É hora de mudança na cúpula da segurança pública!

Quando a autoridade perde a legitimidade é igual técnico de futebol, precisa ser substituído. Quatro coisas andam juntas: poder, autoridade, legitimidade e confiança. Perdeu uma delas, o resto é consequência!

Policial militar desafia: “se a Policia Militar não for contemplada como os outros órgãos da segurança pública, o troco vem na Copa do Mundo”. (Assista o vídeo acima). O mesmo policial avisa: “a Operação Tartaruga vai continuar.”

Sandro Avelar teve que ouvir calado os protestos de um policial militar durante um café realizado hoje pela manhã. …

Foi constrangedor o clima hostil presenciado nesta quinta (5), em um quartel da Policia Militar do Distrito Federal.

O secretário de Segurança de Pública do Distrito Federal ouviu calado poucas e boas. Sandro, visivelmente constrangido, recebeu do policial militar uma determinação, levar um recado ao governador Agnelo Queiroz. “Se a Policia Militar não for contemplada como os outros órgãos da segurança pública, o troco vem na Copa do Mundo”. Finalizou.

O policial representando seus colegas de polícia destilou a sua indignação e na  mensagem avisa ao secretário que gostaria que “fosse ele que tivesse aqui …na época de pedir voto ele veio aqui….,” se referindo a Agnelo.

No final, o policial foi bastante aplaudido pelos presentes. Para Sandro Avelar, que é delegado da Policia Federal, foi constrangedor.

Ao blog o secretario disse. “Acho normal a cobrança, fui representante classista, temos que ouvir e tentar resolver”.

Fonte: Edson Sombra / Redação – 05/12/2013: http://www.edsonsombra.com.br/post/sandro-avelar-virou-menino-de-recado

PM no Brasil - Escravos

Defendemos a desmilitarização cultural, ou seja, o fim das aberrações dentro do sistema de segurança pública, com a inserção de fato das polícias no ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. Qual o motivo para punir um policial que em uma “AUDIÊNCIA PÚBLICA”, fala a um secretário o que todos nós gostaríamos de dizer? Temos que acabar com as perseguições por causa de OPINIÃO. A constituição garante a LIVRE MANIFESTAÇÃO DO PENSAMENTO! Parabéns para o Secretário  de Segurança e ao Comandante do 11º BPM que tiveram a honradez de se posicionar como alguém que sabe o que é uma democracia.

Casa Militar quer que policial insatisfeito seja punido

17:45:51

O tenente coronel Giuliano Costa de Oliveira comandante do 11º batalhão da Polícia Militar, localizado na Samambaia Norte, está sofrendo pressões da Casa Militar, desde que postamos o vídeo onde o sargento Gilson Maranhão, na manhã de hoje, expõe o quadro de insatisfação que vive a corporação. A denuncia é de um soldado que serve naquela unidade militar.

  O desabafo do sargento, se deu diante de uma plateia composta de praças, oficiais, cidadãos da comunidade e o secretario de Segurança Pública. …

 A mesma fonte da denuncia, informou que, “o chefe da Casa Militar do Distrito Federal, Rogerio Leão ao telefone, pediu ao comandante do batalhão a  abertura de um IPM, ele quer punir o nosso colega, que com franqueza, traduziu para o sr. secretário de segurança pública, a insatisfação vivida pela tropa com um governo que não cumpre com suas promessas. Mas quando o episódio envolve um coronel, que mentiu para toda a corporação e até mesmo para o governador, abrem uma sindicância. Nos poupem, deviam tomar vergonha na cara.” E concluiu, “deixem o nosso colega trabalhar, é muito melhor e menos desgastante para todos.”

 Em contato com o blog, Sandro Avelar confirmou que a visita teve esse propósito, ouvir, sentir a tropa e também falar. “Não houve constrangimento. Eu fui lá pra conversar, deixei isso muito claro. Falei e ouvi em igual medida. Não houve desrespeito do sgt. Gilmar, ele foi franco, eu também fui. O objetivo era esse, todos os que estavam lá sabem disso.” Finalizou o secretario de Segurança Pública do DF.

A mesma fonte revelou ainda ao blog que o coronel Giuliano, comandante do batalhão, teve uma ácida discussão com o chefe da Casa Militar. Quem estava presente na hora do telefonema, disse ao blog que o coronel Giuliano respondeu ao coronel Leão: “não vejo motivo para punir o meu policial e não o punirei”.

 E pensar que tudo isso se deu em um café da manhã, nos faz lembrar uma frase de Eduardo Costa, “A vida é como café sem açúcar, cada um adoça ao seu gosto… mas ainda há quem prefira amargo.”

