Bastidores da política no mês de agosto

O mês de agosto está sendo um mês estratégico, pois setembro e outubro serão meses de definições na política. É aquele momento do xadrez onde o silêncio reina. Cada jogada do adversário exige uma análise profunda e tempo para mover as peças. Nos bastidores são muitas as especulações. A maior delas é sobre o possível rompimento do PMDB no DF. verdades

O cenário nacional, tendo como base o Rio de Janeiro, e os últimos programas do partido demonstram tal tendência. Alguns chegam ao extremo de apostar em uma possível renúncia de Sérgio Cabral para que o seu vice possa decolar e barrar o potencial candidato do PT ao governo. E o que temos com isso aqui no DF? Muita coisa…

As forças políticas começam a se organizar. Principalmente aquelas ligadas aos ex-governadores Roriz e Arruda. Alguns espaços do PMDB na área de transporte foram entregues ao PR, outros do PPL também. Existe algo obscuro nos bastidores. O medo de denúncias e ameaças aumenta a cada dia. Pelo jeito algumas surgirão em breve…

Alguns deputados distritais, infiéis ao atual governo, aguardam uma pesquisa que irá verificar se o atual governador tem chances ou não de uma reeleição, outros nem querem esperar e já declararam que irão mudar para outros partidos, alguns de oposição. O caso mais emblemático é o do PR, onde uma possível entrada do ex-governador Arruda está espantando o atual presidente e deputado Ronaldo Fonseca.

Um partido que pode ser fortalecido no DF é o PEN, criado inicialmente para ser o “Partido Evangélico Nacional”, tornou-se o Partido Ecológico Nacional, fala-se em boca miúda em uma possível ida da presidenciável Marina Silva para lá, ou até mesmo sua volta para o PV, caso a Rede não consiga ser registrada. Alguns sonham até com uma candidatura dela ao GDF. A fusão esperada entre PEN e PSC não foi possível, mas nada impede uma dobradinha nacional. Ainda há muita coisa para acontecer…

Com a possível ida do Dep. Ronaldo Fonseca para o PEN, assumindo a presidência nacional, como ficaria o grupo do Dep. Alírio no partido? E o grupo do Pastor Daniel? Eis a questão. O atual secretário de justiça e cidadania pretende candidatar-se a uma vaga na Câmara Federal. Uma possibilidade é acomodar seu grupo no PHS, em especial sua atual suplente Dep. Luzia de Paula. O Dep. Dr. Michel é outro que está de malas pronta. Ainda não se sabe para onde, sabe-se que tentou ir para o PMDB, mas um concorrente o “vetou”.

O PPS, partido de oposição no DF, que ficou sem seu único deputado distrital poderá receber em breve a Dep. Eliana Pedrosa, atualmente no PSD, mas pode perder o Dep. Augusto Carvalho, que pode concorrer a uma vaga a distrital em outro partido. Outra que deverá sair em breve do PSD é a Dep. Celina Leão, fala-se que poderá ir para um partido de bandeira trabalhista. Aguardar para ver…

No PT a disputa é pelo comando do Partido, a disputa poderá ser entre o atual presidente Dep. Policarpo, apoiado pela nacional, a Dep. Arlete, com um oficial da alta cúpula do governo em sua chapa e até mesmo a Dep. Erica Kokay. O comando do partido poderá definir também a vida do atual governador e o eterno candidato ao GDF, deputado Magela. PDT, PSB e PSOL observam tudo de longe.

20100823081544511022o

Saiba mais:

https://aderivaldo23.wordpress.com/2013/04/23/a-politica-e-quase-tao-excitante-como-a-guerra-e-nao-menos-perigosa/

https://aderivaldo23.wordpress.com/2013/04/24/a-guerra-politica-no-df/

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s