Guarda Distrital!

Hoje ocorreu a convenção do Partido Democrático Trabalhista – PDT. Nunca escondi minha militância na juventude socialista e minha dedicação a causa trabalhista e educacionista dentro e fora da Corporação.

Fiquei muito feliz ao estar presente na escolha do nosso Senador Cristovam Buarque, para concorrer a reeleição a vaga de Senador nas próximas eleições, ele acabou com o “rancho” na Polícia Militar do DF – nos repassando o dinheiro – e do Deputado Distrital Reguffe, que foi o deputado que mais destinou verbas para PMDF, para concorrer a vaga de Deputado Federal.

Outra felicidade foi ver o amigo PROFESSOR ISRAEL, jovem cientista político, ex-estudante da UNB, professor do Alub e o ex-secretário de trabalho mais jovem do país, iniciando sua caminhada rumo a Câmara Legislativa, juntamente com os amigos blogueiros e leitores do blog Policiamento Inteligente, Alex Alves e André Dutra. Lá estavam também os companheiros da PMDF que lançaram suas candidaturas para Deputado Distrital pelo partido, SGT GAMELEIRA e SGT MOACIR SANTOS, além do candidato a Deputado Federal MAJOR ALESSANDRO.

Há tempos venho trabalhando uma idéia nos bastidores que hoje vi ganhar força e adeptos. A criação de uma Guarda Distrital como forma de reforçar a segurança pública no DF. Essa Guarda será responsável pela preservação do patrimônio, principalmente praças e prédios públicos, o que fará com que a destinação do efetivo da PMDF seja realmente para a sua função preventiva!

Além de uma necessidade é um tendência natural. Já temos adeptos em partidos da situação e de oposição ao governo. Uma luta suprapartidaria em prol da segurança do DF.

Nosso efetivo é limitado por lei. Uma forma de aumentar a quantidade de homens para servir aos cidadão é criando uma força complementar de segurança pública.

Além da Guarda Distrital, não podemos esquecer do Termo Circunstanciado como forma de agilizar as ocorrências, dando maior efetividade as forças de segurança pública, em especial a Polícia Militar.

Quando se fala em eficiência e eficácia em segurança pública não podemos deixar de lado os dois principais pontos: EFETIVO E DESBUROCRATIZAÇÃO DO SISTEMA!

Anúncios

18 Comentários

Arquivado em desmilitarização das polícias, Política, policiamento inteligente

18 Respostas para “Guarda Distrital!

  1. futuro SD Anderson

    admiro o trabalho que é realizado pelo Senador Cristovam Buarque principalmente com foco na educação. Entretanto faço minhas as palavras da Ordem dos Advogados do Brasil, vejamos:
    “NOTA PÚBLICA SOBRE EXAME DE ORDEM

    A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Distrito Federal, demonstra sua perplexidade com as declarações do senador Cristovam Buarque sobre o Exame de Ordem, feitas por meio de twitter nessa quarta-feira, 16 de junho.

    Ao declarar que “ou fazemos exame para toda profissão, ou para nenhuma”, o excelentíssimo senador presta um desserviço à nação. Principalmente por ser especialista em Educação, o senador deveria ter conhecimento de que o Exame de Ordem é um filtro necessário para garantir a qualidade dos profissionais que irão lidar com os bens mais preciosos da vida dos cidadãos: a liberdade, o patrimônio e a honra.

    O ensino deficiente do Direito, ocasionado pela proliferação dos cursos jurídicos pelo país, exige esse cuidado. Ao contrário do que propalam os críticos do Exame, a seleção está longe de ser uma reserva de mercado. Trata-se, a bem da verdade, de um instrumento que protege a própria sociedade, para que ela não seja vítima de profissionais despreparados, que chegarão aos milhares ao mercado, caso o Exame seja extinto.”

    Comungo do mesmo entendimento da OAB/DF quanto a exigência do exame e repudio todas as articulações que visam o seu fim. Me surpriendi em ver o senador defender esse entendimento, logo ele que pugna pela melhora do ensino no país. Sou da opnião que todas as áreas deveriam ter essa espécie de filtro, sendo assim, que se aplique às demais profissões.

    …..que bola fora senador!!

    ainda não me decidi, mas acho que ele perdeu um voto!

    abraços.
    Anderson.

    Curtir

    • Aderivaldo Cardoso

      Acho que até entendo o ponto de vista dele. Talvez o que tenhamos que acabar não é com a prova da Ordem, mas com as fraudes durante sua realização!!!

      Curtir

  2. gabriel

    sei não, hein Aderivaldo …

    Mais uma “categoria” com todos os problemas que elas geram… salarios, greves, estruturação, equiparações, fundo constitucional etc, etc, etc…

    Acho que deve ter o mesmo fim da companhia metropolitana distrital de transito (se for esse o nome).

    Nunca tinha ouvido falar em alguma coisa dessas, a primeira vista, sou contra.

