Saiba o valor do aumento que poderá ser dado aos Policiais Militares!

Saiba mais: http://halkpmdf.blogspot.com/

http://www.asofpmdf.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=669:proposta-de-reajuste-no-mpog&catid=38:rokstories-frontpage

Precisamos desenvolver líderes confiáveis em nosso meio!

About these ads

9 Comentários

Arquivado em Reflexão

9 Respostas para “Saiba o valor do aumento que poderá ser dado aos Policiais Militares!

  1. André

    Aderivaldo, só rindo…..Abraço.

  2. Aderivaldo Cardoso

    A PROPOSTA DE REAJUSTE NO MPOG

    Após muito esforço e certo conhecimento na área Federal, a ASOF conseguiu cópia da proposta de reajuste enviada ao MPOG.
    O documento, datado do dia 10 de agosto de 2011, foi enviado ao governo federal solicitando reajuste de 13% sobre o soldo.
    A título de exemplo e para a nossa infeliz surpresa, como resultado efetivo, para Tenente-Coronel teríamos um aumento real de 6,17%, Capitão, 5,59%, 3º Sargento 4,91% e para o Soldado 4,11%.
    Lamentavelmente, o teor da mensagem encaminhada pelo governo local ao federal, em nenhum momento foi divulgado e/ou tratado com a categoria (Oficiais/Praças), pelo contrário, foi rodeado de mistério e de falsa esperança.
    Não obstante, verifica-se que os percentuais finais aplicados aos vencimentos nos respectivos níveis hierárquicos ficam muito aquém daquilo que foi o mínimo prometido (13% sobre o total da remuneração), não atendendo, assim, os anseios da categoria.
    A mensagem está na integra no site da ASOF.
    ASOF

  3. UENDEL LEDHIR DA COSTA MALINOSKY

    Decepção é a palavra que resumi essa proposta de aumento para a PMDF.

  4. Policia de Rua e não de gabinete

    Companheiros chegou a hora de criarmos uma linha radical,para bater de frente contra os que estão se intitulando como os nossos defensores.A hora e esta radicalismo total já!

  5. Hélio

    Caro amigo Aderivaldo, a política é uma coisa interessante e é inacreditável o poder que ela tem em nos surpreender. Quando achamos que já vimos de tudo, aparece sempre uma coisa nova, e desta vez ela se superou. Esse é o verdadeiro “enrolation”. Abraço e boa sorte na sua nova empreitada. Maj Hélio Costa

    • Aderivaldo Cardoso

      Com certeza meu amigo. Nem em nossa última conversa imaginei que a coisa estava tão ruim. Ao traçar o pior cenário, não enxergava esse…triste, mas não podemos desistir. Obrigado e um grande abraço. Ainda estou enfrentando dificuldades no DGP, acredita?

  6. Aderivaldo Cardoso

    Proposta do Orçamento que vai ao Congresso hoje mantém portas fechadas a reajustes elevados em 2012. Correções ficarão entre 2,31% e 31%

    Na proposta do Orçamento que será enviada ao Congresso Nacional hoje, a primeira formulada pela gestão Dilma Rousseff, o governo federal vai manter as portas fechadas para os servidores públicos. Ciente dos compromissos fiscais firmados para o próximo ano, a equipe econômica vai bater o pé e impedir que a folha de pagamento do funcionalismo onere ainda mais os cofres da União. Nem mesmo reuniões que vararam madrugadas, realizadas entre o secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira, e as entidades sindicais nas últimas semanas, foram capazes para sensibilizar o governo diante das reivindicações dos trabalhadores.

    No texto a ser divulgado hoje, por exemplo, o governo vai insistir nos reajustes salariais que vão de 2,3% a 31% para os 420 mil servidores ativos e inativos das carreiras do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE), Previdência, Saúde e Trabalho e correlatas. Em negociação intensa há pelo menos quatro meses, os servidores queriam aumento de 78% para todos os níveis, no vencimento básico. Mas o secretário de Recursos Humanos manteve uma proposta de reajuste menor e sobre as gratificações, o que beneficia aposentados e pensionistas com apenas metade dos reajustes.

    “O Orçamento de 2012 vai ser superapertado. Talvez, o mais arrochado dos últimos 30 anos. O governo está irredutível em relação aos aumentos para o funcionalismo”, afirmou o deputado federal Márcio Reinaldo (PP-MG), relator do Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e membro da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização da Câmara. Na avaliação do parlamentar, o anúncio, no início da semana, de que a União economizará R$ 10 bilhões a mais neste ano para elevar o superavit primário (economia destinada ao pagamento de juros da dívida) foi um dos sinais do aperto que será visto em 2012. “Toda a programação do próprio governo vai ficar supercomplicada”, afirmou.

    blog do Servidor Público Federal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s