O governador garantiu disponibilizar mais R$ 14 milhões para uma nova tabela de escalonamento, sendo R$ 6 milhões em 2014, e mais R$ 8 milhões até março de 2015.
Em entrevista ao Alagoas24Horas, o major Fragoso, presidente da Assomal, disse que os militares aguardam ainda a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público, a PM e o Governo do Estado para o início, na próxima segunda-feira, 30, do curso de direção especial para condutores de viaturas.
Questionado sobre a razão pela qual os militares não aceitaram a proposta ontem, após reunião com o governador, Fragoso se limitou a dizer que somente hoje tiveram tempo de explicar e discutir.
Os militares voltam ao trabalho imediatamente, inclusive com o uso de viaturas.
Resumo de ganhos
O coronel Ivon Berto, um dos líderes do movimento, disse em entrevista, que o acordo com o Governo é um presente histórico para os militares, no que diz respeito ao resgate da valorização profissional e dignidade dos profissionais da Segurança Pública.
“Estamos dando fim a Operação Padrão porque fomos atendidos em nossas reivindicações. As viaturas já estão saindo às ruas. Um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) será firmado entre Ministério Público, Polícia Militar e governo do estado para que se inicie o curso de capacitação dos motoristas já na próxima segunda-feira (30)”, afirmou o coronel Ivon Berto.
De acordo com a categoria, o salário será reajustado imediatamente em 10%. Para alcançar a equiparação salarial ao provento recebido pela Polícia Civil, haverá ainda um reajuste de 6% (IPCA que seria incorporado em janeiro) + 22% (referente à Data Base da categoria). Este último, porém, será parcelado e pago a partir de fevereiro de 2014 até março de 2015.

Dentre as conquistas da categoria, o coronel destacou a aprovação do Projeto de Lei que versa sobre a criação do serviço voluntário remunerado da Polícia Militar; o repasse de recursos para compra de uniformes; pagamento de um valor pecuniário para cobrir os gastos com alimentação, durante o horário de trabalho; aumento do custeio da PM e Corpo de Bombeiros; entrega de novas viaturas; compra de equipamentos como coletes e pistolas .40; além da aquisição de viaturas 4×4.

AL - PM - Tabela salarial

Da Redação 
Izabelle Targino/Alagoas 24 Horas/Arquivo
Outro Estado que está avançando:
1513207_555232001235824_1411548675_n
Fonte: Rede Democrática PM/BM
Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Reflexão

2 Respostas para “Greve de policiais em Alagoas – eles tinham foco: equiparação com a polícia civil

  1. FILIPPI

    Nos EUA, temos uma expressão: você recebe pelo que paga. Se você não paga para ter policiais educados, motivados e honestos, você terá policiais sem educação, desmotivados e desonestos. Em Nova York, (Rudolph) Giuliani, e em Los Angeles, (Antonio) Villaraigosa, esses prefeitos entenderam a importância de aumentar a força policial, de investir em pagamento, equipamento e tecnologia. Agora que seu país está emergindo como potência econômica, tem mais riqueza do que tinha, assim como o Rio de Janeiro se prepara para a Olimpíada, precisa considerar investir bem mais dinheiro e recursos em segurança pública. Em uma democracia, a primeira obrigação de um governo é garantir a segurança pública.

    William Bratton

    Curtir

  2. ST Martins

    REALMENTE NÃO PUDE DEIXAR DE OBSERVAR QUE APESAR DE PRAÇAS E OFICIAIS TEREM LUTADO JUNTOS, FATO PRATICAMENTE IMPOSSÍVEL NO DF, A DIFERENÇA SALARIAL ENTRE AS PATENTES SÃO MAIORES QUE NO DF. COMO SEMPRE OS OFICIAIS SE APROVEITAM DO MOVIMENTO DAS PRAÇAS PARA SATISFAZER SUAS AMBIÇÕES.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s