O Brasil está preparado para receber a Copa do Mundo?

Vídeos mostram barbáries cometidas em jogo de Atlético-PR e Vasco deste domingo

Muitos vão culpar a Policia Militar pelo fato lamentável no jogo Vasco e Atlético. Mas uma coisa que muitos não sabem é que jogos de futebol são eventos particulares, e a PM não deveria fazer segurança em eventos privados, ao não ser que seja no lado externo que se trata de área pública. A tática de usar policiais dentro de estádios é antiga e inconstitucional! Lei é lei! Bom momento para se discutir o real papel da policia que por vezes é usada de forma irregular e fora da lei! Parabéns ao Ministério Público que proibiu a PM de atuar no Estádio! Que todas as Polícias do Brasil possam seguir o exemplo deixando a segurança interna a cargo dos responsáveis pelos jogos. A falta de segurança privada no evento abaixo deve ser de inteira responsabilidade dos organizadores. O Brasil precisa mudar sua cultura urgentemente!

Imagem: Reprodução
As torcidas de Vasco e Atlético-PR protagonizaram cenas chocantes de violência na arquibancada da Arena Joinville na partida deste domingo. O policiamento não foi suficiente para conter a confusão e as torcidas entraram em choque durante aproximadamente 10 minutos, fazendo com que a partida fosse interrompida aos 17 minutos do primeiro tempo. A bola voltou a rolar uma hora depois. Três torcedores identificados como Estevão Viana, William Batista e Diogo da Costa foram levados ao hospital e estão em estado grave.

 
“Infelizmente a gente tem que continuar. A gente estava tentando tirar os torcedores do Atlético. Estávamos vendo o rapaz deitado, tomando chute, levando golpe de madeira. É um ser humano. Isso precisa parar. A gente pedia para eles pararem, e eles não nos escutavam”, lamentou o zagueiro Luis Alberto.
Desesperados, alguns torcedores pularam para dentro do campo para fugir da confusão. Os jogadores chegaram a pedir para que a briga parasse, mas isso só aconteceu com intervenção da polícia com tiros de bala de borracha.
“Triste esses confrontos, não tenho palavras. Deu para ver uma pessoa no chão, não sei o que aconteceu. Mais um desastre no nosso futebol brasileiro. Ano de Copa do Mundo, ano em que o Brasil vai ser visto para o mundo todo. É difícil. É difícil pensar em tirar o time do rebaixamento e espero que não tenha acontecido o pior. Por isso que a gente vem tentando criar esse Bom Senso. A gente quer organizar um pouco mais”, disse Wendel.
Segundo Adílson Moreira, comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar de Joinville, a responsabilidade da PM era garantir a segurança somente no entorno do estádio e não na parte de dentro:
“É um evento privado, e a segurança era de responsabilidade de uma empresa privada contratada pelo Atlético-PR. Tudo vai ser analisado em razão das imagens. A Polícia Militar tinha que fazer o policiamento na parte externa do estádio, como está fazendo”, defendeu.
Yahoo Esportes
1486822_509145429198884_1588385912_n
Sugiro o artigo:

Segurança em estádios é responsabilidade de instituições privadas

Por Pedro Benedito Maciel Neto e Caio Carmona Maciel

“Sempre me pergunto por que o Estado, através da Policia Militar, tem de cuidar da segurança nos estádios de futebol? Lembrando que ao cuidar da segurança, é objetivamente responsável pelos danos e prejuízos causados aos torcedores. Pergunto isso porque os jogos de futebol não são eventos públicos e não acontecem em bem de uso comum do povo, ao contrário, na maioria das vezes, os estádios são bens particulares, e se é assim, por que a sociedade tem de privar-se de segurança e pagar pela segurança nos estádios?”

Leia na íntegra: http://oab-ba.jusbrasil.com.br/noticias/1053192/seguranca-em-estadios-e-responsabilidade-de-instituicoes-privadas

MP “dispensou” Polícia Militar dentro da Arena Joinville -Segurança da partida é feita apenas por 100 profissionais particulares

Um entendimento do Ministério Público de Santa Catarina determinou que Polícia Militar fizesse apenas o patrulhamento externo da partida entre Atlético e Vasco, em Joinville. A segurança é feita por apenas 100 profissionais particulares. Pelo acordo,  a PM só poderia intervir em situações de risco, o que acabou acontecendo.

O  presidente da Felej (Fundação Municipal de Esportes Lazer e Eventos de Joinville), Fernando Krelling, responsável pela administração da Arena Joinville, já tinha demonstrado preocupação. “A ação do MP é contra a Felej, prefeitura, Joinville Esporte Clube e Polícia Militar. É algo recente, mas que impede a PM de atuar na parte interna do estádio. Eles vão patrulhar as imediações e garantir a segurança da arbitragem. O restante será feito pelos seguranças particulares contratados junto ao Atlético-PR, que alugou o espaço para mandar a partida”, explicou Kreeling ao UOL Esporte,

A situação preocupa as autoridades por conta da possibilidade de violência entre as torcidas e revolta por possíveis resultados finais. O duelo de domingo pode determinar o rebaixamento do Vasco, assim como a ausência do Atlético-PR na Copa Libertadores de 2014.

“É um jogo de risco nesses padrões. Temos a partida mais importante dos dois clubes no ano. Sabemos que o pós-jogo é bastante preocupante. Mas a Polícia Militar assegurou que tem carta branca para interferir também na parte interna caso tenha necessidade”, encerrou Kreeling, em entrevista ao Uol.

O Atlético-PR alugou a Arena Joinville por R$ 25.200 ao perder o mando de campo na competição nacional. O estádio costuma ser utilizado pelo Joinville. Sua manutenção custa em torno de R$ 50 mil mensais para a prefeitura da cidade.

Fonte: http://www.bemparana.com.br/noticia/293081/mp-dispensou-policia-militar-dentro-da-arena-joinville

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Religião

Uma resposta para “O Brasil está preparado para receber a Copa do Mundo?

  1. W. Santos

    Caro Aderivaldo, a resposta para o questionamento é simples: NÃO!
    Vivemos em uma autêntica “república das bananas”, onde homens públicos são venais e sequer sustentam o que dizem (vide Ministério Público de Santa Catarina).
    Outro exemplo peculiar é encontrado na capital de nosso “amado” país. Líderes prometem mil maravilhas: milhões de virgens no paraíso, vales onde jorram leite e mel, tesouros mil…
    Mas quando chegamos à terra prometida somos recepcionados pelo “anjo de luz” chamado Vilmar Lacerda. Somente aí nos damos conta que as doces palavras entoadas por Judas (CLDF) e Herodes (GDF) se perderam ao vento.
    Infelizmente, estamos nas entranhas da Divina Comédia (DANTE ALIGHIERI)!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s