    Não sei, mas depois de tudo que a gente passou no congresso nacional para aprovar o PCS/nivel superior, é mais “fácil” aumentar o efetivo da PM por lei.

    abraço

    Curtir

    • Aderivaldo Cardoso

      Gabriel, tenho certeza que já ouviu só não fez a co-relação.
      O DF é um ente “hibrido”, nem preciso explicar-lhe isso, posso até passar vergonha, devido sua formação…rss…pois ele as vezes se comporta como Município e as vezes como Estado.
      Estamos aproveitando isso para criar um tipo de “guarda municipal” para o DF.
      O que acabou com a companhia metropolitana foi o lobby político do Detran, por isso a necessidade de ser uma luta supra-partidária.
      Estou preocupado não somente com a PM, mas com o sistema de segurança pública como um todo. A PMDF não é o sistema, é uma parte dele!!

      Curtir

  3. gabriel

    Quanto ao termo circunstanciado, já é mais do que hora, né! Apesar que em muitos Estados, como São Paulo, existe portaria da corregedoria do TJ permitindo (se não caiu…).

    bom, mas andando por esse Brasilzão de Deus, tem muito soldado trabalhando que nem delegado!

    faz até inquerito. lá no meu Ceará, hhhhhhiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    hehehe

    Curtir

  4. halk

    Caro Aderivado.
    Sou admirador de suas idéias e acho que o colega e um vanguardista nato. Mas, discordo plenamente da idéia proposta. Temos que aumentar o nosso efetivo e fazer o termo circunstanciado. Uma guarda distrital seria mais um “rival” dentro da nossa já bastante efervescente SSP. Criar mais um ente neste sistema vai contra a desburocratização que o colega cita.
    Além de corrermos o risco de um governante insano colocar a sua “Guarda” acima da nossa bi centenária instituição e termos que assistir a sua evolução, salarial principalmente, (vide PCDF) e não podermos fazer nada.
    Já não basta termos os TÉCNICOS penitenciários (carcereiros) que ganham mais que um SD PM. Será que seria diferente com os “guardas”???
    Sobre este tema fica também o seguinte questionamento: Para que inventar uma nova instituição se podemos melhorar a que temos???

    Curtir

    • Aderivaldo Cardoso

      Meu amigo halk, obrigado pelos elogios e por sua participação!
      Tenho lutado uma guerra de mudança cultural dentro da Corporação e tenho me sentido só. Talvez essa reação seja o início da descrença da mudança interna.
      Hoje como especialista na área de segurança não busco nossos próprios interesses, enquanto policiais, mas o melhor para população.
      Se não mudarmos as crenças e valores arraigados dentro de nossa instituição nunca a mudaremos. Precisamos mudar nossa mentalidade. Somos resultado de crenças e valores internalizados na historicidade de nossa vida! Você só muda a mentalidade se mudar a escala de crenças e valores.
      Tô começando a achar impossível essa missão, sendo assim, vejo uma necessidade de criarmos mecanismos de proteção ao cidadão. A guarda é uma delas!!!
      Em resumo, ou mudamos nossa cultura interna ou seremos substituídos. O Detran e qualquer outro que passou a nossa frente é uma demonstração do que estou falando. Só não temos a capacidade de enxegarmos isso!!!
      É uma pena! Estamos muito atrasados, as prévias na PMDF demonstrou isso claramente!!
      Precisamos de legitimidade junto a população. Somente o discurso salarial não nos dará isso. Ou agregamos valor ao nosso discurso e a nossa prestação de serviço ou seremos cada vez mais deixados de lado. Infelizmente a tendência é essa!!! Para a população somos egoistas e egocêntricos, pensamos apenas em nosso próprio umbigo. Queremos apenas ganhar o nosso dinheiro sem dar nada em troca!
      A pergunta é:

      Como mudar isso nos próximos OITO anos? Se não fizermos NADA não tenha dúvida que seremos SUBSTITUÍDOS. Não de maneira formal, mas de maneira informal jogados no mar do esquecimento!!!

      Esse texto implicitamente quer dizer isso!!!

      Curtir

  5. Aderivaldo Cardoso

    Isso é um projeto para os próximos oito anos! Ainda temos tempo para mostrarmos nossa importância.

    Como aumentar nosso efetivo com uma lei que estrangulou nossa porta de entrada?

    Como mudar nossa lei 12.086/09 para corrigir essa aberração com os candidatos que temos atualmente?

    Vejo apenas essa alternativa. Se tiver outra compraremos a briga!! Seria nossa válvula de escape em âmbito local. Fiz uma pesquisa e descobri que um deputado distrital não pode fazer muita coisa, mas pode criar alternativas inteligentes para a melhoria do sistema para população.

    Não faço discurso salarial, pois ele está ultrapassado para população. Ou melhoramos o sistema ou seremos expulsos dele!!!

