Saem os Postos Comunitários de Segurança e entram a viaturas em ação

Viatura para a Copa do Mundo

24/01/2013 11:22:00

 Carlos Brant

Na manhã desta quarta-feira (23), a Polícia Militar do Distrito Federal recebeu o protótipo do Linea Patrulha. O carro, desenvolvido exclusivamente para o serviço policial, foi apresentado no Quartel do Comando Geral e, nos próximos dias, começa a ser testado nas ruas de Brasília. O objetivo é otimizar o trabalho da PMDF durante os jogos da Copa do Mundo de Futebol, em 2014.

O principal diferencial do Linea Patrulha é a tecnologia. O computador de bordo com GPS é integrado ao veículo e permite a consulta de diversos dados. O teclado é encaixado no porta luvas do veículo e não interfere no espaço interno, além de ser resistente à água. O carro ainda traz adaptações como suportes para armas longas, barra de proteção, rádio com os comandos de sirene e rotolight no controle, suspensão reforçada e plotagem no padrão internacional, inclusive com a identificação: “World Cup Police”.

321456_496729333711752_166657428_nO projeto é uma parceria com a Fiat que aceitou a proposta da PMDF e desenvolveu o veículo que terá três anos de garantia com todas as revisões programadas. Desde 2007, a corporação vem testando computadores de bordo nas viaturas, mas esta é a primeira vez que um veículo nacional foi fabricado, e não adaptado, com a tecnologia necessária para o trabalho policial. Durante 15 dias o protótipo será testado e, caso seja aprovado, a previsão é de que a corporação adquira 300 modelos.

Fonte: http://www.pmdf.df.gov.br/?pag=noticia&txtCodigo=15101

viaturas

MAIS DE 2 (dois) MIL PMS VÃO FAZER POLICIAMENTO NO CARNAVAL

: Policiais militares que participar㯠da seguran硠dos jogos Pan-americanos no Rio de Janeiro.

 GDF vai colocar nas ruas 2.325 policiais militares para garantir segurança do morador da capital do país durante os quatros dias de Carnaval; Corpo de Bombeiros também reforça equipes para realizar vistorias em arquibancadas e no local de desfile das escolas de samba; Detran vai contar com 104 agentes para sinalizar desvios no trânsito e fazer testes do bafômetro

 23 DE JANEIRO DE 2013 ÀS 15:31

 Brasília 247 - A Secretaria de Segurança Pública prevê um Carnaval tranquilo em 2013 na capital do país. Para isso, vai colocar nas ruas 2.325 policiais militares. Eles vão fazer o policiamento ostensivo, por meio do patrulhamento em carros, motos ou a pé. 16 policiais civis também vão ser designados para cumprir expediente nas delegacias, para garantir o registro de ocorrências nos dias de folia de momo.

Segundo o Corpo de Bombeiro, 524 homens da corporação vão realizar vistorias técnicas nas estruturas dos blocos de rua, concentradas no Gran Folia. As equipes de bombeiros também vão estar nas ruas para atender foliões que passarem mal ou exagerarem na festa.

“O efetivo será suficiente para garantir que a nossa cidade tenha um carnaval seguro e sem transtornos. É por isso que as forças de segurança vão trabalhar em conjunto durante os 4 dias”, destaca o secretário de segurança pública, Sandro Avelar.

Mapa da Criminalidade

Trânsito

Para garantir tranquilidade aos foliões, 104 agentes do Departamento de Trânsito vão trabalhar monitorando o bloqueio de ruas e sinalização dos locais que recebem grande quantidade de pessoas. Os agentes do Detran também vão realizar blitzes e barreiras para aplicar os testes do bafômetro.