 Fonte: Redação/Edson Sombra – 05/12/2013

1452407_514052668701905_615850853_n

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em desmilitarização das polícias

7 Respostas para “É hora de mudança na cúpula da segurança pública!

  1. FILIPPI

    Talvez eu esteja errado, mas tal pedido feito ao Cel Giuliano para abertura de IPM por causa de um desabafo feito ao Secretário de Segurança, que saiu de seu gabinete foi no intuito de ouvir os Policiais para entender o que realmente está acontecendo na PMDF, parece que teve o objetivo de colocar todo o efetivo da PMDF CONTRA o Secretário e ainda queimar o CMT do Batalhão. Se eu estiver errado me corrijam.

    Curtir

  2. Vindo de onde veio o pedido,tudo é possível.

    Punir por falar a verdade!! Só o câncer do militarismo,sistema covarde,proporciona isso. Será que os que falaram mentiras também serão punidos e serão cutucados com vara curta,como foi o sargento ???? Com a palavra o TC Leão.

    Curtir

  3. É isso ae SGT Gilson Maranhão !!!! O tempo da senzala tá acabando…esse governo pensa que pode simplesmente varrer 20.000 homens pra debaixo do tapete, mas desta vez NÃO !!!! Sozinhos nossa voz nem pode ser notada, mas juntos…ela soa como um trovão. A devida resposta para todo este desprezo de um governo mentiroso que simplesmente finge que nós não existimos está com os seus dias contados….nossa resposta será dada na Copa e nas eleições de 2014, caso ele não cumpra as 13 promesas.
    A partir do momento que eles se derem conta que somos nós que zelamos pelo sono e pela vida destes cidadãos que vivem de mentiras e enganções pra chegarem ao poder…eles com certeza nos respeitarão e atenderão os nossos direitos.

    Curtir

  4. Claudio

    Desculpem-me a intromissão, mas a competência para se determinar abertura de IPM, aí no DF, não é do Cmt G ???

    Curtir

  5. Constrangimento é o que toda a corporação passa cada vez que uma instituição é beneficiada com o atendimento de seus anseios, como ocorreu agora com os novos auditores de trânsito do Detran, com os técnicos penitenciários e outras carreiras que o GDF insiste em privilegiar em detrimento da Policia e dos Bombeiros Militares do DF. Isto sim é constrangimento, uma corporação ser punida por conta do efetivo elevado? Esta desculpa nada mais é do que deixar claro incompetência, má vontade, péssima administração. Os professores do DF são em número bem maior e no entanto foram atendidos prontamente nos últimos anos. Qual é a razão destas duas corporações serem as mais achincalhadas da Secretaria de Segurança Pública?
    E quanto ao desabafo do sargento de Samambaia, ele representou em suas frases mais de 15 mil pessoas cansadas de tanto descaso e politicalha. A intenção em abrir um IPM não é para ouvir os policiais e saber dos seus descontentamentos, porque isto o senhor Avelar está quase careca em saber. Alguns administradores da briosa que são contra a evolução e o melhoramento da instituição “erga omnes” estão receosos de que todos resolvam desabafar como o sargento e a imprensa resolva mostrar todos os dias uma lamúria. É uma pena que a cúpula da PMDF represente o governador e não a sua tropa, cansada, desmotivada, e hostilizada.
    Que desabafem, pois a Constituição Federal garante a todos que se expressem. Vamos criar uma campanha: DEIXA O POLÍCIA FALAR! e todos verão quanta amargura e rancor o policial que está nas ruas no dia a dia carrega consigo. Desde a traição atômica do falecido cabo Patrício até os desencontros e trapalhadas dos que tentam nos representar e não seguram o rojão, passando pela falácia eleitoreira e descarada do então candidato ao Buriti, Agnelo Queiróz, tudo transforma o policial e o bombeiro que estão diariamente no trato com a sociedade em verdadeiras bombas humanas de desgosto. Acham que a tropa esqueceu uma gratificação por risco à vida parcelada em 05 anos? Quantos não ficaram pelo caminho antes de ver totalizado o valor que para outros servidores foi pago integral?
    Infelizmente, neste momento conturbado, ao invés do Hino Nacional, os policias e bombeiros militares devem cantar outra canção! CANTEMOS TODOS JUNTOS, ENTÃO!

    ” Nosso dia vai chegar
    Teremos nossa vez
    Não é pedir demais
    Quero justiça
    Quero trabalhar em paz
    Não é muito o que lhe peço
    Eu quero um trabalho honesto
    Em vez de escravidão”

    Curtir

  6. Preciso de $$$$$$$

    Muito boa imagem.
    Aposto no pintinho amarelinho de briga.
    Ele mata esse “urubu” ou o gavião nem que seja engasgado.

    huehuehuehuehue!

    Isso aí SGT! Vamos engasgar esse gavião!

    Curtir

  7. a final de contas, o secretario de segurança é subordinado ao chefe da casa militar? se o secretario nao se sentiu constrangido e nem desrespeitado, porque o pedido de puniçao? será que ele mesmo nao poderia determinar a abertura do ipm? estou com duvidas…………..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s