Cidadania plena para os militares e a constituição cidadã

TERÇA-FEIRA, 15 DE JANEIRO DE 2013

pmsdobrasil.com
Escritor que inspirou o filme Tropa de Elite afirma não entender por que a Constituição de 1988 não alcançou os militares. 
Luiz Eduardo Soares já foi secretário nacional de Segurança Pública e titular da mesma pasta no estado do Rio de Janeiro.

Já escreveu vários artigos e livros sobre a temática, entre eles a obra Elite da Tropa, que acabou por inspirar o filme Tropa de Elite. Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o escritor – que é também antropólogo – tocou num assunto extremamente discutido nos pátios dos batalhões de Polícia Militar brasileiros: o sobrenome ‘militar’.
 
Em artigo publicado recentemente, Luiz Eduardo disse que “não ousamos tocar no cordão umbilical que liga as Polícias Militares ao Exército”, fazendo alusão aos 25 anos da Constituição Federal de 1988 sem que, nesse ponto, nada tenha sido mudado.
– Já escrevi muito a esse respeito, mas nunca me dei por satisfeito. Sempre me pergunto: como é possível que um país que se transforma todo o dia possa enfrentar um de seus maiores problemas, a insegurança pública, com instituições organizadas pelo passado. Claro, na transição era preciso aceitar as imposições dos militares. Mas se passaram 25 anos. Não há como justificarmos nossa inércia com temores de golpes militares – declarou Luiz Eduardo.
Cidadania limitada
A Constituição de 1988 é chamada por muitos de “Constituição Cidadã”, uma vez que rompeu com o período [muito pouco saudoso] da Ditadura Militar no Brasil, trazendo preceitos democráticos e ampla liberdade de opinião e manifestação do pensamento para a sociedade brasileira.
Exceto para os militares
policia

Acesse o Artigo Original: http://www.pmsdobrasil.com/2013/01/nao-ousamos-tocar-no-cordao-umbilical.html#ixzz2I8CvDqMd

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em desmilitarização das polícias

7 Respostas para “Cidadania plena para os militares e a constituição cidadã

  1. Bom dia Aderivaldo, acerca do assunto sugiro a leitura do artigo “POLICIAL MILITAR É CIDADÃO?”, escrito por RODRIGO NASCIMENTO LACERDA GUIMARAES (disponível na internet).
    Resumo: Este ensaio remete à reflexão a respeito da discriminação e privação dos direitos básicos de cidadania constatadas no ordenamento jurídico brasileiro consoante aos servidores públicos estaduais militares.

    O autor faz um relato , objetivo e claro, sobre os direitos que são negados aos policiais militares. Vale a pena a leitura.

    Curtir

  2. Louzeiro

    A verdade é que há muito tempo houve a falência total da segurança pública no Brasil, esse modelo atual é prescindível, sem sentido, um fiasco.

    Curtir

  3. silva sa

    Aderiva, este assunto é tão utrapassado que não tenho nem comentários a fazer. e olha que eu fiquei cinco anos no EB. polícia é policia, exercíto é outra coisa, se bem que tem uns *** frustados que deveria está vestindo verde.

    Curtir

  4. silva sa

    Digo. Exército.

    Curtir

  5. Elton Santana

    Bom dia.

    Como comentou acima o silva sa, é uma assunto que para os PM´s que pensam é ultrapassado, mas é um assunto que ainda não foi resolvido e não teve evolução ao longo destes anos.
    Creio que o nosso desafio é tornar este assunto público e que ele seja debatido amplamante, mas esse assunto não interessa a opnião publica, nem a imprensa e nem aos políticos, pois querem esse contigente de policiais e bombeiros sobre o cabresto dos regulamentos arcaicos e inconstitucionais.
    Constutucionalmente somos cidadãos de segunda classe e relegado ao limbo juridico pois o proprio judiciário não sabe como nos defender (ou muitas vezes não querem).
    A segurança publica já faliu faz tempo assim como a saúde e educação, mas o povo não se importa, por isso tem o governo que merece, um povo corrupto e preguiçoso, tem um governo corrupto e ineficiente.

    Curtir

  6. JOAQUIM MANOEL

    A QUESTÃO DESSA VELHA BANDEIRA ESQUECIDA – E QUE INCLUSIVE ERA UMA DAS BANDEIRAS DO PSEUDO PARTIDO DOS TRABALHADORES ATRAVÉS DO JURISTA E DEPUTADO FEDERAL FALECIDO HELIO BICUDO QUE SEMPRE DEFENDEU A DESMILITARIZAÇÃO DAS POLICIAS – É TEMA QUE VEZ POR OUTRA VOLTA À TONA – LI A ENTREVISTA NA INTEGRA DO LUIS EDUARDO SOARES E ELE TÁ CERTO QUANDO FALA QUE HOUVE VÁRIAS MUDANÇAS NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL MAS NO FAMIGERADO ART. 144 , NINNGUÉM OUSA MUDAR – SERÁ PORQUE ? SERÁ PORQUE VIROU ESSE PSEUDO PARTIDO CHEFE DO EXECUTIVO E PRECISA DESTAS MARIONETES

    Curtir

  7. Eduardo

    O forte lobie dos oficiais ,que são altamente privilegiados neste sistema,penso ser o principal motivo. Mudar para que se é altamente bom para nós.Com este treinamento militar caro e desnecessário a população sofre as consequências.Abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s