Arquivo do autor:Aderivaldo Cardoso

Sobre Aderivaldo Cardoso

Aderivaldo Martins Cardoso é policial militar desde 1999 quando ingressou no Curso de Formação de Soldados realizado no CFAP (Centro de F

A autofagia na PM – Perseguições e abuso de autoridade

A partir de hoje voltarei a utilizar o blog como meu “querido diário”. Irei esclarecer alguns pontos, principalmente o por que da perseguição desde o início do governo Agnelo e de está indo para um conselho de disciplina por causa do nosso programa semanal, intitulado “Entre Blogs”. O vídeo que nos levou ao conselho de disciplina foi aquele gravado em frente ao outdoor censurado pelo atual governo em samambaia.

1184829_589114831176868_1608390561_n

Durante a campanha para o governo dei ao atual governador 10 (dez)livros intitulados: Policiamento Inteligente: Uma análise dos postos comunitários no DF, na igreja Ministério da Fé em Taguatinga. Ele gostou do nome e se apropriou dele, pois fez sua campanha toda em cima do “policiamento inteligente”.

capa do livro

Após a vitória um “interlocutor” da secretaria de segurança pública me ligou pedindo tudo que eu tinhevesse sobre o assunto. Informei que tudo estava no blog e no livro e que poderiam ler os mais de mil artigos, escritos por mim, que saberiam o que é. Acharam apenas um “link” fora do que eu escrevo que fala da divisão de áreas, semelhante ao que ocorre em Pernambuco, no governo Eduardo Campos, e resolveram criar o “Ação pela Vida”, imitação do “Governo em Ação” do governo Garotinho no Rio de Janeiro que também trabalhava com as áreas integradas. Foi a primeira vez que desagradei alguns.

aisp

Após isso fui convidado para trabalhar na CLDF, meu ofício foi enviado em fevereiro de 2011, mas foi “engavetado” na Secretaria Geral, onde tentei vários contatos, após furar o bloqueio do Secretário Geral à época tive que passar pelo então chefe do DPM, aonde cheguei até fazer requerimento onde citei o  que estava acontecendo e publiquei no blog. Depois de muita luta e perseguições internas consegui a liberação somente no dia 27 de novembro de 2011. Nessa época eu atuava como Instrutor de Chefia e liderança no CNP.

Foto0021Passei um período na coordenação de polícia legislativa, até começar aproximar as definições e os prazos de filiações aos partidos. Onde começaram as perseguições e pressões para eu me filiar ao PV – Partido Verde e para apoiar o governador do PT, queriam uma definição logo, pois eu já vinha fazendo postagens criticando alguns pontos do atual governo. Cheguei a fazer um texto falando sobre a necessidade de mudanças na cúpula da segurança pública e recebi uma ligação do próprio comandante geral à época pedindo esclarecimentos. Ele queria saber se eu estava querendo a saída dele. Para mostrar que o comandante não era nosso problema fiz o texto: “Nosso problema não é o comando, nosso problema é outro.” Até ai tudo bem…

escravo 1

As perseguições aumentaram quando fiz alguns textos sobre compras na PM, dentre eles sobre patinetes, sobre capas de chuva, sobre óculos com câmeras, dentre outros, para piorar  a situação escrevi sobre o “verdadeiro RPMon”, esse texto deixou vários oficiais indignados comigo,  e depois que postei um vídeo que satirizava algumas coisas do governo, a sátira era um vídeo do Hitler, cujo título foi: “o desabafo de um cabo”. Amigos me mandaram e pediram para eu postar, atendi ao pedido. Nesse mesmo dia, dez minutos após postar o vídeo, recebi uma ligação do próprio Chefe da  Casa Militar mandando eu pedir exoneração e dizendo para eu  “não esticar a corda” que seria pior para mim. Até estranhei a ligação, mas informei que o cargo era de livre exoneração e livre nomeação e que só existia critérios legais para minha liberação da PM, e que não voltaria, mas que mesmo assim ele poderia fazer um documento me pedindo de volta, o que fora feito e prova o que estou falando. Retornei para a PM.

1898035_10152006129408634_1232165952_n

No mesmo dia que estava a caminho da Casa Militar para me apresentar de volta a PM, recebi uma ligação de um capitão informando que uma sindicância que já havia sido encerrada, onde fiz um comentário no facebook e uso o termo “coroné”, uma referência regionalista, parte de um poema que havia escrito anos antes chamado “o escravo e o coroné”, foi reaberta. Nesse mesmo dia fiz um texto chamado “o caminho da corrupção no DF”. Texto que desagradou um deputado, um secretário e vários do grupo dele.

image

A ira de alguns aumentou quando escrevi sobre o aluguel de jatinho e um Hangar para atender o governo e também sempre que postava sobre a “operação tartaruga”. Não faço parte de associações na PM, nem subi em trio elétrico, mas nossas opiniões tornaram-se incômodas para o Governo.  Sempre falei aquilo que acho coerente, aquilo que acredito. Até o dia que abriram uma sindicância e um IPM, onde ficou claro que o blog e o facebook estava sendo monitorado. E que mesmo assim não estavam achando elementos para me “pegar”. O ponto que achei estranho no IPM é que haviam mais declarações retiradas do Blog do Jabá e creditadas a mim do que do próprio blog policiamento inteligente e do meu facebook.

image

Nesse período comecei a receber recados para ficar calado e que tudo daria certo no Conselho, mas sempre mantive minhas postagens, mesmo com receio de represálias, afinal conselho de disciplina e “roleta russa”, além disso, te deixa desarmado e já recebi ameaças no passado. Após isso, houve uma aproximação de partidos da base do Governo tentando me convencer a sair candidato e apoiar o atual governo. Como alguns companheiros farão. Não disse a eles nem que sim e nem que não. No IPM tive até ajuda de dois advogados de um partido, a quem muito agradeço.

