Viatura da PM capota na L2 Norte durante perseguição a suspeitos

Ontem por volta de 17h ocorreu mais um acidente com uma guarnição da Polícia Militar do DF. É muito triste cada vez que acontece algo assim. Conhecendo ou não o policial é como se fosse uma parte de nós, alguém de nossa família. A primeira pergunta é onde foi o acidente e os nomes dos colegas.

Ontem vivi isso. O acidente foi na área do Terceiro Batalhão de Polícia Militar, trabalhei lá por muito tempo. Os nomes não eram estranhos, a dúvida só veio em decorrência das graduações. Ao ver o nome “Ferreira” meu coração apertou, pois tenho um companheiro de pelotão muito querido naquele lugar. Liguei para o telefone dele algumas vezes e não atenderam. Fiz contatos com alguns amigos e veio a certeza. Iniciamos uma corrente de oração pelo facebook mesmo:

Senhor meu Deus e meu pai, neste momento apresento meu amigo em suas mãos. Sei que tu és o médico dos médicos, o senhor dos senhores. Que sua santas mãos possa guiar os médicos que irão tratá-lo. Proteja-o senhor de futuras sequelas. Ele sempre foi um policial dedicado, um bom amigo, uma pessoa equilibrada. Guarde-o de todo mal, como já o guardou em outras ocorrências. Pai, sou pequeno, imperfeito, mas peço do fundo do meu coração pela saúde de um amigo querido. Amém!

1173639_306891059452365_1523311960_n

Os feridos de ontem, são comprometidos, o SGT Ferreira, uma pessoa fantástica. Uma pessoa equilibrada, coerente e bom profissional, é esta a imagem que tenho dele.

Fico imaginando a cabeça dos companheiros neste momento, pois já capotei duas viaturas, ambas na altura da L2/L4 norte, mas graças a Deus sem maiores sequelas. Peço a Deus que dê forças a cada um deles, em especial o CB Anderson, que neste momento sente a dor física e a dor de ver o companheiro e comandante de guarnição ferido. Ao SGT Adriano Ferreira, meu companheiro de fileira de pelotão, eu era o 07 e ele o 09, minhas sinceras orações.

AA034249

Logo cedo liguei na unidade, cedo mesmo, por volta de seis horas da manhã e tive a notícia de que nosso amigo teve uma parte do braço (ANTE-BRAÇO) amputado. Fico imaginando como será a vida dele a partir de agora. Ninguém quer uma reforma assim. O nosso pelotão já teve uma experiência semelhante com o companheiro ALVARENGA, que tomou um tiro na cabeça e foi reformado.

Ontem mesmo escrevi sobre perdas, sobre termos perdido os dois “postos acima” em caso de acidente em serviço. Como ficará o futuro de nosso amigo? Tinha toda uma carreira pela frente, chegaria tranquilamente a oficial QOPMA, já que é segundo sargento em menos de 14 anos de polícia?

OUTRO PONTO IMPORTANTE É: AS VIATURAS QUE TEMOS HOJE ATENDEM AS NOSSAS NECESSIDADES? POSSUEM A PROTEÇÃO NECESSÁRIA PARA NOS PROTEGER EM CASO DE ACIDENTE?

1186014_10200313477352325_1677972333_n

Mais triste ainda e ver o desdenho de alguns. Frases do tipo: “vale a pena tudo isso por esse governo?”. Não trabalhamos para o governo, trabalhamos pela sociedade, trabalhamos porque amamos o que fazemos. Mas a pergunta que poderíamos refletir é: “vale a pena tudo isso por esta sociedade?”

Olha o tipo de cidadão que defendemos:

1234345_609236685788320_392927780_n

Dezenas de multas. O mesmo veículo quase jogou outro sargento da PM, juntamente com a sua família para fora da pista há alguns dias, veja o que o sargento postou em sua página pessoal:

