Ricardo Balestreri questiona atual cenário da segurança pública

Confira abaixo o pronunciamento de Ricardo  Balestreri, no 10º ENERP. O especialista em Segurança Pública fala sobre a Polícia e o Ciclo Completo. ‘As oligarquias e elites brasileiras não desejam uma polícia forte. Eles desejam uma polícia forte para baixo e fraca para cima. Se nós fizéssemos uma reforma de polícia no país, se nós profissionalizássemos a polícia e essa polícia fizesse passasse a estar fortemente inserida no cotidiano da população brasileira como uma hipótese de solução de um montante significativo de problemas, esta polícia seria simbolicamente forte e isso não interessa para a elite’, explica Balestreri.

Confira o pronunciamento completo no vídeo abaixo:

Fonte: http://www.sindipoldf.org.br/noticias/noticias/13168

Anúncios

1 comentário

Arquivado em desmilitarização das polícias

Uma resposta para “Ricardo Balestreri questiona atual cenário da segurança pública

  1. Eduardo

    Aprendendo com nossos pais;

    Fiquei impressionado com a exaltação de uma dezena ou mais de nossos “chefes” socializando, compartilhando com muito escárnio a “truculência” do aparelho policial do Brasil afora diante de “vândalos e baderneiros” no ocorrido do dia 07. Causa-me muita preocupação pessoas com cargo de chefia e liderança externar a carga sofrida pelos “fora da lei”, ademais com tom jocoso e sem piedade perante as imagens das redes sociais. Hoje o papel da polícia ostensiva e preventiva é ínfimo juridicamente no tocante a organização do estado, não se tem o chamado ciclo completo de polícia; restara-se apenas essa generalidade absoluta, ou seja, ao mesmo tempo em que se tem tudo, nada se restou. É a chamada competência restrita. Daí não há o direito à investigação e muito menos a autoridade para presidir o inquérito em se tratando da polícia ostensiva; nesse quesito nem mesmo os agentes da polícia investigativa, judiciária têm; papel restrito ao delegado de polícia apenas. Restou-se apenas o serviço braçal da segurança, carregar o pesado fardo… Portanto mesmo sabendo que não restara outra coisa a não ser o uso progressivo da força, jamais se pode exalar a violência; se os chefes que ensinam pensas assim, é natural que os aprendizes reproduzam e continuam assim perpetuando não apenas os sarcasmos, mas também a violência contra os civis deste país. A polarização com a imprensa será eterna se assim persistir a organização e a ação.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s