10168487_639074312826341_426236567_n

Após minhas últimas postagens onde tenho colocado informações sobre candidatos que hoje podem ameaçar o atual governo voltei a sofrer pressões.  Como minha vida sempre foi um “blog aberto” estou compartilhando com os amigos no meu querido diário! Em breve darei maiores esclarecimentos! Orem por mim!

Deixe um comentário

Arquivado em Reflexão

As perseguições e as ameaças retornam após publicações

É engraçado, só foi postar uns textos mais fortes sobre notícias ligadas ao governo (futuros e atuais escândalos) e fotos de potenciais candidatos contrários ao PT nas próximas ELEIÇÕES, que as perseguições e ameaças de conselho de disciplina na PM voltaram. Ao ligar na PM para saber que dia volto de férias já falaram em recolher minha arma e carteira de identidade, além disso não poderei tirar voluntário e nem ser promovido, caso estivesse no quadro de acesso. O preço por não me dobrar diante dos poderosos. Mais um motivo para continuar lutando! Precisamos de força e união!

image

Parabéns a todos os amigos promovidos na PMDF. A promoção é mais um passo rumo a responsabilidade. Como no filme do “Homem Aranha”: “Grandes poderes, grandes responsabilidades”. Que Deus os abençoe! Que possam ser instrumento de benção entre seus superiores, pares e subordinados! Ao amigo e companheiro Sargento Pires da Rocha, zero um para ser promovido, mas não foi, por perseguições políticas, só digo uma coisa: Deus é fiel e o mundo dá muitas voltas!

10270236_643661982367574_215999102_n

3 Comentários

Arquivado em Tira dúvidas

Violência e drogas nas escolas, é preciso conscientizar pais e alunos!

No Proerd aprendi que um projeto educacional de prevenção as drogas e a violência passa por três partes fundamentais: Família, Escola e a Polícia. Como não estou mais no Proerd, mas continuo sendo policial, resolvemos levar por meio do IGB, projeto Jovens Brilhantes, esse conceito para as Escolas.

Palestra Instituto Gabriel

Uma tentativa de quebrar preconceitos por meio de novos conceitos. Uma aproximação entre a “Polícia e a Comunidade”, uma aproximação entre “pais e filhos”. A primeira fase do projeto é a conscientização de pais e alunos sobre o mundo das drogas e violência.

Palestra pais e filhos

Nosso primeiro parceiro foi o ALUB, depois a E.C. 54 de Taguatinga. Tenho me sentido bem em falar sobre a vida, sobre a família e sobre sonhos! Como você está se vendo nos próximos cinco anos? Sonho é uma visão…

_DSC_1293

 Hoje acordei com um desafio. Preparar uma palestra para jovens de uma rede de ensino sobre a “violência nas escolas”. Primeiro temos que refletir o que é ou deveria ser a “escola”. Ela é onde temos os primeiros contatos contatos com a diferença, muitas vezes com as regras e limitações do dia a dia. É a janela para um novo mundo. É onde os conflitos surgem, onde mudamos, onde aprendemos, onde crescemos.

download

E a violência? O que é? Não podemos esquecer que a violência surge quando não respeitamos as diferenças, quando não aceitamos o conflito, quando nos achamos superiores e cheios de razão. A violência é qualquer ação destrutiva direcionada a uma pessoa, animal ou objeto. Ela é física, Ela é simbólica. Palavras também podem ser destrutivas. Elas matam sonhos, matam desejos, matam a auto-estima das pessoas! Um grande desafio! Não sei nem por onde começar! O que acham do tema? Como conscientizar os jovens sobre tudo isso?

10277885_753245534715810_5910369631457723206_n

Deixe um comentário

Arquivado em Reflexão

Polícia da Bahia resolve parar!

Policiais Militares da Bahia, de maneira inédita, resolveram parar suas atividades. Vários policiais se reuniram e voltaram pela paralisação.

1010219_10200885750144496_5461893373526796343_n

Sementes pouco a pouco estão sendo plantadas em nosso país. Cada vez mais existe um clamor por mudanças, por uma reforma policial em nosso Brasil. O atual modelo faliu. É nítido! Se as outras categorias fazem greve por que os policiais militares apenas não podem fazer? Se está proibido na Constituição é hora de mudá-la. Não é aceitável termos somente a polícia militar e bombeiros sem tal prerrogativa. A greve é um instrumento de pressão legítimo nas democracias.

1422538_10200885750464504_340432937141160136_n

Segundo a Agência de Notícias “A Tarde”, diversos supermercados foram saqueados durante a noite desta quarta-feira (16), em Salvador, na Bahia. A Polícia Militar do estado está em greve há 24 horas. O transporte público deixou de circular e escolas e faculdades suspenderam as aulas. Logo pela manhã um ônibus que levava rodoviários foi assaltado. Com isso a categoria decidiu sair às ruas. O Governo Federal afirmou que vai enviar tropas da Força Nacional para reforçar a segurança em Salvador. A justiça considerou que a greve é ilegal. 
10155033_620613851353629_6220749399708900454_n
A segurança pública no país tornou-se um grande barril de pólvora prestes a explodir. Os governos massacram o povo e depois coloca a polícia na linha de frente. O que aconteceria se não tivesse a polícia na imagem abaixo?
1978907_646780925408462_3936126923668820207_n

 

 

2 Comentários

Arquivado em polícia militar

Polícia de Governo ou Polícia de Estado?

Polícia de Governo ou Polícia de Estado? O que somos? O que queremos ser? É possível mudar o modelo atual de polícia no Brasil? Para que serve a polícia?

1978907_646780925408462_3936126923668820207_n

1 Comentário

Arquivado em Reflexão