“Ontem tive uma certeza, quando você precisar do 190, antes de liga, reze! reze pra quem te atender, quando atender, entender o que se passa, para que não seja tarde demais. Ontem indo para Brazlandia junto com minha família, percebi pelo retrovisor um carro vindo em alta velocidade e fazendo loucuras, quando passou por mim, me jogou para fora da pista, percebi que havia dentro desse carro outra família, e o idiota do motorista, cortava os carros por onde dava, entrava no meio da písta. Pouco tempo depois chegamos ao balão próximo a DF 001, então ele acessou esta DF em direção a Taguatinga, fazendo coisas inacreditáveis, com o braço esquerdo pra fora do veículo, fazia manobras suicidas, antes eu tivesse ligado a câmera para filmar do que ligar para o 190…Os atendentes atendiam, eu explicava, minha esposa explicava e…@#$%&*@# Tentei falar com os operadores, tentei as mesas da CPRV, Taguatinga, Ceilândia e nada! Tentei uma última vez explicar para o atendente onde estava, o que estava ocorrendo, forneci as placas do idiota (Honda civic de cor preta NLM 6100) falei com precisão onde passava no momento e NADA…quando cheguei próximo ao Pistão Norte, minha esposa já estava nervosa, então vendo que o contato não dava resultado, parei, manobrei meu carro e voltei. — em DF 001 sentido Brazlandia taguatinga”

Saiba mais:

Amanda Maia

Publicação: 04/09/2013 17:58 Atualização: 04/09/2013 21:31

 (Breno Fortes/CB/D.A Press)

  Um acidente envolvendo uma viatura da Polícia Militar deixou pelo menos quatro policiais feridos (dois com ferimentos graves) na L2 norte, na tarde desta quarta-feira (4/9). O veículo perseguia, com a ajuda de duas motos e outra viatura, um Honda Civic preto. Pelo menos duas pessoas estavam no carro particular. A perseguição começou quando os ocupantes dispensaram um pacote na rua da 716 Norte.

Leia mais notícias em Cidades

Depois de uma denúncia anônima, os policiais recolheram o pacote, que estava com uma substância semelhante à droga ilícita. “Pelo cheiro era haxixe, mas só uma análise química poderá comprovar”, explicou o capitão André Luiz. Ao entrar na L4 Norte, o Honda seguiu pela contramão no sentido da Asa Sul. Na via que liga a L4 à L2 Norte, a viatura policial que o acompanhava em alta velocidade capotou. Os suspeitos, então, fugiram.

O acidente ocorreu às 16h40 e o trânsito ficou complicado na região. Somente por volta das 20h30, os dois sentidos da via foram liberadas começou a fluir normalmente. Os dois militares feridos gravemente foram encaminhados para o Hospital de Base de Brasília. Um corre o risco de ter a mão amputada devido a uma lesão no pulso.

O dono do carro perseguido foi localizado no Núcleo Bandeirante e disse que o veículo estava com o filho no momento da ação. Policiais do GTOP 45 continuaram as buscas e conseguiram encontrar o condutor no Riacho Fundo, por volta das 20h30. Ele estava sozinho e em outro veículo, um Stilo.

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2013/09/04/interna_cidadesdf,386345/viatura-da-pm-capota-na-l2-norte-durante-perseguicao-a-suspeitos.shtml#.UihDVaREq0Q.facebook

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Reflexão

3 Respostas para “Viatura da PM capota na L2 Norte durante perseguição a suspeitos

  1. Daniela Dutra

    Ah Deri, que triste saber que se trata do AFerreira! Policial jovem, profissional muito centrado mesmo, operacional dentro dos limites e coerente sem ser “muchiba”, esta é a imagem que tenho dele quando trabalhamos na Asa Norte, um profissional equilibrado e promissor. Perde a sociedade pois será um servidor que poderá ser reformado, perdemos nós seus amigos, que podemos não trabalhar mais juntos, mas com certeza o sargento está é ganhando neste momento um presente: a vida! Sim, pois a situação que ficou a viatura, e pelas condições do acidente, hoje aquela guarnição não estaria por aqui para contar a história se não fosse pela intervenção do comandante do universo: obrigada Deus, por proteger estes policiais e todos os outros que estão aí fora nas ruas cumprindo seu papel!

    Curtir

    • Aderivaldo Cardoso

      Falamos sobre isso ontem. Ele está grato pela vida e ciente de que deverá focar nos dois filhos e no próximo que está na barriga de sua esposa.
      =)

      Curtir

  2. Pingback: Mais um acidente envolvendo viatura, desta vez no Lago Sul | Aderivaldo Cardoso

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s