Fonte: http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/91483/Mais-de-2-mil-PMs-v%C3%A3o-fazer-policiamento-no-Carnaval.htm

About these ads

4 Comentários

Arquivado em Tira dúvidas

4 Respostas para “Saem os Postos Comunitários de Segurança e entram a viaturas em ação

  1. Sergio Santos

    (Comentário em referência ao Titulo)
    È uma tristeza, vejo que todo o esforço (Plano Estratégico 2011-2022: Planejando a Segurança Cidadã do Distrito Federal no Século XXI / Polícia Militar do Distrito Federal) de termos uma polícia mais cidadã esta se desfazendo de forma triste e melancólica; Todos os cursos de Polícia Comunitária realizados na corporação, todos os projetos idealizados para uma aproximação maior com a comunidade e consequentemente uma transformação de qualidade da mesma estão sendo deixando para trás. Sei que os Postos Comunitários de Segurança, chamados covardemente de “postinhos” não são os ideais, que precisam de ajustes, que não são de fato Polícia Comunitária, mas os mesmos já faziam ou fazem ainda parte de um caminho na busca por uma segurança pública de qualidade, de uma segurança pública voltada muito mais para prevenção, para a humanização da mesma, do que somente reativo, troca os mesmo por viatura é tirar outra vez os policias de perto da comunidade, pois voltam somente a serem um número frio, o 190, e com isso se perde a “construção de um novo modelo policial, orientando o negócio institucional à prevenção em segurança pública, aos direitos humanos e à participação comunitária” (Plano Estratégico 2011-2022 Planejando a Segurança Cidadã do Distrito Federal no Século XXI). Assim é com grande comiseração que fecho este comentário, pois sou um apaixonado e um paladino desta filosofia entre muitos que já entenderam que a Polícia é sinônimo de proteção; Espero então para os próximos anos, outros planos de segurança pública capazes de proporcionar as transformações tanto buscadas e exigidas pela sociedade.

  2. Daniela

    Agora sim vejo um passo rumo ao futuro.
    Se quer o policial nas ruas, faça valer a pena do lado da secretária de segurança.
    Agora, nos dê um quartel de área descente, um centro de ortopedia e fisioterapia descente como centro de exelencia, já que temos os melhores profissionais, pois os policiais padecem muito dessa carência e claro que nosso hospital funcione nos moldes que a Ministério da saúde pede.

    E para não ficar sem ser lembrado, pague bem seus policiais, valorize cada um deles e vais ter um policial motivado e pronto.

    E POR FAVOR, EXTINGUE ESSE NOME “SOLDADO E CABO”, mude isso pra apenas policial nv 1 e nv2 e por ae vai.

  3. Daniela

    Não posso deixar de cutucar as autoridades nesse quesito.

    As viaturas com câmbio automático.
    Já está na hora.

  4. Katulassimbe

    Tudo nesta p……de país é modismo.Os administradores públicos brincam com as estatais como se fosse um churrasco no quintal de suas casas.Sempre mudam o rumo da carroça para o lado que dá mais dinheiro.Nunca se conclui os bons projetos para transforma-los em políticas de Estado ao invés de políticas de conveniência e roubo.2007 há 2009 começaram a instalar uns trambolhos gigantes nas VTRs que era pra pc de bordo, gastou-se milhares de reais, nunca funcionou, vieram o PCS que estão indo para onde nós estamos vendo ou seja; para o nada, 2010 até nossos dias o tablet Gamber Johson que também não funciona, nem um terço está instalado sem falar que é um horror , é outra parafernalha gigante, e agora as viaturas pro copa já com outra tecnologia que sabe-se lá se vai funcionar.Todavia, nunca se vê um projeto na PMDF que vise seu único e verdadeiro patrimônio que é seu material humano. É sempre pensado no que vão ver ou no que deveria funcionar e o ser humano é só uma farda numérica. PQP. quando isso vai mudar? Claro, quando Segurança Pública deixar de ser amadorística, e amadorística de propósito, quando Segurança Pública for política de Estado e não de Governos, quando Segurança Pública for sinônimo de cidadania e não de lucro e hipocrisia de ostentação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s