    Ou encabeçamos essa briga e comandamos a guarda ou ela será encabeçada por “outros” e eles comandarão!! Pensem nisso!!!

    Temos abertura em vários partidos e respeito para debatermos temas importantes para PMDF, mas não farei isso sem respaldo da Corporação!!!

    Coloquei o tema para puxar o debate!

    Não quero que concordem comigo, quero alternativas viáveis para o sistema de segurança pública no DF, que seja bom para nós e para população!

    O debate está aberto!!

    Curtir

  6. jose elizeu

    Eu ja tenho candidato a deputado distrital porém na corporação não ninguém com história de luta pra melhoria da corporação. E no mais se algum oficial for eleito eu espero que este exerça sua função de politico e não de oficial, pois oficial temos muitos o que precisamos é de um representante atento as necessidades da corporção. O oficial eleito quando é questionado das posições de certos assuntos polemicos eles simplismente dizem não esqueçam que antes de ser deputados eu sou ….. e todos estamos sujeitos ao famoso RDE.

    Curtir

  7. Rubens

    Sr josé Elizeu, na PMDF existem muitos companheiros que correm atrás de melhorias,
    o que acontece e que a maioria dos pms não querem se envouver nas lutas, apenas ficam
    esperando as coisas acontecerem para depois
    criticar,entendo que nessa profissão não e fácio
    ser militante ,pois existe muita perceguição ,porem se o sr se informar com um pouco mas de atenção vai ver
    que existe sim bons nomes sim, boa sorte sr.

    Curtir

  8. Paulo souza

    Nobre Colega de corporação, ao ler este post, e vossos comentários em resposta às postagens dos leitores, tive a certeza do que eu já imaginava: compartilhamos com as mesmas ideologias.

    Tenho labutado solitariamente no intuito de incutir na cabeça dos nossos colegas de corporação que temos que mudar nossa mentalidade e nossas praticas, sob pena de sermos preteridos sempre.

    Ao longo desse caminhada alguns tem defendido que a mudança que almejo acontecerá naturalmente em corolário do nível de formação dos policiais que tem entrado na corporação de 1999 em diante, temo que essa tese seja sofismável. Os motivos do meu receio são pensamentos como os publicados em comentários a este post.

    Faço apenas uma ressalva, não sou defensor do Patrício, bem como respeito vosso ponto de vista, mas não compartilho com a tese de que a Lei 12.086/09 estrangulou a porta de entrada na corporação e que isso constitui uma aberração.

    Paulo Souza, soldado de polícia militar do Distrito Federal e cientista da atividade policial preventiva e de repressão imediata.

    Curtir

    • Digo isso, “estrangulamento”, por já ter trabalhado na seção de recrutamento e seleção, tenho um tópico detalhado sobre o tema. Isso será perceptível em breve quando tentarmos realizar os próximos concursos…
      Obrigado pelas palavras. Abraço

      Curtir

  9. Na Minha humilde opinião isso ai enfraqueceria a PMDF , em outros estados vimos como foi a implantação da famigerada guarda que foi ganhando concessões e hoje já exerce praticamente as mesmas atividades que a PM, daqui a alguns anos seria mais lucro contratar um guarda municipal (distrital) do que um PM. Acho que isso se não for muito bem pensado é um tiro no pé, acredito que o que tem que ser feito mesmo é exigir um efetivo da PM condizente com a demanda e não trazer outra categoria pra termos que partir nosso já pequeno bolo, concordo em quase tudo com meu amigo Aderivaldo, mas nisso vou divergir ….. forte abraço … Com uma guarda municipal (distrital) forte a PMDF deixaria de se tão essencial como é …..

    Curtir

  10. aline santos

    meu esposo quer ser guarda distrital,tem como voce nos avisar quando sair o concurso?tem previsto p 2014?obg!abraço

    Curtir

  11. Onde está o pontapé inicial para a criaçao da guarda civil do distrito federal? esses PMs estão se achando!!!!!

    Curtir

  12. fabricio

    Quanta invenção de moda.
    Polícia Militar eficiente parte do pressuposto de que ela faça seu papel constitucional e pronto.
    – Ciclo completo de polícia.
    – Fim dos convênios com outros órgãos para fazer o que não é de seu cabedal de funções.
    – Fim das gratificações de comando.
    – Fim das agregações a órgãos como judiciário e legislativo.
    – Fortalecimento da tecnologia da informação e inteligência policial.
    – Cumprimento do plano estratégico traçado sem a intervenção politiqueira.
    Lutem por isso e o efetivo hoje existente já conseguiria de forma digna, realizar um bom serviço a sociedade.
    Qual especialista em segurança pública por pior que seja, ao analisar a situação atual da pmdf e segurança pública do df, sabe que o efetivo ideal seria em torno de 20.000 policiais.
    Desde que as ações acima fossem implementadas.
    Uma gcd seria apenas uma anomalia política criada para sangrar os cofres públicos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s